Juízo Final Blog

Manifestação do Anticristo: Projeto Blue Beam a grande operação do erro

Posted in 3ª Guerra Mundial, Anticristo, Crise, Nova Ordem Mundial by Blog Juízo Final on 05/07/2010

Se prepare… Se informe… Não seja enganado !

O Projeto Blue Beam é uma arma secreta de alteração da mente está baseada em algo chamado tecnologia da portadora subliminar, ou Silent Sound Spread Spectrum (SSSS) (também chamada de S-Quad, ou ‘Squad’ no jargão militar). Ela foi desenvolvida para uso militar pelo Dr. Oliver Lowery, de Norcross, Georgia, e está descrita na US Patent #5,159,703 — ‘Silent Subliminal Presentation System’, para uso comercial em 1992… A tecnologia também é conhecida como Som do Silêncio e funciona pela transmissão de sons indetectáveis pelo ouvido, mas que são implantados no córtex auditivo do cérebro. É o que existe de mais moderno no controle mental universal… Essa nova tecnologia de controle da mente pode na verdade fazer você tomar uma atitude que normalmente não tomaria.

Entretanto, o aspecto mais insidioso de SSSS é que ela é totalmente indetectável por aqueles contra quem é direcionada. Como produz sua programação subliminar diretamente no cérebro humano por meio do sentido da audição em uma frequência que o ouvido humano não é capaz de identificar como som, não há defesa contra ela. Todas as pessoas no planeta estão igualmente susceptíveis ao controle mental via SSSS e não há modo de escapar, uma vez que as ondas UHF podem ser transmitidas por longas distâncias a partir de fontes localizadas em locais remotos e atravessam as paredes e outros objetos, como se eles não existissem. UHF é a frequência (na faixa dos 100 MHz) que tem sido usada para a transmissão de televisão e rádio desde que esses meios existem. SSSS foi projetada para utilizar UHF como onda portadora.

Ainda mais insidioso, porém, é o fato que, acoplado com o uso de supercomputadores, os padrões eletroencefalográficos (EEG) específicos de um indivíduo podem ser alterados digitalmente e depois armazenados para serem retransmitidos via UHF digital. De acordo com Judy Wall, esses EEGs retocados pelo computador “podem identificar e isolar os ‘blocos de assinaturas de emoção’ de baixa amplitude do cérebro, sintetizá-los e armazená-los em outro computador. Em outras palavras, estudando os padrões característicos sutis das ondas cerebrais que ocorrem quando um ser humano analisado experimenta uma determinada emoção, os cientistas puderam identificar o padrão de onda cerebral concomitante e agora podem duplicá-lo.” Esses blocos de assinatura de emoção modificados podem depois ser transmitidos pelas frequências portadoras UHF (isto é, sinais de rádio e televisão normais) diretamente para dentro do cérebro onde podem então “silenciosamente acionar a mesma emoção básica em outro ser humano”. Em outras palavras, se o bloco de assinatura emocional para, digamos, um sentimento de desânimo e desespero estiver sendo introduzido diretamente no seu cérebro via ondas de rádio, você sentirá essas emoções.

Muitos dos projetos da NASA foram chefiados por cientistas trazidos da Alemanha nazista, que foram trazidos para os EUA no fim da Segunda Guerra Mundial por meio da Operação Clipe de Papel.

Algumas armas do projeto conhecidas

H.A.A.R.P. (High-frequency Active Auroral Research Project) — Um conjunto de antenas localizado no Alasca que projeta ondas de rádio de alta frequência e supercarregadas nas camadas mais altas da atmosfera terrestre… Esses feixes de ondas são muito poderosos e que podem ser direcionados a qualquer parte e fazer os seres humanos apresentar disfunções cerebrais tão completas que eles ficam incapacitados para participar em uma batalha ou se defender. Esses feixes de ondas são usados para alterar os padrões do clima globalmente e também podem causar terremotos.”

Torres GWEN — Ground Wave Emergency Network (Rede de Onda Terrestre de Emergência) Produz campos geomagnéticos e estão espaçadas aproximadamente a 320 km uma da outra nos EUA. Elas operam em uma faixa de frequência muito baixa (VLF). Essas ondas têm a tendência de ficarem próximas ao solo… Muitas pessoas não gostaram dos efeitos que essas torres tiveram sobre elas e sobre o meio ambiente e elas foram supostamente desativadas, embora as torres permaneçam intactas. Elas agora também fazem parte da malha do GPS. Depois, foi decidido que as “torres de celular” também poderiam ser usadas e as pessoas não protestaram — é por isto que existem tantas delas hoje, algumas até bem perto umas das outras.” “Considere as torres de microondas, HAARP e a televisão e veja que você está cercado. Uma malha total está colocada sobre você e você está à mercê deles, de modo que precisa estar ciente, para que possa questionar quaisquer mudanças no comportamento, no humor ou nas ações que toma subitamente. E não importa onde você resida, pois não poderá se livrar dos efeitos dessas torres ou dos satélites. Todos eles trabalham em conjunto, cobrindo todo o planeta”.

Entenda como será a manipulação

A religião única mundial da nova era é o próprio fundamento para um novo governo mundial; sem esta religião a ditadura da Nova Ordem Mundial é completamente impossível. Repetirei que: Sem uma crença universal  desta religião, o sucesso da Nova Ordem Mundial será impossível! Isto é porque o Projeto Blue Beam é tão importante para eles, mas tem sido tão bem escondido até agora.

“… eles criarão ‘apresentações’ projetadas no céu para anunciar o anticristo. Isso também será acompanhado pela voz em diferentes idiomas. Isto também poderá incluir um “arrebatamento” e criará o caminho para o anticristo de uma religião única mundial. Eles utilizam esses hologramas agora — esta é a razão por que alguns veem os óvnis. Isto será feito usando-se ondas ELF, VLF e LF, que são a mesma frequência usada pelo cérebro humano.”

Será utilizado a comunicação Telepática e Eletrônica de Duas Vias para todos no planeta. Isto arma o cenário para aqueles que desconhecem as possibilidades do controle mental seguirem as massas e nunca questionarem nada.

Eles  juntaram todos esses projetos de controle mental. Usando ELF, VLF e LF, eles podem agora mostrar a todos o Messias, e você poderá ouvi-lo e ser enganado.

O infame Projeto Blue Beam da NASA tem quatro passos diferentes para a implementação de uma religião única mundial da nova era com o Anti-Cristo a sua frente.

Terremotos Engenheirados

O primeiro passo no Projeto Blue Beam da NASA diz respeito a quebra [reavaliação] de todo conhecimento arqueológico. Isto lida com a criação, com terremotos artificialmente criados em certas localizações precisas do planeta, de supostamente novas descobertas que finalmente explicarão a todas as pessoas o “erro” de todas as doutrinas fundamentais religiosas. A falsificação desta informação será usada para fazer todas as nações acreditarem que suas doutrinas religiosas tem sido mal compreendidas e mal interpretadas por séculos. As preparações psicológicas para o primeiro passo já tem sido implementadas com o filme “201:Uma Odisséia no Espaço”, as séries StarTrek e ‘Independence Day;’ todos os quais lidam com invasões vindas do espaço e reunindo todas as nações para repelirem os invasores. Os últimos filmes, como ‘Jurrassic Park,’ lidam com a teoria da evolução e afirmam que as palavras de Deus são mentiras.

Descobertas Falsificadas

O que é importante entender no primeiro passo é que estes terremotos atingirão partes diferentes  do mundo onde os ensinamentos científicos e arqueológicos tem indicado que os mistérios arcanos tenham sido enterrados. Por estes tipos de terremotos será possível para os cientistas redescobrirem estes mistérios arcanos que serão utilizados para desacreditar todas as doutrinas fundamentais religiosas. Esta é a primeira preparação para o plano para a humanidade porque o que eles querem fazer é destruir as crenças de todos os cristãos e muçulmanos do planeta. Para fazer isto, eles precisam de alguma prova “falsa” de um distante passado que provará de todas as nações e suas religiões tem sido mal interpretadas e mal compreendidas.

O Grande Show Espacial no Céu

O segundo passo do Projeto Blue Beam da NASA envolve um gigantesco “show espacial” com hologramas ópticos tridimensionais e sons holofônicos, projeção a laser de múltiplas imagens holográficas para diferentes partes do mundo, cada uma recebendo uma imagem diferente segundo a fé religiosa predominante regional e nacional. Esta nova “voz de Deus” estará falando em todas as linguagens. Para entender isto, devemos estudar as várias pesquisas feitas pelos serviços secretos nos últimos 25 anos. Os soviéticos tem aperfeiçoado um avançado computador, até mesmo o exportado, e o alimentado com diminutos particulares fisio-psicológicos baseados em seus estudos da anatomia e composição eletromecânica do corpo humano, e os estudos de propriedades elétricas, químicas e biológicas do cérebro humano. Estes computadores foram alimentados, também, com todas as linguagens das culturas humanas e seus significados. Os dialetos de todas as culturas tem sido alimentados nos computadores por transmissões de satélite.

Os soviéticos começaram a alimentar os computadores com programas objetivos como aqueles de um novo messias. Também parece que os soviéticos – o povo da Nova Ordem Mundial – tem  recorrido a métodos suicidas com a sociedade humana pelo alocação de comprimentos de ondas eletrônicas para cada pessoa e cada sociedade e cada cultura para induzir pensamentos suicidas se a pessoa não se submete aos ditames da Nova Ordem Mundial.

De onde virá este show espacial? O show espacial, as imagens holográficas serão usadas em uma simulação do fim durante o qual todas as nações verão cenas que serão a realização do que eles desejam verificar nas profecias e eventos adversos. Elas serão projetadas por satélites na camada de sódio a aproximadamente 60 milhas acima da Terra. Vimos os testes uma vez por um tempo, mas eles são chamados UFOs e avistamentos de “disco voadores”.

Imagem holográfica de Al Gore no evento Live Earth

Imagem holográfica de Al Gore no evento Live Earth

O resultado deste deliberado evento estagiado será mostrar ao mundo o anticristo, o novo ” messias,” Maitreya, para a implementação imediata da religião do novo mundo. Bastante verdade será impingida a um mundo insuspeito para fisga-lo na mentira. “Até mesmo os mais sábios serão enganados.”

A calculada resistência à religião universal e ao novo messias e as posteriores guerras sagradas resultarão na perda de vida humana em uma escala nunca imaginada anteriormente em toda história humana.

O Projeto Blue Beam fingirá ser o cumprimento universal das profecias antigas, como um maior evento que ocorreu a 2000 anos atrás. A princípio, ele fará uso dos céus como uma tela de cinema [na camada de sódio a 60 milhas] quando um satélite baseado no espaço gera o laser que projeta imagens simultâneas para os quatro cantos do planeta em todas as linguas e dialetos segundo a região. Isto lida com o aspecto religioso da Nova Ordem Mundial e é engano e sedução em uma escala maciça.

Super computadores

Os computadores coordenarão os satélites e o software já em lugar e dirigirão o show no céu. As imagens holográficas são baseadas em sinais quase idênticos se combinando para produzir uma imagem ou um holograma com profunda perspectiva que é igualmente aplicável as ondas acústicas ELF, VLF e LF e fenômenos ópticos. Especificamente, o show consistirá em múltiplas imagens holográficas para diferentes partes do mundo, cada uma recebendo uma diferente imagem segundo sua religião específica, nacional e regional. Nem uma única área será excluída. Com as animações e sons do computador parecendo se emanarem das profundezas do espaço, seguidores atônicos e ardentes de vários credos testemunharão seu próprio messias retornado em uma convincente realidade com o a vida.

Então as projeções de Jesus, Maomé, Buda, Krishna, etc., se unirão em outra explicação posterior correta dos mistérios e revelações terão sido desveladas. Esta uma boa vontade, de fato, ser o Anti-Cristo, que explicará que as várias escrituras tem sido mal comprendidas e mal interpretadas e que as religiões antigas são responsáveis por jogar irmão contra irmão, nação contra nação, e portanto as velhas religiões devem ser abolidas para dar caminho para a religião New Age da Nova Ordem Mundial, representando o um só Deus, o Anti-Cristo, que eles viram diante deles.

Naturalmente, esta falsificação soberbamente programada resultará em uma desordem social e religiosa em dissolução em uma grande escala, cada nação acusando a outra pelo engano, liberando milhões de fanáticos religiosos programados pela possessão demoníaca em uma escala nunca testemunhada antes. Além disso, este evento ocorrerá a um tempo de profunda anarquia política mundial e tumulto geral criado por alguma catástrofe mundial. A ONU até mesmo planeja usar a música de  Beethoven – ‘Song of Joy’ – como um hino para a introdução para a religião New Age de um só governo mundial. Se colocarmos este show espacial em paralelo com o programa Star Wars obtemos isto: a combinação da radiação eletromagnética e da hipnose que também tem sido objeto de intensa pesquisa. Em 1974, por exemplo, o pesquisador G. F. Shapits, disse sobre uma das propostas de pesquisa que, “… nesta investigação será demonstrado que as palavras faladas pelo hipnotizador podem ser convertidas em energia eletromagnética diretamente e para a parte subconsciente do cérebro humano sem empregar qualquer aparelho mecânico para receber ou transcodificar a mensagem, e sem que a pessoa exposta a tal influência tenha uma chance de controlar o input da informação conscientemente. Pode ser esperado que o comportamento racionalizado será considerado ter sido retirado de sua própria vontade livre.”

Qualquer um que investigue o chamado fenômeno da “canalização” exatamente agora será sábio em levar em consideração esta área de pesquisa. Será notado que aqueles que se pensam “canalizadores” tem escalado rapidamente desde que este tipo de pesquisa foi realizada. É desconcertante como é similar as suas mensagens. a despeito de que entidade eles afirmem ser a fonte da orientação divina. Isto sugeriria que qualquer indivíduo considerando a credibilidade da informação canalizada deveria estar discernindo e criticamente avaliando de onde se origina as mensagens que eles recebem, e se as mensagens são especificamente benéficas para a Nova Ordem Mundial.

[Nota: Este projeto precisará de um super computador para coordenação, você entenderá como eles estão planejando e construíndo este super computador.]

DARPA começa a desenvolver o computador mais poderoso do mundo

A Agência de Pesquisa de Projetos Avançados de Defesa (Darpa) norte-americana anunciou nesta semana um projeto para construir o supercomputador mais rápido do mundo. A máquina que os pesquisadores querem desenvolver deve ser mais de 500 vezes mais veloz do que o supercomputador mais poderoso em funcionamento e atingir a marca de 1 quintilião de cálculos matemáticos por segundo. A Darpa é a responsável pelo nascimento da rede que serviu como embrião da internet, conectada pela primeira vez em 29 de outubro de 1969.

A velocidade dos computadores é medida em Flops – sigla em inglês para operações de ponto-flutuante por segundo –, cálculos que envolvem números muito pequenos ou muito grandes. Um bom computador caseiro, com o processador Intel Core i7 980 XE,  por exemplo, opera em pouco mais de 100 GFlops – 100.000.000.000 dessas operações a cada segundo. A nova máquina será, portanto, 10 milhões de vezes mais veloz do que as máquinas domésticas.

Em 2008, pesquisadores conseguiram quebrar a barreira dos petaflops (PFlops) – o equivalente a um quadrilhão, 1.000.000.000.000.000 de cálculos por segundo. O IBM Roadrunner, que está em um laboratório no Novo México, Estados Unidos, chega a 1,1 PFlops. O que a Darpa quer agora é chegar a um quintilião de operações, mil vezes mais do que isso (1.000.000.000.000.000.000 operações por segundo).

Supercomputador Jaguar XT5

Atualmente, o supercomputador mais poderoso do mundo é o Jaguar XT5, construído pela Cray no Oak Ridge National Laboratory, em Oak Ridge, Tennessee, com velocidade de 1,759 PFlops. Ou seja, se conseguir chegar ao quintilião de operações, o computador planejado pela Darpa será 568 vezes mais rápido do que o Jaguar.

O Jaguar ocupa o primeiro lugar da lista TOP500, que divulga os supercomputadores líderes em velocidade no mundo, desde 2009.
Um documento publicado pela Darpa explica que o sistema Omnipresent High Performance Computing (OHPC) envolverá novas pesquisas e desenvolvimento, para aprimorar hardware, software e design de linguagem que permitam alto desempenho, melhor hierarquia de memória e armazenamento, entre outras características. Até o dia 6 de agosto, empresas podem apresentar projetos para participar do programa da agência.

Com o passar dos anos, pesquisas como essa e os avanços das tecnologias de computação provocam a queda no custo das operações realizadas pelos computadores. Em 1961, o custo aproximado por GFlops era de US$ 1,1 trilhão (o equivalente a 17 milhões de unidades do IBM 1620, que custava US$ 64 mil). Em 1984, chegar a essa velocidade custava US$15 milhões. De lá para cá, os números só despencam: US$ 30 mil em 1997, US$ 1 mil em 2000, US$ 82 em 2003 e apenas US$ 0,13 em 2009.

Agora se juntarmos todas estas peças do quebra-cabeça, entenderemos que muitos serão enganados, a tecnologia está pronta, a operação do erro estão às portas, muitos países estão começando a divulgar os documentos secretos dos supostos OVNIs, por que justamente nestes tempos? O cerco se fecha a cada dia.

[Nota: Serge Monast e um outro jornalista, estavam pesquisando o Projeto Blue Beam, quando morreram de "ataques cardíacos" dentro de semanas um do outro embora nenhum tivesse um histórico de doença cardíaca. Serge estava no Canadá. O outro jornalista canadense estava visitando a Irlanda. Antes de sua morte, o governo canadense raptou a filha de Serge em uma tentativa de dissuadi-lo de continuar sua pesquisa sobre o Projeto Blue Beam. Sua filha nunca voltou. Os pseudo-ataques cardíacos são um dos métodos de morte alegados serem induzidos pelo Projeto Blue Beam.]

Fontes:

Ecocidio

Conspire Assim

Arauto do Futuro

About these ads

164 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Júlia said, on 05/07/2010 at 23:50

    Parabéns pelo blog! Explica muito bem certos assuntos difíceis! Parabéns mesmo.

  2. Elder said, on 06/07/2010 at 13:37

    Realmente gostei bastante…

  3. giovannipinto said, on 06/07/2010 at 22:21

    Depois entre no meu Blog e vamos trocar textos, eu tenho 6 textos sobre o besta e teu Reino humano, se estiver interessado acesse http://www.giovannipinto.wordpress.com – Abraço Giovanni (Gigio)… E-MAIL: gigioman2006@hotmail.com

  4. Letícia said, on 07/07/2010 at 00:39

    Nossa, muito bom mesmo.
    Parabéns.

  5. [...] Manifestação do Anticristo: Projeto Blue Beam a grande operação do erro juizofinal | 05/07/2010 at 20:04 | Categorias: 3ª Guerra Mundial, Anticristo, Crise, Nova Ordem Mundial | URL: http://wp.me/pp3sh-ho [...]

    • Everaldo said, on 07/02/2012 at 05:27

      De pronto, já estou a disposicão da nova ordem mundial.

  6. [...] O Projeto Blue Beam Publicado em julho 9, 2010 por apocalipsetotal O Projeto Blue Beam é uma arma secreta de alteração da mente está baseada em algo chamado tecnologia da portadora subliminar, ou Silent Sound Spread Spectrum (SSSS) (também chamada de S-Quad, ou ‘Squad’ no jargão militar). Ela foi desenvolvida para uso militar pelo Dr. Oliver Lowery, de Norcross, Georgia, e está descrita na US Patent #5,159,703 — ‘Silent Subliminal Presentation System’, para uso comercial em 1992… A tecnologia também é conhecida como Som do Silêncio e funciona pela transmissão de sons indetectáveis pelo ouvido, mas que são implantados no córtex auditivo do cérebro (mais em: Juízo Final) [...]

    • juizofinal said, on 09/07/2010 at 20:50

      Essa tecnologia pode tranquilamente ser utilizada ple fé baha´i.
      Valeu pela contribuição.
      Um abraço.

  7. Elias Filho said, on 10/07/2010 at 17:39

    “Porque se levantarão falsos cristos, e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganarem, se for possível, até os escolhidos.
    Marcos 13:22″

    “Pois não falam de paz; antes projetam enganar os quietos da terra.
    Salmos 35:20 ”

    “E haverá em vários lugares grandes terremotos, e fomes e pestilências; haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu.
    Lucas 21:11″

    Essas e outras profecias já nos falam da atualidade, a geração que verá a volta do Senhor e que verá sinais do anti-cristo com todo o seu engano…como podemos ver já estão preparando tudo para o grande evento deles, ou seja preparando a humanidade para o falso messias, a nova Ordem Mundial, para o seu Maytreia, Maomé, Buda, Krishna, Baha’u’lah…
    que Deus tenha misericórdia daqueles que ainda ñ tem a Salvação em Seu Filho Jesus!
    Maranatha! Ora vem Senhor Jesus.
    Abraços fraternais em Cristo Jesus.
    Elias Filho

    • Mor. said, on 11/12/2010 at 17:46

      Amém

    • Jonas Nascimento said, on 13/11/2011 at 01:52

      amém

      • Lucasreis Reis said, on 09/10/2012 at 23:45

        amém

      • REIS said, on 10/10/2012 at 00:15

        DE QUALQUER MODO precisa-se fazer algo, porque tem se espalhar nem que seja por emails ao maior número de pessoas possível, eu já disse a muitos e vou contuinuar, assim como as novas revelações que estã acontecendo hoje, como o verdadeiro nome do Messias e do Pai que foi descoberto nestes dias do fim que afinal estava bem escondido aqui Yahudim, a decifração do tão confuso tetragrama que só deu foi para criar confusão e falsos nomes a deus como o jeová, javé e jehovah, e afinal cá estava aqui a verdade YAHU—DIM, DÁ O YAHU, IÁRRU, e todo omundo adorar a fabricos humanos deturpados com apenas anos de fabrico feito pelo vaticano, e o a quem chamam por jesus , afinal leva este nome no seu. é o Yahu-shua, quer dizer Yahu salva, enquanto que o jesus, quer dizer je-sus, sus em hebraico é cavalo, e latim é porco, uma pura blasfémia contrao o Altíssimo, e coisas desta natureza enquanto se pode, porque se eles nos vão tirar as liberdades, é aproveitar a divulgar ao máximo a verdade, porque o Criador vai ter em conta a nossa responsabilidade no assunto, quem está em ignorância não está em culpa, mas quem sabe e não divulga já tem culpa de sangue.

        (Ezequiel 3:18-21) . . .Quando eu disser ao iníquo: ‘Positivamente morrerás’, e tu realmente não o avisares e não falares para avisar o iníquo do seu caminho iníquo, a fim de preservá-lo vivo, ele, sendo iníquo, morrerá no seu erro, mas o seu sangue demandarei da tua própria mão. 19 Mas, no que se refere a ti, se tiveres avisado o iníquo e ele realmente não recuar de sua iniqüidade e de seu caminho iníquo, ele é que morrerá pelo seu erro; mas tu, tu terás livrado a tua própria alma. 20 E quando o justo recuar de sua justiça e realmente fizer injustiça, e eu tiver de pôr diante dele uma pedra de tropeço, ele é que morrerá por não o teres avisado. Morrerá por seu pecado, e seus atos justos que praticou não serão lembrados, mas demandarei o sangue dele da tua própria mão. 21 E se tu tiveres avisado o justo para que o justo não peque, e ele realmente não pecar, continuará a viver impreterivelmente porque foi avisado, e tu mesmo terás livrado a tua própria alma.”

        Estes assuntos são muito mais sérios do que muitos se parecem.
        CUMPRIMENTOS

    • Roger Ptl said, on 26/06/2013 at 14:37

      QUE MANIA DE METER RELIGIÃO NESSAS COISAS, PORQUE TUDO TEM QUE SER RELIGIOSO, PORQUE TUDO TEM QUE TER ESSA COISA DE QUERER CONTROLAR NOSSAS MENTES COM ESSAS COISAS DE RELIGIÃO, SERÁ QUE JÁ NÃO ESTA MAIS DO QUE NA HORA DE PERCEBERMOS QUE A RELIGIÃO É O MAL DO MUNDO, PORQUE EU E MEUS FILHOS TEMOS QUE ACREDITAR EM INVENÇÕES HUMANAS PARA ME CONTROLAR…..EU SOU DEÍSTA E É O QUE ME BASTA, LEIAM SOBRE O DEÍSMO E DESCUBRAM-SE.

      • Marcos Sousa said, on 02/09/2013 at 17:35

        Se não acredita amigo, não entendo porque perde tempo em ler essas materias, pior ainda, perde tempo em comentar, da licença, vai ver materias sobre o que você curte, e não venha criticar quem acredita, fica na paz

    • mateus.ALVES said, on 09/06/2014 at 14:10

      amém

  8. vagner martins said, on 19/07/2010 at 13:59

    Maravilhoso este espaço de discussão escatològica. Parabéns….

  9. Thiago Petrelli said, on 20/07/2010 at 14:09

    Então na opinião de vocês todos os cristãos vão para o céu e resto das outras religiões são uma farsa milenar (a exemplo o hinduismo que praticamente é mãe de todas religiões do mundo e mais antiga religião do mundo). Então deixa eu ver seu entendi o cristianismo tem hoje 2,2 bilhões de seguidores, isso me leva a crer 4,6 bilhões de pessoas vão para o inferno (contando que a população mundial de 2007 era 6,8 bilhões).
    Estou correto?

    • juizofinal said, on 20/07/2010 at 14:19

      Basta você estudar os fatos que encontrará a verdade. Outra coisa, religião não salva ninguém, somente serve para afastar as pessoas de Deus.

    • Mor. said, on 11/12/2010 at 17:27

      Não. Você está errado.
      Nem 2% das pessoas que se dizem cristãos e frequentam igrejas cristãs serão salvos.
      Procure não se prender apenas à religião e sim a DEUS. Siga a palavra, os mandamentos e Dele. Não seja apenas “bonzinho” afinal não está escrito na Bíblia que os bonzinhos terão salvação.

      A Paz !

    • Tiago said, on 05/04/2012 at 16:27

      Certo, tando de perdidos como de salvos, a bíblia nos afirma que serão muitos como a areia da praia. Leia atentamente Romanos e peça orientação a Deus que Ele te esclarecerá.

  10. Alves said, on 07/08/2010 at 11:45

    ótimas essas informações!!!

  11. [...] [...]

  12. charlesnetto said, on 08/09/2010 at 01:38

    Boas as sua informaçõe, mas num primeiro momento penso ser o silêncio uma boa resposta até que mais dados sejam confiormados, ok!

  13. Julio "Chakal" said, on 16/09/2010 at 11:48

    Para quem axa q isso eh td mentira vou deixar o link de uma revista conceituada q estah falando disso, a resvista eh a EXAME …

    http://portalexame.abril.com.br/tecnologia/noticias/ovni-suspende-voos-china-gera-discussao-internet-578942.html

  14. juizofinal said, on 16/09/2010 at 12:07

    Pelo visto quem é fútil assim são pessoas como você, que tem como único veículo de informação a rede bobo(globo), acorda pra vida cidadão.

  15. Rafael Peixoto said, on 04/10/2010 at 02:02

    Oie…olá!Agradeço pela matéria, já tinha ouvido falar mas não sabia muito bem o que era. Já acompanho o site do ” Apocalipsetotal ” há um bom tempo e assim me mantenho antenado. Tenha uma boa semana.

    • juizofinal said, on 04/10/2010 at 03:47

      Se você quiser você pode assinar o blog e receber os novos post por email.

  16. Chico Salvador said, on 27/11/2010 at 19:22

    É isso aí, amigo, vamos tornar A VERDADE pública!

    Fica na PAZ

  17. StarWalker said, on 01/12/2010 at 12:44

    São teorias interressantes, algumas podem até ter um fundo de verdade, outras são pura abobrinha, não devemos acreditar em tudo que lemos, a minha teoria é a seguinte: se os governos estão desenvolvendo armas de todos os tipos é porque algo fora do controle está para acontecer, essas armas serão usadas contra o homem, isso é inegável, mas a verdade é que essas armas nem se comparam ao que realmente vai acontecer com a terra, abram os olhos, não se guiem pela mente dos outros e procurem a verdade por voçês mesmos.

    • juizofinal said, on 01/12/2010 at 20:42

      Só o tempo dirá, cada um aqui creio que está procurando sua verdade.

  18. Olhos abertos said, on 21/12/2010 at 12:55

    VAMOS PESQUISAR, ANALISAR E INVESTIGAR… PRECISAMOS SABER SE É CRISTO OU ANTICRISTO, QUE ESTÁ PARA CHEGAR EM 2012, NÃO PODEMOS DEIXARMOS NOS ENGANAR, QUALQUER SITE E BLOGS DO MAL, PODEM QUERER SE PASSAR COMO DO BEM, E TODOS NÓS SABEMOS QUE ESTE MUNDO PRECISA MUDAR E PARA MELHOR,E QUE OS PODEROSOS, OS RICOS E OUTROS NÃO QUEREM A NOSSA LIBERTAÇÃO, TEMOS QUE TOMAR OS DEVIDOS CUIDADOS QUANTO A ESTE TIPO DE ASSUNTO E AS INFORMAÇÕES. E SE TODAS AS OBRAS COMO RELATA AQUI DO BLUE BEAM PROJECT, FOREM OBRAS PARA NOS LIBERTAR DO MAL, OBRAS DE DEUS E QUE OS ILUMINATTI, ESTÃO USANDO AS OBRAS DO BEM PARA NOS COLOCAR MEDO E EVITARMOS ESSAS MANIFESTAÇÕES, PORTANTO, TEMOS QUE ANALISAR MELHOR E BUSCARMOS A VERDADE.

    • juizofinal said, on 21/12/2010 at 18:45

      Com certeza em 2012 não terá a segunda vinda de Jesus Cristo a este mundo.

    • Tiago said, on 05/04/2012 at 16:31

      Realmente Deus sempre dispos ao homem a vida e a morte, e nada irá influencia-lo a tomar decisões que não seja da sua própria natureza e vontade ou que venham em causa de sua rejeição á verdade e por ja está em si mesmo condenado (ou seja não podem ver mais a verdade porque a mentira os segou)

  19. [...] Leia também: Projeto Blue Beam a Grande Operação do Erro [...]

  20. kekel said, on 05/02/2011 at 15:11

    MUITO FACIL DE ENTENDER TUDO, MUITO ASSUSTADOR TBM ESSE Projeto Blue Beam!
    MAS FICA AQUI MINHA QUESTÃO CONFLITANTE DE UMA PERGUNTA Q NÃO QUER CALAR:
    ESSA PESQUISA É PRA SER DISSEMINADA ÀS PESSOAS PARA QUE ELAS SE VOLTEM CONTRA QUEM?
    OU O QUE PODERIAM FAZER DIANTE DISSO?
    DE QUE LADO FICAR?
    EU JA PERDI TODA CREDIBILIDADE NO SER HUMANO, E JA NÃO SEI SE ISSO TUDO Q ESTOU LENDO É UM ALERTA CONTRA ”ELES” OU ALGO PARA NÃO ACREDITAR NAS HIERARQUIAS DE LUZ, VERDADEIRAMENTE!?

    • juizofinal said, on 05/02/2011 at 15:43

      É simples a resposta. Isto tudo é para servir de alerta para o que estar porvir. Muitos serão enganados pelo simples fato de se acomodarem, fecharem os olhos ou não quererem sair da “zona de conforto” que terão ao aderirem o sistema da besta.

    • marcio said, on 12/10/2011 at 15:35

      Isso mesmo as pessoas hj n querem nda alem de ficar na zona de conforto essa coisas começou aparecer foi pra aqueles q acreditam no nosso YAOHUSHUA n fosse enganado isso ja estava escrito nas sagradas escrituras, infelizmente n podemos fazer nda. agora é vivermos para o nosso criado colocar nossas vidas no altar, amar ao proximos independente de religião pois ela n leva a lugar nenhum nos temos q ser os verdadeiros REMANECENTES a paz a todos…

  21. Badboy said, on 10/02/2011 at 21:32

    Rapaz, ou voce tem a mente muito fértil? ou tudo que vc disse éh verdade? agora eu sempre procuro questionar todas as novas descobertas e tudo novo que surja, para que porventura nao venha a ser enganado… as unicas coisas que dou por certo e concreto sao as palavras de cristo e o que minha consciencia me permite, nada mais julgo certo ou errado, apenas observo e sempre questiono… inclusive o que esta exposto aki em seu blog, porem tbm, apenas questiono, num digo nem que éh mentira nem que éh verdade. uma pq sou cristão mesmo, e acredito na volta de Cristo, só que como Ele mesmo disse, todas as nações verão seu retorno, todas elas… então se ele vim so para os cristãos, como disse sua teoria, realmente naum será um evento verdadeiro… será verdadeiro sim, quando Ele vier para todas as nações como ele se apresentou para os primeiros cristãos todos o verão e o reconhecerão como tal… O Messias. Outra se tudo que diz em seu blog é verdade, pq tais conspiradores, permitem a divulgãção deste plano através da internet, se eles a controlam? pq deixaram plano secreto e tão brilhante vazar? será que as coisas ditas aki em seu blog não éh uma estrategia destes conspiradores, para desviar nossa atenção do que realmente ta acontecendo? o Anti Cristo não terá tanto trabalho para aparecer e ser aceito naum, pq o q esta acontecendo ae já força sua aceitação, as novas leis, a banalização do sexo, a perca de autoridade dos pais sobre os filhos, e as várias mudanças de antigas ideologias sociais… ha muitas coisas aceitas hoje, que se porventura vc disser que não concorda, éh acusado de discriminação podendo até ser preso… banalização do sexo, da religião, do amor, do natural, da moralidade que sempre funcionou e o mundo era muito melhor qdo ela ainda tinha força. então observe tbm estes detalhes, talvez tire alguma conclusão útil… no mais seu blog ta ótimo, li cada detalhe… Parabéns.

    • juizofinal said, on 10/02/2011 at 23:36

      Você mesmo respondeu a sua pergunta quanto a banalização. É isto que os senhores do mundo quer, eles divulgam para ver até onde a população acredita, sendo assim, como muitos não acreditam, então eles veem que o plano que eles tem arquitetado está dando certo.

      Já ouviu falar da teoria do caos? Com certeza você deve ter lido sobre o famoso WIKILEAKS, onde o mesmo está divulgando informações secretas.

      Mas sabe qual é o real objetivo deste site que divulga estas informações secretas? Justamente banalizar a própria internet, dando a imprensão que a mesma não é segura, tendo agora um real motivo para a sua censura.

      A união européia está andando em passos largos para censurar a internet, inclusive quando isto ocorrer, está previsto para o primeiro semestre de 2011, este blog fatalmente estará condenado a sair do ar.

      Nos EUA também acontecerá a mesma coisa, então para espalhar para o mundo todo é uma questão de tempo.

      A população está muito condicionada, nem os senhores do mundo querendo dizer a verdade, a população não irá acreditar.

      Portanto, a forma de divulgação de parte dos planos é justamente para ver até que grau de condicionamento a população está.

      E para você verificar isto, não precisar pesquisar muito não, basta ler os comentários neste blog, recebo muitas ofensas, e isto vem provar o quanto a população está condicionada a espera do anticristo.

  22. nei rodrigues said, on 15/02/2011 at 10:59

    na realidade nos que temos a certeza da salvação não devemos nos precupar com esse governo mundial porque não vamos estar mais aqui o arebatamento será antes deste governo estamos vivendo só o princípio das dores.

    • juizofinal said, on 15/02/2011 at 11:13

      Que você também esteja preparado caso isto não ocorra, caso o arrebatamento venha ocorrer após a tribulação. Caso queira um estudo sobre isto, passo pra você. Criaram uma grande armadilha.

      • nei rodrigues said, on 16/02/2011 at 10:05

        marcos c13v3a7 dis nomonte das oliveiras defronte do templo achava se jesus a sentado quando pedro.tiago.joao e andre lhe perguntarao em particular .disenos quando susederao estas coisas,e que sinal havera quando todas elas estiverem para se cumprirem.entao,jesus passou a dizerlhes;vede que nimgeum vos engane.muitos virarao em meu nome,disendo sou eu;e enganarao a muitos.quando,porem,ouvirdesfalar de guerras e rumores de guerras.nao vos asusteis;e nessesario asim acoteser mas ainda nao e o fim. e que a palavra de DEUS possa abrir os nosos olhos espirituais contra os falsos profetas do tempo da apostasia .!

  23. nei rodrigues said, on 16/02/2011 at 10:49

    primeiro CRISTO a rebatara sua igreja num abrir e fecha de olhos como o relampago que sai do oriente e se poe no osidente de pois o anti cristo reinara na terra por 7 anos que se dividira em tres anos e meio onde ele resovera os problemas mundiais com um so governo uma so moeda as pessos vao ser livres para o dorarem oqui quiserem faser seus sacrifisios mas de pois da primeira parte ele vai requerer toda a dorasao so para ele onde comesara a verdadeira tribulasao onde o alvoprinsipal dele serao a queles que irao se arependerem por nao terdado ovidos a palavra de DEUS hoje entao jesus vira compoder e gloria e todo olho vera esta e asegunda vinda de cristo de pois ele a prisionara o diobo .oanticristo o falso profeta ameretris que e uma igreja elansarao dentro do inferno e o proprio CISTO governara o mundo por mil anos e o mundo esperimentara o governo de DEUS a qui naterra quando se cumprirem os mil anos DEUSsolta todos eles mais uma ves e mesmo o mundo de pois de esperimemtar a gloria de DEUS aida dara ouvidos asatanas e se rebelarao contra ISRAEL entao DEUSjugara todas as nasoes que se rebelarao contra ISRAEL elansarao dentro do inferno e pegara o inferno elansara dentro do lago de fogo e enchofre onde procurarao a morte e a morte fugira dele . lembrese estamos vivendo no tempo da grasa mas vinra tempos difiseis. DEUS nao vai te obrigar a aceitalo mas o diabo ja esta invadindo a mente e a vida das pesos .aroganci.hosexualismo.prostituisao.inveja.ambisao.fraudes.homes adoradores de si mesmo. lembremse o lusifer os nosos proprios sentimentos contra nos mesmo! .muito o brigado pelo espaso. e que DEUS nos ajude.

    • juizofinal said, on 16/02/2011 at 11:25

      Mais do que seguir um “modelo escatológico”, cremos que é necessário voltar aos princípios, ensinamentos e crença da igreja dos primeiros séculos e opor-nos a tudo aquilo que represente uma novidade em relação a tais princípios, ensinamentos e crença.

      1. O Senhor Jesus, em seu sermão profético, relaciona somente sua vinda após a tribulação, não mencionando em nenhum momento um arrebatamento oculto anterior ao momento da vinda em glória, mas um arrebatamento que faz parte de sua gloriosa vinda, logo após a grande tribulação (Mateus 24:29-31, Marcos 13:24-27 e Lucas 21:25-27)

      2. A Bíblia não nos revela em nenhum lugar que a volta do Senhor será dividida em duas etapas: uma oculta, anterior à tribulação, e outra visível, após a tribulação. Pelo contrário, a Palavra determina apenas duas vindas: uma já concretizada há aproximadamente 2.000 anos e a outra ainda porvir (Hebreus 9:27-28)

      3. Paulo nos revela que o arrebatamento ocorrerá ante a última trombeta ou ao soar a última trombeta. O Senhor Jesus revelou que, por ocasião de sua vinda em glória, logo após a grande tribulação, haverá toque de trombeta. Portanto, nesse momento será tocada a última trombeta. Há uma estrita submissão de Paulo ao que o Senhor já havia ensinado (I Coríntios 15:52, Mateus 24:31)

      4. A promessa feita aos discípulos pouco após a ascenção de Cristo, aponta para seu regresso visível como Rei, pousando seus pés sobre o Monte das Oliveiras para derrotar o anticristo. Os discípulos, por ocasião da ascenção, estavam no Monte das Oliveiras e viram o acontecimento. Os anjos lhes revelaram que da mesma forma que Jesus tinha subido, Ele voltaria. Ou seja, de forma visível e pousando seus pés sobre o Monte das Oliveiras (Atos 1:11-12, Zacarias 14:3-4)

      5. A Igreja primitiva não tinha qualquer idéia “pré-tribulacionista”. Os cristãos primitivos esperavam a volta de Jesus já em seus dias, após cumprimento dos sinais, para livrá-los da perseguição e tribulação em que viviam, e não para evitar que eles entrassem num processo tribulacional. A idéia pré-tribulacionista surgiu no século XIX, atrelada ao dispensacionalismo (II Tessalonicenses 1:7-8)

      6. Paulo descarta toda idéia de iminência anterior à concretização dos sinais profetizados por Jesus. Ele ensinou aos tessalonicenses que a vinda de Jesus e a nossa reunião com Ele, não ocorreria antes da apostasia generalizada e da manifestação do anticristo, mantendo a mesma ordem profetizada por Jesus no sermão profético (II Tessalonicenses 2:1-3, Mateus 24:10-15)

      7. A volta de Jesus será como “um ladrão na noite” para aqueles que não a esperam e/ou não estão vigiando e atentos aos sinais (I Tessalonicenses 5:4, Apocalipse 3:3)

      8. A volta de Cristo está relacionada na Bíblia ao DIA DO SENHOR, que será um dia literal e não um período de sete anos. Jesus mencionou a profecia de Joel 2:10 para especificar os sinais que antecederiam imediatamente sua vinda gloriosa, relacionando a mesma ao DIA DO SENHOR através dos mesmos sinais: o sol e a lua escurecendo. Joel nos revela que esses mesmos sinais antecederão o DIA DO SENHOR, relacionando esse dia ao dia da volta de Jesus e não ao período tribulacional de sete anos (Mateus 24:29, Joel 2:10, Isaias 13:10, Ezequiel 32:7-10)

      9. É nítida na Bíblia a presença de servos de Deus em meio à tribulação dos últimos tempos. Não se trata de “ex-desviados”, pois os cristãos da grande tribulação guardam os mandamentos de Deus e mantêm o testemunho de Jesus, algo impossível sem a atuação do Espírito Santo. Muitos desses servos de Deus, a exemplo dos cristãos primitivos, serão martirizados e odiados “por todas as nações” (Apocalipse 12:17, Apocalipse 6:9-11, Apocalipse 14:8-13, Mateus 24:9-12, Marcos 13:20, João 17:15, Daniel 7:25-27)

      10. Desses cristãos, alguns serão protegidos de forma sobrenatural durante a tribulação, a exemplo do que ocorreu com o povo de Israel no Egito durante as pragas (Apocalipse 3:10, Apocalipse 12:14-16, Daniel 11:33-34, Mateus 24:22)

      11. O chamado para “vigiar” (o termo vigiar vem de vigília = noite) e se manter atento aos sinais e à santidade, se prolonga até o final da tribulação (Apocalipse 16:15)

      12. Jesus, em sua primeira abordagem direta sobre sua volta, relaciona diretamente o momento do arrebatamento à sua vinda gloriosa e à derrota dos exércitos do anticristo no Armagedom. Isso fica patente ao comparar Lucas 17:28-37 com Apocalipse 19:11-21 (presença de destruição, cadáveres e aves de rapina)

      13. O objetivo da tribulação não é o extermínio da raça humana nem a destruição total do planeta. Jesus compara sua vinda aos dias de Noé no que concerne ao descaso das pessoas diante das profecias e à malignidade das duas épocas em questão. Porém, os acontecimentos são diferentes: No dilúvio, o propósito era destruir todo ser vivo, exceto Noé, família e os animais na arca. Na volta de Jesus, a destruição virá sobre o sistema maligno no qual o mundo jaz e sobre aqueles que se prostram diante de tal sistema (I João 5:19, I Coríntios 15:23-25, Gênesis 6:7, Gênesis 8:21-22)

      14. Após a grande tribulação haverá sobreviventes, inclusive das nações que marcharão contra Jerusalém no Armagedom (Zacarias 14:16)

      15. Não existe base bíblica para separar a igreja da Israel espiritual. Apesar de existirem castigos e promessas específicas para a nação israelense, não se justifica presumir por isso um arrebatamento pré-tribulacional. Nós somos o Israel de Deus, filhos de Abraão, segundo a promessa (Efésios 2:14, Gálatas 3:29, Romanos 11:24:32)

      16. Não existe legitimação para “dividir” a atuação de Deus em dispensações separadas e excludentes. O que vemos na Bíblia é uma revelação progressiva do plano de Deus para a humanidade. Deus trata com todos ao mesmo tempo. Um exemplo disso é que Deus continua atuando profeticamente com Israel em plena “era dos gentios”

      17. Não existe base bíblica alguma para sustentar a volta de Jesus “a qualquer momento”. O próprio Cristo se deteve para revelar todos os grandes sinais que antecederiam sua volta. Após o cumprimento de todos os sinais profetizados pelo Mestre é que sua volta será “a qualquer momento”. Paulo também nos revela dois grandes sinais (Mateus 24:33, II Tessalonicenses 2:1-3). Não se pode usar as epístolas paulinas para sustentar a volta de Jesus “a qualquer momento”, pois elas foram escritas para diversas igrejas até 66 d.C., ano em que Paulo morreu decapitado em Roma. Naquele ano não havia se cumprido sequer o primeiro grande sinal profetizado por Jesus: a destruição de Jerusalém, que só ocorreu em 70 d.C. Paulo e nenhum dos apóstolos ensinaram um arrebatamento “sem sinais prévios”

      18. A salvação nos livra da ira de Deus. Quando falamos em “ira” relacionada à salvação espiritual, não é correto associar essa “ira” a um processo tribulacional, onde os danos sofridos pelos servos de Deus são físicos. O próprio autor do versículo em questão morreu decapitado dentro de um processo de perseguição e tribulação. A salvação que temos é espiritual e eterna, a qual nos torna isentos da ira eterna de Deus, porém não isentos de passar por tribulações (I Tessalonicenses 1:10, I Tessalonicenses 4:9)

      19. Todos os termos neotestamentários usados para referir-se à vinda de Jesus, nos dão a idéia de um evento visível, notável e não oculto: ephiphaneia (aparecimento), apokalipsys (revelação) e parousia (vinda-manifestação)

      20. A primeira ressurreição ocorrerá por ocasião da vinda de Cristo em glória, no final da tribulação. Essa “primeira” ressurreição exclui uma ressurreição em massa anterior a esse momento (Apocalipse 20:4-6)

      21. Toda a revelação escatológica de Jesus, dos apóstolos e até do Apocalipse, é direcionada à Igreja. Que objetivo haveria em revelar-nos esses pormenores e instruir-nos a estarmos atentos aos sinais, se a Igreja não estivesse inserida nesses acontecimentos?

      22. As “bodas do Cordeiro” ocorrerão após a vinda do reino de Deus. O anúncio dessas bodas é feito no final da tribulação (Apocalipse 19:7, Lucas 22:18 – Lucas 21:31)

      23. Jesus nos insta a estarmos atentos aos sinais e a não sermos enganados em meio à tribulação pelos sinais malignos dos “anticristos” e “falsos profetas” (Marcos 24:4, Mateus 24:24, Lucas 12:54-59)

      24. Jesus disse que “quem perseverar até o fim será salvo”. O “fim” de sua narrativa profética no sermão do Monte das Oliveiras é sua vinda em glória, logo após a tribulação (Mateus 24:13, Mateus 24:6)

      25. Jesus predisse que os seus servos seriam odiados “por todas as nações” e que o evangelho seria pregado em testemunho “a todas as nações”. Esses eventos ainda não aconteceram em sua plenitude e devem ocorrer durante a tribulação com a perseguição institucionalizada contra a Igreja e a diáspora decorrente dessa perseguição, produzindo um avivamento nunca antes visto e possibilitando a pregação a “todas as nações”.

      26. Se o pré-tribulacionismo estiver certo, nós, pós-tribulacionistas, estamos preparados pela fé e através do novo nascimento para o arrebatamento anterior à tribulação. Se a posição pós-tribulacionista estiver certa, estaria a Igreja preparada em todos os aspectos para enfrentar esses momentos de sofrimento físico e social extremos? Estão todos sendo ministrados para enfrentarem essa possibilidade? Estão todos sendo ensinados a vigiarem em virtude do engano generalizado que se aproxima?

      Buscamos a conscientização dos servos de Deus a respeito dos eventos que já estão profetizados e a correta postura que todos devemos ter diante da realidade em que vivemos, que já prenuncia a concretização dessas profecias.

      A seguir, daremos nossas principais bases de atuação ministerial:

      1. Nosso propósito não é impor uma idéia ou dogma, como os pré-tribulacionistas têm feito durante décadas, e sim expor uma interpretação sincera das profecias escatológicas e estimular os servos de Deus a estudarem com mais profundidade esses assuntos. Temos observado que a grande maioria dos cristãos, no tocante aos assuntos escatológicos, não tem feito aquilo que os bereanos fizeram, ao ouvir a palavra ministrada por Paulo. Muitos têm aceitado a hipótese pré-tribulacionista como verdade absoluta, por falta de interesse em estudar as profecias escatológicas, outros por falta de entendimento, ao julgar esses assuntos muito complicados, o que na realidade não é verdade.

      A maioria das igrejas protestantes tem adotado o pré-tribulacionismo como base doutrinária para entender os últimos acontecimentos. Isso se deve ao fato da maior parte dessas igrejas ter surgido a partir de começos do século dezenove, época em que começou a ser divulgado o pré-tribulacionismo por parte dos irmãos de Plymouth – EEUU (1830). Esse tipo de interpretação influenciou todas as igrejas do período, das quais as atuais são herdeiras, sejam elas tradicionais, pentecostais ou neopentecostais. Anterior a esse período (século XIX), não havia distinção entre arrebatamento e segunda vinda em glória. O maior exemplo dessa posição é a Igreja primitiva.

      Ao ler as cartas de Paulo, Pedro e João fica explícito que eles, como toda a Igreja primitiva, esperavam a volta do Senhor já em seus dias, vivendo em pleno processo tribulacional. Essa vinda não seria para “evitar” que a Igreja entrasse num processo de tribulação e sim para tirá-los da tribulação em que a Igreja vivia (II Tessalonicenses 1:7-10).

      Eles relacionavam essa tribulação e a perseguição desencadeada pelo Império Romano à grande tribulação profetizada por Jesus e o imperador perseguidor ao anticristo. A Igreja primitiva não esperava um arrebatamento anterior à tribulação (até pelo fato de viverem em constante perseguição e tribulação). Eles esperavam a vinda poderosa de Cristo, para arrebatá-los, derrotar o anticristo (para eles o imperador romano) e instaurar o reino milenar. Diante disso, podemos assegurar que a igreja primitiva não era pré-tribulacionista!

      2. A revelação escatológica neotestamentária, principalmente o Apocalipse, é dirigida à Igreja. É claro que o povo judeu terá uma participação decisiva nos últimos acontecimentos, porém a presença da Igreja nesse contexto, inclusive o tribulacional, é inegável à luz da Palavra. Por exemplo: Em Mateus 24:22, Jesus disse que se os dias da grande tribulação não fossem abreviados, ninguém se salvaria (no aspecto físico, para permitir a existência de sobreviventes e o cumprimento da promessa de transformação dos que estiverem vivos e não a nível espiritual, pois a nossa salvação independe dos danos físicos causados num processo tribulacional).

      Eles serão abreviados por causa dos escolhidos. Os pré-tribulacionistas tendem a relacionar esses escolhidos ao povo judeu. No entanto, oito versículos depois, Jesus continua a narrativa dizendo que os escolhidos serão ajuntados desde os quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus (Mateus 24:30-31). Essa é uma descrição do arrebatamento, que, de acordo com próprio Mestre, acontecerá ao mesmo tempo da sua segunda vinda em glória. Note que os escolhidos serão ajuntados (arrebatados). Portanto quando Jesus menciona no versículo 22 a palavra “escolhidos”, não está referindo-se a Israel como nação e sim à Igreja, pois esses mesmos escolhidos são arrebatados no versículo 31, sendo o arrebatamento uma promessa específica para a Igreja e não para Israel.

      Em Daniel e também no Apocalipse, fica claro que o anticristo fará guerra contra os santos e matará a muitos, principalmente após a instauração a nível mundial da marca da besta (sistema de controle político-financeiro). Outra vez, não devemos confundir esse ataque aos santos, com o povo de Israel, pois Israel só será atacado frontalmente pelo anticristo no final da tribulação, quando reunir os exércitos da terra contra a terra santa no Armagedom. Inclusive, a Bíblia afirma em Apocalipse 20:4-6 que os cristãos martirizados (assassinados pelo anticristo) por não aceitarem a nova ordem mundial (a marca da besta), ressuscitarão na primeira ressurreição, excluindo categoricamente uma ressurreição em massa antes da tribulação, como é defendida pelos pré-tribulacionistas.

      3. Não existe nenhuma passagem bíblica que determine claramente a segunda vinda de Jesus dividida em duas etapas: uma oculta, para arrebatar a Igreja, e a outra no final da tribulação, para derrotar o anticristo e instaurar o reino milenar. O pré-tribulacionismo chega a essas conclusões por meio de uma série de deduções indiretas e suposições. Uma análise direta e desprovida de todo tipo de preconceito vai deixar claro, para qualquer pessoa interessada na verdade escatológica, que o arrebatamento da Igreja acontecerá ao mesmo tempo da volta de Jesus com poder e grande glória.

      4. O amor de Cristo pela Igreja não a torna isenta de viver tribulações. Se assim fosse, então nossos irmãos primitivos, que foram perseguidos, torturados e martirizados, entre os quais líderes do porte de Pedro, Paulo, João, Tiago, Estevão, Policarpo e tantos outros, não estariam debaixo do amor de Cristo! O próprio Mestre disse: “o servo não é maior que o seu senhor”. Se Jesus foi perseguido pelo sistema político e religioso da época, e sofreu dores em seu próprio corpo, por que nós estaríamos isentos? A Igreja atual está mais preocupada em não passar pela tribulação para manter a sua integridade física e social ou em anunciar o evangelho e não negar o nome de Jesus, mesmo que isso signifique dano físico ou morte em meio à mais ferrenha perseguição e tribulação?

      5. Cremos que a visão pós-tribulacionista deve ser levada em consideração e aplicada ao processo de fortalecimento espiritual do cristão nesses últimos dias. Pelo simples fato de preparar-se diariamente, tanto no aspecto psicológico quanto espiritual, para viver um período de perseguição e tribulação nunca visto anteriormente, o pós-tribulacionista, se for coerente com aquilo que crê, deve preparar-se como um guerreiro para o que der e vier. Está preparado até mesmo para ser arrebatado antes da tribulação, se a hipótese pré-tribulacionista estiver certa. O contrário, porém, não pode ser verificado entre os pré-tribulacionistas. Quantos cristãos nos dias atuais estão preparados para morrer pelo evangelho? Quantos cristãos estão preparados espiritualmente para serem perseguidos de forma implacável pelo sistema político e religioso? Quantos abririam mão, da noite para o dia, de tudo o que construíram neste mundo?

      Os líderes estão ministrando às igrejas essa preparação espiritual de guerra ou estão estimulando os liderados a viverem de acordo com estereótipos de sucesso seculares, esperando que as coisas “melhorem” através de soluções humanas? Os cristãos modernos estão buscando a implantação do reino de Deus ou estão indo atrás das coisas que o próprio Jesus disse seriam acrescentadas automaticamente a quem buscasse primeiro o reino? Nisso radica o verdadeiro perigo.

      Acreditamos que muitos só acordarão para a realidade tribulacional quando for muito tarde (pelo simples fato de não ter acontecido o arrebatamento anterior a tribulação, como é esperado pela maioria). Para essas pessoas, devido à falta de preparação e ao seu grau de comprometimento com a vida secular e os seus padrões de sucesso, será extremamente difícil optar pela exclusão e perseguição. Em vez disso escolherão o bem-estar social proposto pela besta através da marca. Alguns estão tão envolvidos com o processo político e social, que simplesmente não perceberão o surgimento do anticristo e a aplicação de seu plano a nível mundial…

      Aqui vale ressaltar que o anticristo, um enganador, não surgirá como um vilão e sim como um herói e líder carismático, levando-o a ser apoiado em seus planos aparentemente infalíveis, pacificadores e humanitários, até mesmo por lideranças que se dizem “cristãs”, pois o mesmo terá um enorme poder de convencimento e sedução. Outros, apesar de terem acreditado na posição pré-tribulacionista, entenderão já estar vivendo a realidade tribulacional, e terão reservas espirituais (azeite) para enfrentar esses momentos difíceis, o que se encaixa perfeitamente na parábola das dez virgens, onde todas cochilam e dormem, por causa da demora do noivo, e em determinado momento “despertam para a realidade”. Somente a metade tinha combustível necessário para que as suas lâmpadas brilhassem em meio à escuridão (tribulação). A perseguição sobre a Igreja será implacável, e devido a isso muitos desfalecerão ou até mesmo renunciarão ao nome de Cristo, só para manterem sua integridade física e social. Será um momento de prova final, onde saberemos quem verdadeiramente tem compromisso com Deus e quem está na Igreja hoje interessado somente no que Deus pode dar em troca. Jesus deixou uma pergunta emblemática antes de partir:

      Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?

      • nei rodrigues said, on 16/02/2011 at 16:03

        quando JESUSfoi perguntado de que sinais haveria para o fim ele falou sabemos desinir os sinais do tempo quando vai chover ou nao mas naosabeis desinir avinda do filho d. que estejamos firmes na rocha que e o SENHOR JESUS para que quando ele vinher nao nos ache dormindo. uma coisa e serta a derota de satanas ele nao tem mas poder sobre as nosas vidas que DEUS nos a bensoe

      • Daniel Nogueirol said, on 10/08/2011 at 18:07

        Faltou apenas esclarecer uma coisa, e a mais importante delas: Que quem vai voltar em glória não é Jesus, haja vista que este surgiu após o século XIV e que em hebraico não existe a letra ‘J’.

        Está escrito que “Toda a autoridade foi dada ao NOME de Yeshua”, e Ele disse que “Eu vim em nome de meu Pai, que está nos Céus e vocês não me ouvem, mas se vier um outro, em nome dele mesmo, o ouvirão”.

        Esta é a cegueira da 7ª Igreja do Apocalipse, pois se busca a Yeshua chamando por outro nome…

        Lembrem-se do que Yeshua disse: “Nem todo aquele que disser ‘Senhor, Senhor’ será salvo. Então lhe dirão: Mas em Teu Nome expelimos demônios, realizamos milagres, curamos enfermos. E Ele lhes dirá: Apartai-vos de mim, pois nunca vos conheci”.

        É lógico que não conheceu, eles clamavam por um outro nome…

        Espalhem isto, pois este é o Evangelho, estas são as boas-novas, que Yeshua é Elohim que se fez carne e morreu para que você seja salvo! E quem TÃO SOMENTE confessar isto com os lábios e crer em seu coração será salvo…

  24. nei rodrigues said, on 16/02/2011 at 10:54

    medes cupem ofinal do testo asima e lusifer usara os nosos proprios sentimentos contra nos mesmo

  25. Mateus said, on 02/03/2011 at 21:15

    Prezados ,

    em Efésios,

    está a nossa Salvação!!!

    9 E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças, sabendo também que o SENHOR deles e vosso está no céu, e que para com ele não há acepção de pessoas.
    10 No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
    11 Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
    12 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
    13 Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.
    14 Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;
    15 E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
    16 Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
    17 Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
    18 Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos.

  26. Mateus said, on 02/03/2011 at 21:29

    Prezados , equeci de colocar o capítolo,

    Efésios capíto 6,

    que a PAZ DE DEUS esteja com TODOS!!!

  27. melissa said, on 10/03/2011 at 20:29

    Eu já havia pensado em coisa parecida.

    Várias vezes pensei que nossos e-maisl e sites da internet não são tão pessoais assim? (secretos)
    A internet é uma fonte inesgotável de informações sobre nós!
    Se eles podem fazer terremotos e maremotos? Porque não podem pegar nossas informações a hora que quiserem? Pensamos nós que são só nossas!

    Um site pode reconhecer nossas senhas que naturalmente são levadas para um satélite! Se não ficassem armazenadas, eles não as-reconheceriam, não acham?

    • juizofinal said, on 10/03/2011 at 23:33

      Isto já existe, o nome do projeto é ECHELON. Pesquise sobre ele.

  28. Jose Alves said, on 01/04/2011 at 18:45

    DALAI LAMA O ANTICRISTO
    Sabemos que o anticristo será um líder político e o falso profeta um líder religioso. No período de 03a09/12/2009 houve a conferência das religiões em Melbourne (Austrália) onde reuniram vários lideres mundiais no qual Dalai Lama deu encerramento dizendo que todas as religiões levam a mensagem do amor. Segundo o livro de Daniel cap.9.26 o anticristo sairá do império romano e será um príncipe. Dalai Lama tem este perfil ele é descendente de Átila rei dos hunos. Átila dominou parte de Roma no ano 450 d.C.
    Está conferência que houve foi à preparação para a manifestação do anticristo, mas ele só manifestará no tempo oportuno. Dalai Lama neste momento é o único que tem o perfil do anticristo. Pois o verdadeiro nome dele é Jetsun e ao unir o nome ao titulo temos o valor 666 conforme a gematria do alfabeto Inglês e Hebraico.
    O processo para calcular é o seguinte, soma se o nome e atribui o valor 1 ao titulo.
    J E T S U N = 10 5 200 100 300 50
    DALAI LAMA = 1
    Conforme o livro de Daniel cap.11 ver. 37 o anticristo não será casado. Conclui-se então que o príncipe William e Obama não é o anticristo.

    ONU RELIGIOSA, A 2ª BESTA DO APOCALIPSE.
    A manifestação do anticristo está iminente, mas ele subirá ao poder com a ajuda da 2ª besta que também está emergindo da terra (Israel). Os Rabinos Yona Metzger e Shlomo Moshe Amar de Israel acreditam que a comunidade internacional deveria criar uma instituição ecumênica, nos moldes da ONU ou dentro da ONU, para acabar com as tensões entre as religiões e com isso por um fim a todos os que dizem matar em nome de Deus. Os dois chifres da besta são os que estão promovendo a criação da “ONU” 2ªbesta. O falso profeta e um dos dois, ou pode ser outro que está ainda por vir. O arrebatamento está próximo. Maranata!

  29. erika said, on 11/04/2011 at 12:55

    Adorei!!
    Gosto muito desses assuntos, e a matéria é bem esclarecedora…

  30. Roderix said, on 23/04/2011 at 19:05

    Entretanto, isto não é nada, mas nada mesmo, diante do poder divino representado e manifestado pelo sol, que a qualquer momento pode transformar toda esta parafernália em um monte de entulho imprestável. Aho

  31. guto said, on 26/04/2011 at 17:42

    tá é todo mundo fud*** e não, é de hoje não……….

  32. guto said, on 26/04/2011 at 17:47

    pesquisem o nome do carro de obama!!!

  33. eduardo said, on 27/04/2011 at 23:35

    Que Deus tenha misericórdia deste povo que ficará após a nossa ida para Ele

    • juizofinal said, on 28/04/2011 at 01:01

      É meu irmão, se você pensa que seremos arrebatados antes da tribulação, é melhor você rever suas convicções.

      • locio said, on 30/01/2012 at 20:50

        Com certeza, eduardo você está completamente enganado, estude mais as Escrituras rapaz.

  34. invocarei said, on 06/05/2011 at 14:49

    se andarmos e vivermos NO ESPÍRITO, não seremos manipulados, pois a manipulação será na mente, mas no espírito, o maligno não nos toca. Quando invocamos o nome do Senhor estamos no espírito, pois ” ninguém pode dizer: Senhor Jesus! senão pelo espírito ” Corintios 12

  35. Dan said, on 29/05/2011 at 23:36

    É incrível como quem pensa estar descobrindo a verdade, muitas vezes está sendo enganado. Imagens no céu criadas por hologramas e abdução alienigena, na verdade são teorias feitas para enganar, para desviar a verdade.

  36. MATÉRIA PÚBLICA said, on 23/06/2011 at 12:29

    [...] Projeto Blue Beam [...]

  37. PROJETO BLUE BEAM Portal Cwb said, on 23/06/2011 at 12:37

    [...] BLUE BEAM admin | 23 junho 2011 Comente O Projeto Blue Beam está "bombando". Casas, prédios e árvores surgem, holograficamente, sobre rio chinês. Mais [...]

  38. MATÉRIA PÚBLICA said, on 25/06/2011 at 16:47

    [...] Projeto Blue Beam [...]

  39. Dimme Sheldon said, on 25/07/2011 at 12:06

    Jesus está voltando! É só o que interessa. O que vai acontecer aqui na terra durante a nossa ceia com Jesus no céu, é problema pra de quem vai ficar!!!
    Glória a Deus!!! Volta logo Jesus!!!

    • juizofinal said, on 25/07/2011 at 23:41

      Então comece a se preocupar, pois no que você acredita, sobre a pré-tribulação, é a maior farsa que existe dentro da igreja. A igreja passará sim pela grande tribulação, é melhor você se informar e não ficar acomodado recebendo informações erradas, pesquise.

  40. Rodrigo said, on 26/07/2011 at 23:36

    Existe uma escapatoria sim, ter fé em DEUS.

  41. Derpsherps said, on 30/07/2011 at 11:18

    Deus não existe, acordem. Se ele deixou centenas de bilhões de pessoas morrerem durante as guerras que nosso planeta presenciou, causadas pelo próprio homem. Não será agora que esse ser de origem cultural dará algum foda para a raça humana. Parem de se enganar, a verdade é triste e cruel: estamos à deriva na Via Láctea, a o culpado disse é seu semelhante, o mesmo que matou no passado bilhões e que hoje faz o mesmo e continuará a fazer, pois não existe saída. Parem de ilusões utópicas e aceitem a morte, vocês só serão mais alguns, outros vão pisar nesse planetinha e morrer do mesmo modo enquanto buscam a salvação inexistente vinda dos céus.

    • juizofinal said, on 30/07/2011 at 22:08

      Deus deu inteligência ao homem, mas o mesmo gosta de ser um imbecil. Deus criou o homem, não criou um robô, tudo que está acontecendo neste mundo a responsabilidade é do próprio homem.

    • Colaboradores da Cruz de Cristo said, on 20/08/2011 at 01:51

      Que o Senhor tenha misericórdia e lhe conseda a fé.

      Deus existe; Tudo o que está acontecendo é por sua permissão.
      Quando Deus criou o homem, este era somente uma criação, mas o projeto de Deus era de ser pai ABA de uma grande família; ou seja, nada fugiu do seu plano.
      Muitos se interrogam: Então porque deus permitiu que o homem pecasse? E a resposta é justamente o que escrevi acima.
      Porque Adão pecou a iniquidade (pecado que separa o homem de Deus ou pecado original) passou para todos os homens; podemos então pensar: Que Deus injusto! O que é que eu tenho com o pecado de Adão?!!! Se ele pecou problema dele. Deus é tão injusto que passou a condenação de Adão a toda sua geração, por um ato que só ele cometeu!
      Mas ele não é não. Ele é maravilhoso.
      Pois assim como sem lhe perguntar Adão pecou e o pecado passou à toda a humanidade, Deus enviou o seu Filho paque por um só ato de Justiça, a Justificação passasse para todos os homens; e de Graça.

      Creia. Reconheça que nós somos carentes de Salvação, pois nascemos da serpente.
      Cristo já consumou tudo lá na Cruz.
      Creia que você morreu e ressucitou com Cristo.

      Em Romanos 6: 6 voçê poderá encontrar o seu atestado de óbito.
      Graça e paz a todos.

  42. Henrique said, on 07/08/2011 at 17:14

    A tecnologia usa sinal de rádio UHF e não pode ser detectada, por favor!

  43. Edgar Martins said, on 14/08/2011 at 13:55

    Sinal UHF pode ser captado por vc, por um transmissor sim ,mas e por vc pode,então qual é sua dúvida?
    tenha certeza de uma coisa Cristo vem e é preciso servi-lo pra ser filho, então aguarde e verá amigo.

  44. JR said, on 22/08/2011 at 14:31

    Hoje, 22/08/2011, estou navegando na internet sem censura. Se fosse verdade a internet não seria disponibilizada ao publico até hoje.

    • juizofinal said, on 23/08/2011 at 01:09

      Aproveita enquanto pode, leia o que a França, Inglaterra e EUA estão querendo fazer.

  45. Ricky Pextii said, on 30/08/2011 at 10:47

    Se Informe !

  46. MATÉRIA PÚBLICA said, on 02/09/2011 at 22:08

    [...] juizofinal Share this:PrintEmailLike this:LikeBe the first to like this post. Esta entrada foi publicada em [...]

  47. Jose Alves said, on 25/10/2011 at 17:46

    MANIFESTAÇÃO DO ANTICRISTO.

    DALAI LAMA O ANTICRISTO
    Sabemos que o anticristo será um líder político e o falso profeta um líder religioso. Segundo o livro de Daniel cap.9.26 o anticristo sairá do império romano e será um príncipe. Dalai Lama tem estas características ele é descendente de Átila rei dos hunos. Intitulado (o flagelo de Deus) Átila dominou parte de Roma no ano 450 d.C. Mas ele só manifestará no tempo oportuno. Neste momento ele é o único que tem o perfil do anticristo. Pois o verdadeiro nome dele é Jetsun e ao unir o nome ao titulo temos o valor 666 conforme a gematria do alfabeto Inglês e Hebraico.
    O processo para calcular é o seguinte, soma se o nome e atribui o valor 1 ao titulo.

    J ETSUN = 10, 5,200,100,300,50 DALAI LAMA = 1

    ONU RELIGIOSA, A 2ª BESTA DO APOCALIPSE.
    A manifestação do anticristo está iminente, mas ele subirá ao poder com a ajuda da 2ª besta que também está emergindo da terra (Israel). Os Rabinos Yona Metzger e Shlomo Moshe Amar de Israel acreditam que a comunidade internacional deveria criar uma instituição ecumênica, nos moldes da ONU ou dentro da ONU, para acabar com as tensões entre as religiões e com isso por um fim a todos os que dizem matar em nome de Deus. Os dois chifres da besta são os que estão promovendo a criação da “ONU RELIGIOSA” 2ªbesta. O falso profeta e um dos dois, ou pode ser outro que está ainda por vir. O arrebatamento está próximo. Maranata!

  48. Gustavo said, on 09/11/2011 at 16:11

    bem, se tudo isso for mesmo acontecer creio que eles o faram rápido, pois a internet está cheia de informações como esta.
    não acho que se eles querem realmente fazer algo assim, vão esperar até todos terem a informação…
    alias se for realmente verdade, como uma nota dessa, de tal esclarecimento sobre o assunto, pode estar contida em um blog, dando seu trajeto passo a passo?

    • juizofinal said, on 09/11/2011 at 19:01

      Uma das maneiras como a elite global manipula a população é justamente divulgar parte dos planos, como no jogo de carta INWO, onde foi criado em 1990, onde neste jogo relata o atentado de 11/09, pentágono, desastre ambiental petróleo, Tsunami no Japão entre outras tragédias. O Tsunami no Japão na carta acerta até a data que aconteceu.

      Quando as pessoas olham para este jogo, não dão importância, o nome do jogo de RPG é INWO ILLUMINATI.

  49. Gustavo said, on 09/11/2011 at 20:38

    faz muito sentido…
    agora mudando de assunto (ou dentro do mesmo), alguém já viu o site do http://illuminati.org?
    eu estava pesquisando sobre esse mesmo assunto dito no blog quando deparei-me com esse site, a questão é que o site mostra a penas uma página em preto, então fiquei curioso e comecei a arrastar o mouse para frente e para trás, quando no canto esquerdo do monitor me aparece uma Data/Hora regressiva, então pesquisei sobre a tal data e hora mas sem sucesso, apenas contatei que o site se encontra no ar desde 1995 e, que a tal da contagem regressiva termina em 7 de dezembro de 2011, se alguém saber mais alguma coisa à respeito, divida-o conosco por favor, qualquer um pode entrar no site e constatar a tal data/hora.

    http://illuminati.org

    ao entrar no site simplesmente pressione Ctrl+A, então poderá ver a tal data/hora.

    • lu said, on 10/12/2011 at 16:14

      gustavo…… 10/12/2011 e Graças a Deus é clarooooo e não a ninguem mais.. NADA ACONTECEU…

      Isso prova que quem tem poder sobre este universo inteiro manda nele e não seres mortais como nós.

      :)

      • Blog Juízo Final said, on 10/12/2011 at 18:37

        Em relação a este site citado, o que aconteceu no dia 07/12/11, foi o desligamento do Grande Colisor de Hádrons (LHC), onde os físicos enstão tentando encontrar o bóson de Higgs, também conhecido como “partícula de Deus”(que representara apenas 4% de todo o Universo), da qual somos feitos e da qual é feito o mundo que nos cerca, ou seja, se atribui a ela a capacidade de dar massa a toda a matéria.

        Os cientistas disseram que encontrariam esta partícula até o início do mês de Dezembro, mas isto não ocorreu, ficando para 2012.

        Esta era a grande descoberta que os cientistas queriam divulgar e o prazo para o ano de 2011 se findou em 07/12/11.

    • Gustavo said, on 14/12/2011 at 15:02

      pelo que vi, esse site nada mais erá que um trote, vendo que se mudar a data do seu computador para 1° de janeiro o relógio retorna a contagem anual, realmente parece que tudo não passou de um trote (ou não).

      mas como está escrito na bíblia: a verdade vos libertará, é sempre bom estar a tento, para não ser pego de surpresa.

  50. Barbara said, on 29/11/2011 at 18:48

    Durante minha vida inteira nunca li tanta bobagem. São pessoas como você que ignoram a graça de Deus e jogam por água abaixo tudo o que Ele busca nos ensinar. Sugiro que leia a bíblia ao invés de procurar falcatruas pela internet.

    abrs

    • Blog Juízo Final said, on 29/11/2011 at 19:33

      Nunca li também tanta bobagem de uma pessoa ignorante, que por ser analfabeta funcional, não entende o que lê. Em momento algum o artigo quer substituir o que Deus nos ensinou. Se você lesse a Bíblia como sugere, talvez não estaria passando por este ridículo agora, até porque Jesus Cristo em Mateus 24, nos disse para ficarmos atentos aos sinais.

      Sinceramente.

  51. augusto cesar said, on 01/01/2012 at 18:48

    FICO ESTARRECIDO COM TUDO ISSO POIS NOS FAZ LEMBRAR FILMES DE FICÇÃO CIENTIFICA NO ENTANTO SABEMOS QUE
    PODER DO MAL USARÁ DE TODAS AS FORMAS P/ DESVIAR O MAXIMO DE PESSOAS. PAZ!!FELIZ ANO NOVO

  52. eduardo said, on 06/01/2012 at 12:49

    Não precisa ler tudo isso para saber que estamos nos finais dos tempos queria saber o que as nossas autoridades que ficam com o rabo em seus gabinetes em brasília e de braço cruzado pensam ao ver os Estados Unidos governar o mundo querendo mudar o clima de qualquer parte quando quizer.

  53. luiz said, on 06/01/2012 at 12:53

    No futuro haverá só catrastofe para diminuir a quantidade de habitante na terra, e acabar com a super população, quem está no controle é o Estados Unidos, enquanto o BRASIL serve de FANTOCHE com a DILMA SAPATÃO fingindo que está tudo bem.

  54. Franklin said, on 18/01/2012 at 09:33

    Gente, tentem entrar no site http://www.bluebeamproject.com, a principio eu tentei encontrar um suposto site secreto.Quando digitei esse endereço no computador ele informou que era de risco.Me digam oque ocorre aí!

  55. Franklin said, on 18/01/2012 at 09:35

    Eu só quero saber se o pc de voces bloqueia o acesso…Valew!

    • gustavo said, on 14/07/2012 at 17:11

      aqui não bloqueou e, é um site bem estranho por sinal!

  56. adriano said, on 27/01/2012 at 14:22

    muito bom! ótimo blog d+!!!!!!

  57. locio said, on 30/01/2012 at 20:57

    Blog Juízo Final, meus comentários foram deletados, porém, acredito que você sabe a verdade sobre os Protocolos dos Sábios de Sião, entendo suas precauções, afinal, a censura aqui na internet é tirana.

    • Blog Juízo Final said, on 31/01/2012 at 11:57

      Quais comentários? Peço que os refaçam.

      • Samuel Sardinha said, on 01/02/2012 at 00:21

        Tbm removeu o meu comentario. perdi meu tempo dando minha opinião pra apagarem sem o menor respeito.

      • Blog Juízo Final said, on 01/02/2012 at 02:40

        Esse eu apaguei, no dia que você se comportar com decência e respeito, neste dia, publico um comentário seu. Você não precisa ofender ninguém pra expressar a sua opinião.

  58. Tiago said, on 01/02/2012 at 08:58

    Parabéns meu amigo pelo Blog que, além de gerar reações e opiniões adversas variadas, está a quase 2 anos na discussão do mesmo assunto, demonstrando o quanto mexe com a crença de todos

    Meus parabéns.

    • Blog Juízo Final said, on 01/02/2012 at 11:39

      Obrigado amigo, apesar de ter dois anos, mas nunca foi tão atual, visto os acontecimentos que estamos presenciando e o que ainda vamos presenciar.

  59. Wilson Ananias Junior Ananias said, on 06/02/2012 at 21:47

    Creio que devemos sim ttomar conhecimento de todas as coisas eh confronta-las com a palavra de Deus . Pois como diz a palavra de Deus . “Conhecereis a verdade eh a verdade vos libertara”.

  60. Letícia Croft said, on 19/02/2012 at 21:37

    Eu estava gostando desse texto até eu ler isso:
    “os ensinamentos científicos e arqueológicos tem indicado que os mistérios arcanos tenham sido enterrados. Por estes tipos de terremotos será possível para os cientistas redescobrirem estes mistérios arcanos que serão utilizados para desacreditar todas as doutrinas fundamentais religiosas.”

    Primeiro: todas as descobertas científicas e arqueológicas foi feito pelo homem e por estudos. Certo ?
    A bíblia é um livro de 2000 anos atrás, sendo que existe provas que o mundo é muito mais antigo do que a bíblia diz ( aprendi isso na escola ainda ).
    Segundo: desde muito tempo, o ser humano já acreditava e estudava coisas que na bíblia não ensina.
    Não é um projeto besta desse que vai ” derrubar” as religiões.
    Pois não tem como tirar a fé de uma população billhonária que somos. Os ” iluminattis” desde 1889 não conseguiram derrubar nem o vaticano, quanto mais o mundo todo !

    Ok ok, eu sei toda essa parafernalha de nova ordem mundial, controle mental, e etc, eu sei de tudo isso.
    Mas não creio que a tecnologia tire a religião e os costumes do ser humano.

    Bom é o que eu acho.

    • Blog Juízo Final said, on 19/02/2012 at 22:16

      É o que eles tentam desde o princípio, através da queda de satanás. Quando ao vaticano, não tem como derrubar algo que já faz parte deles.

  61. Rapaz said, on 20/02/2012 at 17:24

    Karamba!!!
    E você caro amigo leia mais a Bíblia, o arrebatamento é bíblico, não é segunda vinda de cristo visivel, e sim uma vinda secreta. Entendeu, não quero discutir isso com você, mas leia mais!!!!!!!parabéns!!!!

    • Blog Juízo Final said, on 20/02/2012 at 19:23

      Meu Deus, quanta ignorância do teu povo. Meu amigo, não precisa discutir, até porque não tem como argumentar com quem está errado. É perda de tempo, se você lesse realmente a Bíblia como sugere para as outras pessoas, veria que isto é uma farsa, não existirá uma vinda secreta de Jesus Cristo, isto, foi criado para enganar pessoas iguais a você, que estão esperando o arrebatamento pré-tribulacional. Na Bíblia é bem claro que o arrbatamento é pós-tribulacional e volta de Jesus Cristo será somente uma vez.

      Leia novamente Mateus 24 e peça entendimento a Deus sobre o que foi escrito. Se você quiser debater sobre o arrebatamento, estarei aqui disponível para te esclarecer e te tirar do engodo que você se encontra.

      • Elias Filho said, on 22/02/2012 at 14:54

        Olha me desculpe mas citar Mt 24 para defender arrebatamento pós-tribulacional é um equívoco sem tamanho e de uma ignorância maior ainda…Jesus quando falou aos discípulos sobre esses acontecimentos Ele falava sim da Grande Tribulação que haveria de acontecer aos judeus por terem rejeitado a Ele, ao Pai e ao Espírito Santo e aos povos incrédulos de todas as nações…veja que no verso 22 diz “…mas por causa dos “ESCOLHIDOS” esses dias serão abreviados. Digno de nota:
        Escolhidos – Povo Judeu
        Eleitos – Igreja
        Em momento algum se fala da Igreja pois ela surgiu somente em Atos dos apóstolos cap 2.
        “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra. Apocalipse 3:10″.
        Note que aqui fala “DA HORA” e não “NA HORA”, ou seja será retirada antes! É uma promessa de Cristo a sua noiva.
        Em 1Ts 4 diz que o Senhor descerá sozinho até as nuvens com e que nós encontraremos com o Senhor nos ares… e em 1Ts 5:9 diz que “Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação…”

        O Problema é que confundem promessas feitas a Israel e a Igreja…erram por não conhecerem as escrituras e nem o poder de Deus.
        Só respondi a esse comentário porque chegou em meu e-mail, e como você chamou a quem acredita em arrebatamento pré-tribulacional de ignorante, ou seja sem conhecimento, então tive que lhe responder e dizer que eu não sou ignorante e nem preciso tirar engodo nenhum como você disse ao anônimo acima, mas independente da diferença de pensamento eu acho interessante o blog e acredito que os Illuminates estejam preparando o campo para o anti-cristo.

      • Blog Juízo Final said, on 22/02/2012 at 14:58

        Meu amigo ignorância é a sua de não ter conhecimento de hermenêutica. Você acreditar, por falta de conhecimento, que existe arrebatamento pré-tribulacional é uma coisa, agora dizer que esta é a verdade, me desculpe. Estude mais a Bíblia. Se você quiser posso te informar melhor.

        No que você acredita deu-se início em 1830, uma menina recebeu um “REVELAMENTO” desde então muitos estão sendo enganados. Entenda que tudo o que irá acontecer, Deus já revelou em sua Palavra.

        O pré-tribulacionismo é a maior mentira que satanás inventou para enganar a igreja.

        Graças a Deus que os olhos de muitos estão sendo abertos, quando Jesus disse “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, ele estava dizendo também para igreja. Esta teoria do pré-tribulacionismo é um dos maiores e engoldos criado por satanás para enganar a igreja, muitos terão sua fé abalada, por acreditarem que não passarão pela tribulação, mas o que a Palavra ensina é o contrário, a igreja passará sim pela tribulação, como Jesus deixou bem claro em Mateus 24.

        Quando Tudo Começou – Pré-tribulacionismo

        O ensino sobre a vinda secreta de Jesus antes da tribulação e do aparecimento do Anticristo tem sido crido e amplamente disseminado na Igreja contemporânea sem nenhum questionamento ou investigação. Poucos sabem que esta doutrina não reflete a crença dos Pais da Igreja, ou sequer foi ensinada pelos reformadores. Surpreendentemente, por mais de 1800 anos, ninguém havia ensinado ou ouvido falar em um arrebatamento pré-tribulacionista.

        Comumente, associa-se a origem do pré-tribulacionismo a John Nelson Darby (1800-1882), teólogo inglês do século XIX e líder do grupo reformista Os Irmãos de Plymouth. Os biógrafos de Darby o chamam de “o pai do dispensacionalismo moderno”. Darby, sem dúvida, foi o principal porta-voz desta alternativa escatológica que divide a volta de Cristo em duas etapas. Nem todos os de seu tempo, porém, aceitaram esta teologia. Entre os contemporâneos de Darby que rejeitaram o pré-tribulacionismo estão Jorge Müller, William Booth (fundador do Exército da Salvação), Carlos Spurgeon e um teólogo chamado Samuel Prideaux Tregelles. Tregelles foi um teólogo do século XIX e integrante dos Irmãos, o mesmo grupo a que Darby pertencia.

        Em 1864, em seu livro The Hope of Christ’s Second Coming (A Esperança da Segunda Vinda de Cristo), Tregelles refutou abertamente a nova doutrina como sendo antibíblica.1 Ele atribuiu o surgimento do pré-tribulacionismo, não a Darby, mas a uma falsa profecia proclamada por um dos membros da Igreja Católica Apostólica – grupo liderado pelo eloquente pregador escocês Edward Irving (1792 – 1834). A profetisa em questão era uma jovem de 15 anos chamada Margaret MacDonald (1815 – 1840).

        Na primavera de 1830, na cidade escocesa de Port Glasgow, Margaret recebeu uma profecia em que um grupo seleto de cristãos era arrebatado durante uma vinda secreta de Cristo. A profecia foi preservada na íntegra em uma obra entitulada Memoirs (Memórias), escrita por uma testemunha ocular dos acontecimentos, o médico e pastor escocês Robert Nolton. Na obra, Nolton atesta que essa menina de 15 anos chamada Margaret foi a primeira pessoa a dividir a vinda de Cristo em duas etapas. Edward Irving também pregou a doutrina de um retorno secreto de Cristo. É incerto qual a relação entre a teologia de John N. Darby, a profecia de Margaret MacDonald e os ensinos de Edward Irwing. O que se pode dizer é que estes três personagens entraram para a História da Igreja como os difusores simultâneos de uma nova doutrina, totalmente desconhecida antes do século XIX.

        O que Jesus Cristo nos ensinou

        Mais do que seguir um “modelo escatológico”, cremos que é necessário voltar aos princípios, ensinamentos e crença da igreja dos primeiros séculos e opor-nos a tudo aquilo que represente uma novidade em relação a tais princípios, ensinamentos e crença.

        1. O Senhor Jesus, em seu sermão profético, relaciona somente sua vinda após a tribulação, não mencionando em nenhum momento um arrebatamento oculto anterior ao momento da vinda em glória, mas um arrebatamento que faz parte de sua gloriosa vinda, logo após a grande tribulação (Mateus 24:29-31, Marcos 13:24-27 e Lucas 21:25-27)

        2. A Bíblia não nos revela em nenhum lugar que a volta do Senhor será dividida em duas etapas: uma oculta, anterior à tribulação, e outra visível, após a tribulação. Pelo contrário, a Palavra determina apenas duas vindas: uma já concretizada há aproximadamente 2.000 anos e a outra ainda porvir (Hebreus 9:27-28)

        3. Paulo nos revela que o arrebatamento ocorrerá ante a última trombeta ou ao soar a última trombeta. O Senhor Jesus revelou que, por ocasião de sua vinda em glória, logo após a grande tribulação, haverá toque de trombeta. Portanto, nesse momento será tocada a última trombeta. Há uma estrita submissão de Paulo ao que o Senhor já havia ensinado (I Coríntios 15:52, Mateus 24:31)

        4. A promessa feita aos discípulos pouco após a ascenção de Cristo, aponta para seu regresso visível como Rei, pousando seus pés sobre o Monte das Oliveiras para derrotar o anticristo. Os discípulos, por ocasião da ascenção, estavam no Monte das Oliveiras e viram o acontecimento. Os anjos lhes revelaram que da mesma forma que Jesus tinha subido, Ele voltaria. Ou seja, de forma visível e pousando seus pés sobre o Monte das Oliveiras (Atos 1:11-12, Zacarias 14:3-4)

        5. A Igreja primitiva não tinha qualquer idéia “pré-tribulacionista”. Os cristãos primitivos esperavam a volta de Jesus já em seus dias, após cumprimento dos sinais, para livrá-los da perseguição e tribulação em que viviam, e não para evitar que eles entrassem num processo tribulacional. A idéia pré-tribulacionista surgiu no século XIX, atrelada ao dispensacionalismo (II Tessalonicenses 1:7-8)

        6. Paulo descarta toda idéia de iminência anterior à concretização dos sinais profetizados por Jesus. Ele ensinou aos tessalonicenses que a vinda de Jesus e a nossa reunião com Ele, não ocorreria antes da apostasia generalizada e da manifestação do anticristo, mantendo a mesma ordem profetizada por Jesus no sermão profético (II Tessalonicenses 2:1-3, Mateus 24:10-15)

        7. A volta de Jesus será como “um ladrão na noite” para aqueles que não a esperam e/ou não estão vigiando e atentos aos sinais (I Tessalonicenses 5:4, Apocalipse 3:3)

        8. A volta de Cristo está relacionada na Bíblia ao DIA DO SENHOR, que será um dia literal e não um período de sete anos. Jesus mencionou a profecia de Joel 2:10 para especificar os sinais que antecederiam imediatamente sua vinda gloriosa, relacionando a mesma ao DIA DO SENHOR através dos mesmos sinais: o sol e a lua escurecendo. Joel nos revela que esses mesmos sinais antecederão o DIA DO SENHOR, relacionando esse dia ao dia da volta de Jesus e não ao período tribulacional de sete anos (Mateus 24:29, Joel 2:10, Isaias 13:10, Ezequiel 32:7-10)

        9. É nítida na Bíblia a presença de servos de Deus em meio à tribulação dos últimos tempos. Não se trata de “ex-desviados”, pois os cristãos da grande tribulação guardam os mandamentos de Deus e mantêm o testemunho de Jesus, algo impossível sem a atuação do Espírito Santo. Muitos desses servos de Deus, a exemplo dos cristãos primitivos, serão martirizados e odiados “por todas as nações” (Apocalipse 12:17, Apocalipse 6:9-11, Apocalipse 14:8-13, Mateus 24:9-12, Marcos 13:20, João 17:15, Daniel 7:25-27)

        10. Desses cristãos, alguns serão protegidos de forma sobrenatural durante a tribulação, a exemplo do que ocorreu com o povo de Israel no Egito durante as pragas (Apocalipse 3:10, Apocalipse 12:14-16, Daniel 11:33-34, Mateus 24:22)

        11. O chamado para “vigiar” (o termo vigiar vem de vigília = noite) e se manter atento aos sinais e à santidade, se prolonga até o final da tribulação (Apocalipse 16:15)

        12. Jesus, em sua primeira abordagem direta sobre sua volta, relaciona diretamente o momento do arrebatamento à sua vinda gloriosa e à derrota dos exércitos do anticristo no Armagedom. Isso fica patente ao comparar Lucas 17:28-37 com Apocalipse 19:11-21 (presença de destruição, cadáveres e aves de rapina)

        13. O objetivo da tribulação não é o extermínio da raça humana nem a destruição total do planeta. Jesus compara sua vinda aos dias de Noé no que concerne ao descaso das pessoas diante das profecias e à malignidade das duas épocas em questão. Porém, os acontecimentos são diferentes: No dilúvio, o propósito era destruir todo ser vivo, exceto Noé, família e os animais na arca. Na volta de Jesus, a destruição virá sobre o sistema maligno no qual o mundo jaz e sobre aqueles que se prostram diante de tal sistema (I João 5:19, I Coríntios 15:23-25, Gênesis 6:7, Gênesis 8:21-22)

        14. Após a grande tribulação haverá sobreviventes, inclusive das nações que marcharão contra Jerusalém no Armagedom (Zacarias 14:16)

        15. Não existe base bíblica para separar a igreja da Israel espiritual. Apesar de existirem castigos e promessas específicas para a nação israelense, não se justifica presumir por isso um arrebatamento pré-tribulacional. Nós somos o Israel de Deus, filhos de Abraão, segundo a promessa (Efésios 2:14, Gálatas 3:29, Romanos 11:24:32)

        16. Não existe legitimação para “dividir” a atuação de Deus em dispensações separadas e excludentes. O que vemos na Bíblia é uma revelação progressiva do plano de Deus para a humanidade. Deus trata com todos ao mesmo tempo. Um exemplo disso é que Deus continua atuando profeticamente com Israel em plena “era dos gentios”

        17. Não existe base bíblica alguma para sustentar a volta de Jesus “a qualquer momento”. O próprio Cristo se deteve para revelar todos os grandes sinais que antecederiam sua volta. Após o cumprimento de todos os sinais profetizados pelo Mestre é que sua volta será “a qualquer momento”. Paulo também nos revela dois grandes sinais (Mateus 24:33, II Tessalonicenses 2:1-3). Não se pode usar as epístolas paulinas para sustentar a volta de Jesus “a qualquer momento”, pois elas foram escritas para diversas igrejas até 66 d.C., ano em que Paulo morreu decapitado em Roma. Naquele ano não havia se cumprido sequer o primeiro grande sinal profetizado por Jesus: a destruição de Jerusalém, que só ocorreu em 70 d.C. Paulo e nenhum dos apóstolos ensinaram um arrebatamento “sem sinais prévios”

        18. A salvação nos livra da ira de Deus. Quando falamos em “ira” relacionada à salvação espiritual, não é correto associar essa “ira” a um processo tribulacional, onde os danos sofridos pelos servos de Deus são físicos. O próprio autor do versículo em questão morreu decapitado dentro de um processo de perseguição e tribulação. A salvação que temos é espiritual e eterna, a qual nos torna isentos da ira eterna de Deus, porém não isentos de passar por tribulações (I Tessalonicenses 1:10, I Tessalonicenses 4:9)

        19. Todos os termos neotestamentários usados para referir-se à vinda de Jesus, nos dão a idéia de um evento visível, notável e não oculto: ephiphaneia (aparecimento), apokalipsys (revelação) e parousia (vinda-manifestação)

        20. A primeira ressurreição ocorrerá por ocasião da vinda de Cristo em glória, no final da tribulação. Essa “primeira” ressurreição exclui uma ressurreição em massa anterior a esse momento (Apocalipse 20:4-6)

        21. Toda a revelação escatológica de Jesus, dos apóstolos e até do Apocalipse, é direcionada à Igreja. Que objetivo haveria em revelar-nos esses pormenores e instruir-nos a estarmos atentos aos sinais, se a Igreja não estivesse inserida nesses acontecimentos?

        22. As “bodas do Cordeiro” ocorrerão após a vinda do reino de Deus. O anúncio dessas bodas é feito no final da tribulação (Apocalipse 19:7, Lucas 22:18 – Lucas 21:31)

        23. Jesus nos insta a estarmos atentos aos sinais e a não sermos enganados em meio à tribulação pelos sinais malignos dos “anticristos” e “falsos profetas” (Marcos 24:4, Mateus 24:24, Lucas 12:54-59)

        24. Jesus disse que “quem perseverar até o fim será salvo”. O “fim” de sua narrativa profética no sermão do Monte das Oliveiras é sua vinda em glória, logo após a tribulação (Mateus 24:13, Mateus 24:6)

        25. Jesus predisse que os seus servos seriam odiados “por todas as nações” e que o evangelho seria pregado em testemunho “a todas as nações”. Esses eventos ainda não aconteceram em sua plenitude e devem ocorrer durante a tribulação com a perseguição institucionalizada contra a Igreja e a diáspora decorrente dessa perseguição, produzindo um avivamento nunca antes visto e possibilitando a pregação a “todas as nações”.

        26. Se o pré-tribulacionismo estiver certo, nós, pós-tribulacionistas, estamos preparados pela fé e através do novo nascimento para o arrebatamento anterior à tribulação. Se a posição pós-tribulacionista estiver certa, estaria a Igreja preparada em todos os aspectos para enfrentar esses momentos de sofrimento físico e social extremos? Estão todos sendo ministrados para enfrentarem essa possibilidade? Estão todos sendo ensinados a vigiarem em virtude do engano generalizado que se aproxima?

        Buscamos a conscientização dos servos de Deus a respeito dos eventos que já estão profetizados e a correta postura que todos devemos ter diante da realidade em que vivemos, que já prenuncia a concretização dessas profecias.

        A seguir, daremos nossas principais bases de atuação ministerial:

        1. Nosso propósito não é impor uma idéia ou dogma, como os pré-tribulacionistas têm feito durante décadas, e sim expor uma interpretação sincera das profecias escatológicas e estimular os servos de Deus a estudarem com mais profundidade esses assuntos. Temos observado que a grande maioria dos cristãos, no tocante aos assuntos escatológicos, não tem feito aquilo que os bereanos fizeram, ao ouvir a palavra ministrada por Paulo. Muitos têm aceitado a hipótese pré-tribulacionista como verdade absoluta, por falta de interesse em estudar as profecias escatológicas, outros por falta de entendimento, ao julgar esses assuntos muito complicados, o que na realidade não é verdade.

        A maioria das igrejas protestantes tem adotado o pré-tribulacionismo como base doutrinária para entender os últimos acontecimentos. Isso se deve ao fato da maior parte dessas igrejas ter surgido a partir de começos do século dezenove, época em que começou a ser divulgado o pré-tribulacionismo por parte dos irmãos de Plymouth – EEUU (1830). Esse tipo de interpretação influenciou todas as igrejas do período, das quais as atuais são herdeiras, sejam elas tradicionais, pentecostais ou neopentecostais. Anterior a esse período (século XIX), não havia distinção entre arrebatamento e segunda vinda em glória. O maior exemplo dessa posição é a Igreja primitiva.

        Ao ler as cartas de Paulo, Pedro e João fica explícito que eles, como toda a Igreja primitiva, esperavam a volta do Senhor já em seus dias, vivendo em pleno processo tribulacional. Essa vinda não seria para “evitar” que a Igreja entrasse num processo de tribulação e sim para tirá-los da tribulação em que a Igreja vivia (II Tessalonicenses 1:7-10).

        Eles relacionavam essa tribulação e a perseguição desencadeada pelo Império Romano à grande tribulação profetizada por Jesus e o imperador perseguidor ao anticristo. A Igreja primitiva não esperava um arrebatamento anterior à tribulação (até pelo fato de viverem em constante perseguição e tribulação). Eles esperavam a vinda poderosa de Cristo, para arrebatá-los, derrotar o anticristo (para eles o imperador romano) e instaurar o reino milenar. Diante disso, podemos assegurar que a igreja primitiva não era pré-tribulacionista!

        2. A revelação escatológica neotestamentária, principalmente o Apocalipse, é dirigida à Igreja. É claro que o povo judeu terá uma participação decisiva nos últimos acontecimentos, porém a presença da Igreja nesse contexto, inclusive o tribulacional, é inegável à luz da Palavra. Por exemplo: Em Mateus 24:22, Jesus disse que se os dias da grande tribulação não fossem abreviados, ninguém se salvaria (no aspecto físico, para permitir a existência de sobreviventes e o cumprimento da promessa de transformação dos que estiverem vivos e não a nível espiritual, pois a nossa salvação independe dos danos físicos causados num processo tribulacional).

        Eles serão abreviados por causa dos escolhidos. Os pré-tribulacionistas tendem a relacionar esses escolhidos ao povo judeu. No entanto, oito versículos depois, Jesus continua a narrativa dizendo que os escolhidos serão ajuntados desde os quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus (Mateus 24:30-31). Essa é uma descrição do arrebatamento, que, de acordo com próprio Mestre, acontecerá ao mesmo tempo da sua segunda vinda em glória. Note que os escolhidos serão ajuntados (arrebatados). Portanto quando Jesus menciona no versículo 22 a palavra “escolhidos”, não está referindo-se a Israel como nação e sim à Igreja, pois esses mesmos escolhidos são arrebatados no versículo 31, sendo o arrebatamento uma promessa específica para a Igreja e não para Israel.

        Em Daniel e também no Apocalipse, fica claro que o anticristo fará guerra contra os santos e matará a muitos, principalmente após a instauração a nível mundial da marca da besta (sistema de controle político-financeiro). Outra vez, não devemos confundir esse ataque aos santos, com o povo de Israel, pois Israel só será atacado frontalmente pelo anticristo no final da tribulação, quando reunir os exércitos da terra contra a terra santa no Armagedom. Inclusive, a Bíblia afirma em Apocalipse 20:4-6 que os cristãos martirizados (assassinados pelo anticristo) por não aceitarem a nova ordem mundial (a marca da besta), ressuscitarão na primeira ressurreição, excluindo categoricamente uma ressurreição em massa antes da tribulação, como é defendida pelos pré-tribulacionistas.

        3. Não existe nenhuma passagem bíblica que determine claramente a segunda vinda de Jesus dividida em duas etapas: uma oculta, para arrebatar a Igreja, e a outra no final da tribulação, para derrotar o anticristo e instaurar o reino milenar. O pré-tribulacionismo chega a essas conclusões por meio de uma série de deduções indiretas e suposições. Uma análise direta e desprovida de todo tipo de preconceito vai deixar claro, para qualquer pessoa interessada na verdade escatológica, que o arrebatamento da Igreja acontecerá ao mesmo tempo da volta de Jesus com poder e grande glória.

        4. O amor de Cristo pela Igreja não a torna isenta de viver tribulações. Se assim fosse, então nossos irmãos primitivos, que foram perseguidos, torturados e martirizados, entre os quais líderes do porte de Pedro, Paulo, João, Tiago, Estevão, Policarpo e tantos outros, não estariam debaixo do amor de Cristo! O próprio Mestre disse: “o servo não é maior que o seu senhor”. Se Jesus foi perseguido pelo sistema político e religioso da época, e sofreu dores em seu próprio corpo, por que nós estaríamos isentos? A Igreja atual está mais preocupada em não passar pela tribulação para manter a sua integridade física e social ou em anunciar o evangelho e não negar o nome de Jesus, mesmo que isso signifique dano físico ou morte em meio à mais ferrenha perseguição e tribulação?

        5. Cremos que a visão pós-tribulacionista deve ser levada em consideração e aplicada ao processo de fortalecimento espiritual do cristão nesses últimos dias. Pelo simples fato de preparar-se diariamente, tanto no aspecto psicológico quanto espiritual, para viver um período de perseguição e tribulação nunca visto anteriormente, o pós-tribulacionista, se for coerente com aquilo que crê, deve preparar-se como um guerreiro para o que der e vier. Está preparado até mesmo para ser arrebatado antes da tribulação, se a hipótese pré-tribulacionista estiver certa. O contrário, porém, não pode ser verificado entre os pré-tribulacionistas. Quantos cristãos nos dias atuais estão preparados para morrer pelo evangelho? Quantos cristãos estão preparados espiritualmente para serem perseguidos de forma implacável pelo sistema político e religioso? Quantos abririam mão, da noite para o dia, de tudo o que construíram neste mundo?

        Os líderes estão ministrando às igrejas essa preparação espiritual de guerra ou estão estimulando os liderados a viverem de acordo com estereótipos de sucesso seculares, esperando que as coisas “melhorem” através de soluções humanas? Os cristãos modernos estão buscando a implantação do reino de Deus ou estão indo atrás das coisas que o próprio Jesus disse seriam acrescentadas automaticamente a quem buscasse primeiro o reino? Nisso radica o verdadeiro perigo.

        Acreditamos que muitos só acordarão para a realidade tribulacional quando for muito tarde (pelo simples fato de não ter acontecido o arrebatamento anterior a tribulação, como é esperado pela maioria). Para essas pessoas, devido à falta de preparação e ao seu grau de comprometimento com a vida secular e os seus padrões de sucesso, será extremamente difícil optar pela exclusão e perseguição. Em vez disso escolherão o bem-estar social proposto pela besta através da marca. Alguns estão tão envolvidos com o processo político e social, que simplesmente não perceberão o surgimento do anticristo e a aplicação de seu plano a nível mundial…

        Aqui vale ressaltar que o anticristo, um enganador, não surgirá como um vilão e sim como um herói e líder carismático, levando-o a ser apoiado em seus planos aparentemente infalíveis, pacificadores e humanitários, até mesmo por lideranças que se dizem “cristãs”, pois o mesmo terá um enorme poder de convencimento e sedução. Outros, apesar de terem acreditado na posição pré-tribulacionista, entenderão já estar vivendo a realidade tribulacional, e terão reservas espirituais (azeite) para enfrentar esses momentos difíceis, o que se encaixa perfeitamente na parábola das dez virgens, onde todas cochilam e dormem, por causa da demora do noivo, e em determinado momento “despertam para a realidade”. Somente a metade tinha combustível necessário para que as suas lâmpadas brilhassem em meio à escuridão (tribulação). A perseguição sobre a Igreja será implacável, e devido a isso muitos desfalecerão ou até mesmo renunciarão ao nome de Cristo, só para manterem sua integridade física e social. Será um momento de prova final, onde saberemos quem verdadeiramente tem compromisso com Deus e quem está na Igreja hoje interessado somente no que Deus pode dar em troca. Jesus deixou uma pergunta emblemática antes de partir:

        Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?

      • Elias Filho said, on 23/02/2012 at 13:43

        Querido acreditar que a igreja passará pela Grande Tribulação demonstra que você é extremamente equivocado e ainda se acha conhecedor de hermenêutica, interessante é que Nicodemos era perito na Lei e como fariseu se achava, porém ele precisava nascer de novo e não entendeu isso quando se deparou com o Autor da Lei e qualquer semelhança não seria mera coincidência…quero te lembrar que foi você quem chamou primeiro aqueles creem em arrebatamento “pré” de ignorante, eu só respondi a altura, se você acha que vai conseguir convencer os outros com sua grosseria demonstra o tipo de cristão equivocado que é. Me desculpe, mas não preciso de suas heresias e seu testamento acima são textos fora de contexto para puro pretexto, ou ignorância mesmo. Continue então crendo nisso que quando você (não a igreja) estiver sofrendo aqui eu (membro da igreja) vou estar ao lado do meu Senhor e Salvador Jesus Cristo
        Havia dito que mesmo discordando de alguns pontos com você eu achei interessante o blog, mas prefiro não mais seguir e muito menos comentar mais alguma coisa.
        Que Deus tenha misericórdia de você porque vai precisa heinn!!!!!

      • Blog Juízo Final said, on 23/02/2012 at 22:48

        O único ignorante aqui é você e ainda mal educado, meu amigo, vá estudar a Palavra antes de falar bobagens.

        IGNORANTE É A AQUELE QUE NÃO TEM CONHECIMENTO DE ALGO.

        MAL EDUCADO É AQUELE QUE OFENDE AS PESSOAS.

        E TEM MAIS UMA CATEGORIA DE PESSOAS, OS ANALFABETOS FUNCIONAIS.

        E neste caso, você está se comportando como um deles, um mal educado. Pobre mal educado.

        Não misture as coisas, não sou doutor da lei, mas tenho conhecimento que o Espírito Santo revela a qualquer um, basta pedir e vos será concedido.

        Sabe qual é o maior problema da igreja?

        Ela é PREGUIÇOSA!!!!!

        Se a igreja se comportasse como os bereanos, não cairia neste terrível erro de acreditar no pré-tribulacionismo, basta ler o que Jesus Cristo disse, e o que o apóstolo João disse no Apocalipse.

        A última trombeta tem que tocar para a volta de Jesus Cristo, a parousia, será somente uma vez.

        Que Deus tenha misericórdia de todos nós, pois não somos merecedores de nada.

        Mas que Deus tenha ainda mais misericórdia de pessoas iguais a você, que preferem acreditar em profetadas heréticas do que acreditar na Palavra que Ele nos revelou. E você não estará ao lado de Jesus Cristo, e sim ao lado do anticristo, pois aqueles que acreditam no pré-tribulacionismo, nesta fantasia, preferem acreditar em algo que surgiu após o ano de 1830, através de um sonho para um adolescente e não na Bíblia, infelizmente, estão procurando a condenação. A fé de muitos se esfriarão, pois caíram nesta armadilha.

        A verdade você sabe, a escolha cabe a você, nem mesmo Deus pode escolher por você.

        Não seja como a igreja preguiçosa que consta no Apocalipse, estude a Palavra, duvido que você não encontre a verdade.

        Pois palavras de ataques iguais a sua, são táticas de pessoas que não tem argumentos perante a VERDADE que se encontra na Bíblia, e não pode refutá-la.

        Se você ao menos entendesse o que leu, não escreveria tanta bobagem em relação ao que escrevi sobre o que é o correto a PÓS-TRIBULAÇÃO.

        Peça entendimento a Deus, Ele concede sem distinção. E que você se arrependa ainda quanto é tempo.

        Pare de julgar, estude mais a Bíblia e peça mais discernimento ao escrever algo e se retratar com alguém.

        “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertarás.”

  62. Rapaz said, on 23/02/2012 at 10:58

    Meu irmão em cristo abençoado de Deus, veja só:
    1 – Se Cristo disse que nem Ele sabe a hora ou dia, como podemos usar da teologia pós – tribulacional, na qual a mesma define que o acontecimento será depois dos 7 anos, é uma data então já conhecida né? pois o pré – tribulacional é iminente.
    2 – Não importa se foi alguém que começou com tal interpretação, se está escrito está!
    3 – ” Como um relâmpago ” é algo muito rápido, “num abrir e fechar de olhos” muito diferente de “todo olho verá” e ainda só pra você também rever seus conceitos “entre as nuvens” muito diferente em “pisar no monte das oliveiras”.
    4 – É como o nosso irmão elias disse:” Confundem promessas feitas a Israel e a Igreja”!
    5 – Em Ap fala do Dia da provação, ou tentação, dependendo da tradução, analise isso lá, e outros versiculos também.
    E não me venha com ordem cronologica, Grande tribulação amigo é coisa muito terrivel cara, voce está disfazendo todo o sacrificio de Jesus na cruz, muitos salmos e outros versiculos falam de proteção aos seus servos, ” Mil cairão ao teu lado dois mil a tua direita “, O significado da palavra do grego para arrebatar é puxar, rapitar, tomar, ou melhor dizendo rapito, por estas questões que ele disse, que é como um ladrão!
    Veja que voce até em dúvida fica sobre suas interpetrações!

    • Blog Juízo Final said, on 23/02/2012 at 22:44

      Não tenho dúvidas, assim como está escrito, através da revelação de Jesus Cristo, e sobre a revelação do Apocalipse, basta entendimento para saber que o arrebatamento será após a tribulação.

      O dia e a hora ninguém sabe, mas Jesus Cristo definiu bem que a sua volta, com a ressurreição dos santos seria após a última trombeta.

      É simples e direto.

      Agora esta heresia de pré-tribulação, é o maior engodo que satanás criou para enganar a igreja, visto que essa interpretação é recente, e nem a igreja primitiva seguia esta teoria herética.

      • rapaz said, on 09/03/2012 at 20:10

        ……

      • Blog Juízo Final said, on 09/03/2012 at 23:16

        Não vou colocar este seu link aqui, para não agravar ainda mais a sua situação, por pregar tal heresia.

        Vocês pré-tribulacionistas, ignoram a palavra de Deus e dão créditos a palavra de demônios. Serão muitos que adorarão o anticristo.

        Uma corrente que começou no século 17, que antes disse ninguém cogitava, porque os apóstolos não cogitaram tal corrente? Fácil a resposta, porque eles liam e tinham discernimento da Palavra.

        Mas deixou o estudo para você, se assim desejar, se libertar desta heresia.

        Você acreditar, por falta de conhecimento, que existe arrebatamento pré-tribulacional é uma coisa, agora dizer que esta é a verdade, me desculpe.

        Estude mais a Bíblia. Se você quiser posso te informar melhor.

        No que você acredita deu-se início em 1830, uma menina recebeu um “REVELAMENTO” desde então muitos estão sendo enganados. Entenda que tudo o que irá acontecer, Deus já revelou em sua Palavra.

        O pré-tribulacionismo é a maior mentira que satanás inventou para enganar a igreja.

        Graças a Deus que os olhos de muitos estão sendo abertos, quando Jesus disse “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, ele estava dizendo também para igreja. Esta teoria do pré-tribulacionismo é um dos maiores e engoldos criado por satanás para enganar a igreja, muitos terão sua fé abalada, por acreditarem que não passarão pela tribulação, mas o que a Palavra ensina é o contrário, a igreja passará sim pela tribulação, como Jesus deixou bem claro em Mateus 24.

        Quando Tudo Começou – Pré-tribulacionismo

        O ensino sobre a vinda secreta de Jesus antes da tribulação e do aparecimento do Anticristo tem sido crido e amplamente disseminado na Igreja contemporânea sem nenhum questionamento ou investigação. Poucos sabem que esta doutrina não reflete a crença dos Pais da Igreja, ou sequer foi ensinada pelos reformadores. Surpreendentemente, por mais de 1800 anos, ninguém havia ensinado ou ouvido falar em um arrebatamento pré-tribulacionista.

        Comumente, associa-se a origem do pré-tribulacionismo a John Nelson Darby (1800-1882), teólogo inglês do século XIX e líder do grupo reformista Os Irmãos de Plymouth. Os biógrafos de Darby o chamam de “o pai do dispensacionalismo moderno”. Darby, sem dúvida, foi o principal porta-voz desta alternativa escatológica que divide a volta de Cristo em duas etapas. Nem todos os de seu tempo, porém, aceitaram esta teologia. Entre os contemporâneos de Darby que rejeitaram o pré-tribulacionismo estão Jorge Müller, William Booth (fundador do Exército da Salvação), Carlos Spurgeon e um teólogo chamado Samuel Prideaux Tregelles. Tregelles foi um teólogo do século XIX e integrante dos Irmãos, o mesmo grupo a que Darby pertencia.

        Em 1864, em seu livro The Hope of Christ’s Second Coming (A Esperança da Segunda Vinda de Cristo), Tregelles refutou abertamente a nova doutrina como sendo antibíblica.1 Ele atribuiu o surgimento do pré-tribulacionismo, não a Darby, mas a uma falsa profecia proclamada por um dos membros da Igreja Católica Apostólica – grupo liderado pelo eloquente pregador escocês Edward Irving (1792 – 1834). A profetisa em questão era uma jovem de 15 anos chamada Margaret MacDonald (1815 – 1840).

        Na primavera de 1830, na cidade escocesa de Port Glasgow, Margaret recebeu uma profecia em que um grupo seleto de cristãos era arrebatado durante uma vinda secreta de Cristo. A profecia foi preservada na íntegra em uma obra entitulada Memoirs (Memórias), escrita por uma testemunha ocular dos acontecimentos, o médico e pastor escocês Robert Nolton. Na obra, Nolton atesta que essa menina de 15 anos chamada Margaret foi a primeira pessoa a dividir a vinda de Cristo em duas etapas. Edward Irving também pregou a doutrina de um retorno secreto de Cristo. É incerto qual a relação entre a teologia de John N. Darby, a profecia de Margaret MacDonald e os ensinos de Edward Irwing. O que se pode dizer é que estes três personagens entraram para a História da Igreja como os difusores simultâneos de uma nova doutrina, totalmente desconhecida antes do século XIX.

        O que Jesus Cristo nos ensinou

        Mais do que seguir um “modelo escatológico”, cremos que é necessário voltar aos princípios, ensinamentos e crença da igreja dos primeiros séculos e opor-nos a tudo aquilo que represente uma novidade em relação a tais princípios, ensinamentos e crença.

        1. O Senhor Jesus, em seu sermão profético, relaciona somente sua vinda após a tribulação, não mencionando em nenhum momento um arrebatamento oculto anterior ao momento da vinda em glória, mas um arrebatamento que faz parte de sua gloriosa vinda, logo após a grande tribulação (Mateus 24:29-31, Marcos 13:24-27 e Lucas 21:25-27)

        2. A Bíblia não nos revela em nenhum lugar que a volta do Senhor será dividida em duas etapas: uma oculta, anterior à tribulação, e outra visível, após a tribulação. Pelo contrário, a Palavra determina apenas duas vindas: uma já concretizada há aproximadamente 2.000 anos e a outra ainda porvir (Hebreus 9:27-28)

        3. Paulo nos revela que o arrebatamento ocorrerá ante a última trombeta ou ao soar a última trombeta. O Senhor Jesus revelou que, por ocasião de sua vinda em glória, logo após a grande tribulação, haverá toque de trombeta. Portanto, nesse momento será tocada a última trombeta. Há uma estrita submissão de Paulo ao que o Senhor já havia ensinado (I Coríntios 15:52, Mateus 24:31)

        4. A promessa feita aos discípulos pouco após a ascenção de Cristo, aponta para seu regresso visível como Rei, pousando seus pés sobre o Monte das Oliveiras para derrotar o anticristo. Os discípulos, por ocasião da ascenção, estavam no Monte das Oliveiras e viram o acontecimento. Os anjos lhes revelaram que da mesma forma que Jesus tinha subido, Ele voltaria. Ou seja, de forma visível e pousando seus pés sobre o Monte das Oliveiras (Atos 1:11-12, Zacarias 14:3-4)

        5. A Igreja primitiva não tinha qualquer idéia “pré-tribulacionista”. Os cristãos primitivos esperavam a volta de Jesus já em seus dias, após cumprimento dos sinais, para livrá-los da perseguição e tribulação em que viviam, e não para evitar que eles entrassem num processo tribulacional. A idéia pré-tribulacionista surgiu no século XIX, atrelada ao dispensacionalismo (II Tessalonicenses 1:7-8)

        6. Paulo descarta toda idéia de iminência anterior à concretização dos sinais profetizados por Jesus. Ele ensinou aos tessalonicenses que a vinda de Jesus e a nossa reunião com Ele, não ocorreria antes da apostasia generalizada e da manifestação do anticristo, mantendo a mesma ordem profetizada por Jesus no sermão profético (II Tessalonicenses 2:1-3, Mateus 24:10-15)

        7. A volta de Jesus será como “um ladrão na noite” para aqueles que não a esperam e/ou não estão vigiando e atentos aos sinais (I Tessalonicenses 5:4, Apocalipse 3:3)

        8. A volta de Cristo está relacionada na Bíblia ao DIA DO SENHOR, que será um dia literal e não um período de sete anos. Jesus mencionou a profecia de Joel 2:10 para especificar os sinais que antecederiam imediatamente sua vinda gloriosa, relacionando a mesma ao DIA DO SENHOR através dos mesmos sinais: o sol e a lua escurecendo. Joel nos revela que esses mesmos sinais antecederão o DIA DO SENHOR, relacionando esse dia ao dia da volta de Jesus e não ao período tribulacional de sete anos (Mateus 24:29, Joel 2:10, Isaias 13:10, Ezequiel 32:7-10)

        9. É nítida na Bíblia a presença de servos de Deus em meio à tribulação dos últimos tempos. Não se trata de “ex-desviados”, pois os cristãos da grande tribulação guardam os mandamentos de Deus e mantêm o testemunho de Jesus, algo impossível sem a atuação do Espírito Santo. Muitos desses servos de Deus, a exemplo dos cristãos primitivos, serão martirizados e odiados “por todas as nações” (Apocalipse 12:17, Apocalipse 6:9-11, Apocalipse 14:8-13, Mateus 24:9-12, Marcos 13:20, João 17:15, Daniel 7:25-27)

        10. Desses cristãos, alguns serão protegidos de forma sobrenatural durante a tribulação, a exemplo do que ocorreu com o povo de Israel no Egito durante as pragas (Apocalipse 3:10, Apocalipse 12:14-16, Daniel 11:33-34, Mateus 24:22)

        11. O chamado para “vigiar” (o termo vigiar vem de vigília = noite) e se manter atento aos sinais e à santidade, se prolonga até o final da tribulação (Apocalipse 16:15)

        12. Jesus, em sua primeira abordagem direta sobre sua volta, relaciona diretamente o momento do arrebatamento à sua vinda gloriosa e à derrota dos exércitos do anticristo no Armagedom. Isso fica patente ao comparar Lucas 17:28-37 com Apocalipse 19:11-21 (presença de destruição, cadáveres e aves de rapina)

        13. O objetivo da tribulação não é o extermínio da raça humana nem a destruição total do planeta. Jesus compara sua vinda aos dias de Noé no que concerne ao descaso das pessoas diante das profecias e à malignidade das duas épocas em questão. Porém, os acontecimentos são diferentes: No dilúvio, o propósito era destruir todo ser vivo, exceto Noé, família e os animais na arca. Na volta de Jesus, a destruição virá sobre o sistema maligno no qual o mundo jaz e sobre aqueles que se prostram diante de tal sistema (I João 5:19, I Coríntios 15:23-25, Gênesis 6:7, Gênesis 8:21-22)

        14. Após a grande tribulação haverá sobreviventes, inclusive das nações que marcharão contra Jerusalém no Armagedom (Zacarias 14:16)

        15. Não existe base bíblica para separar a igreja da Israel espiritual. Apesar de existirem castigos e promessas específicas para a nação israelense, não se justifica presumir por isso um arrebatamento pré-tribulacional. Nós somos o Israel de Deus, filhos de Abraão, segundo a promessa (Efésios 2:14, Gálatas 3:29, Romanos 11:24:32)

        16. Não existe legitimação para “dividir” a atuação de Deus em dispensações separadas e excludentes. O que vemos na Bíblia é uma revelação progressiva do plano de Deus para a humanidade. Deus trata com todos ao mesmo tempo. Um exemplo disso é que Deus continua atuando profeticamente com Israel em plena “era dos gentios”

        17. Não existe base bíblica alguma para sustentar a volta de Jesus “a qualquer momento”. O próprio Cristo se deteve para revelar todos os grandes sinais que antecederiam sua volta. Após o cumprimento de todos os sinais profetizados pelo Mestre é que sua volta será “a qualquer momento”. Paulo também nos revela dois grandes sinais (Mateus 24:33, II Tessalonicenses 2:1-3). Não se pode usar as epístolas paulinas para sustentar a volta de Jesus “a qualquer momento”, pois elas foram escritas para diversas igrejas até 66 d.C., ano em que Paulo morreu decapitado em Roma. Naquele ano não havia se cumprido sequer o primeiro grande sinal profetizado por Jesus: a destruição de Jerusalém, que só ocorreu em 70 d.C. Paulo e nenhum dos apóstolos ensinaram um arrebatamento “sem sinais prévios”

        18. A salvação nos livra da ira de Deus. Quando falamos em “ira” relacionada à salvação espiritual, não é correto associar essa “ira” a um processo tribulacional, onde os danos sofridos pelos servos de Deus são físicos. O próprio autor do versículo em questão morreu decapitado dentro de um processo de perseguição e tribulação. A salvação que temos é espiritual e eterna, a qual nos torna isentos da ira eterna de Deus, porém não isentos de passar por tribulações (I Tessalonicenses 1:10, I Tessalonicenses 4:9)

        19. Todos os termos neotestamentários usados para referir-se à vinda de Jesus, nos dão a idéia de um evento visível, notável e não oculto: ephiphaneia (aparecimento), apokalipsys (revelação) e parousia (vinda-manifestação)

        20. A primeira ressurreição ocorrerá por ocasião da vinda de Cristo em glória, no final da tribulação. Essa “primeira” ressurreição exclui uma ressurreição em massa anterior a esse momento (Apocalipse 20:4-6)

        21. Toda a revelação escatológica de Jesus, dos apóstolos e até do Apocalipse, é direcionada à Igreja. Que objetivo haveria em revelar-nos esses pormenores e instruir-nos a estarmos atentos aos sinais, se a Igreja não estivesse inserida nesses acontecimentos?

        22. As “bodas do Cordeiro” ocorrerão após a vinda do reino de Deus. O anúncio dessas bodas é feito no final da tribulação (Apocalipse 19:7, Lucas 22:18 – Lucas 21:31)

        23. Jesus nos insta a estarmos atentos aos sinais e a não sermos enganados em meio à tribulação pelos sinais malignos dos “anticristos” e “falsos profetas” (Marcos 24:4, Mateus 24:24, Lucas 12:54-59)

        24. Jesus disse que “quem perseverar até o fim será salvo”. O “fim” de sua narrativa profética no sermão do Monte das Oliveiras é sua vinda em glória, logo após a tribulação (Mateus 24:13, Mateus 24:6)

        25. Jesus predisse que os seus servos seriam odiados “por todas as nações” e que o evangelho seria pregado em testemunho “a todas as nações”. Esses eventos ainda não aconteceram em sua plenitude e devem ocorrer durante a tribulação com a perseguição institucionalizada contra a Igreja e a diáspora decorrente dessa perseguição, produzindo um avivamento nunca antes visto e possibilitando a pregação a “todas as nações”.

        26. Se o pré-tribulacionismo estiver certo, nós, pós-tribulacionistas, estamos preparados pela fé e através do novo nascimento para o arrebatamento anterior à tribulação. Se a posição pós-tribulacionista estiver certa, estaria a Igreja preparada em todos os aspectos para enfrentar esses momentos de sofrimento físico e social extremos? Estão todos sendo ministrados para enfrentarem essa possibilidade? Estão todos sendo ensinados a vigiarem em virtude do engano generalizado que se aproxima?

        Buscamos a conscientização dos servos de Deus a respeito dos eventos que já estão profetizados e a correta postura que todos devemos ter diante da realidade em que vivemos, que já prenuncia a concretização dessas profecias.

        A seguir, daremos nossas principais bases de atuação ministerial:

        1. Nosso propósito não é impor uma idéia ou dogma, como os pré-tribulacionistas têm feito durante décadas, e sim expor uma interpretação sincera das profecias escatológicas e estimular os servos de Deus a estudarem com mais profundidade esses assuntos. Temos observado que a grande maioria dos cristãos, no tocante aos assuntos escatológicos, não tem feito aquilo que os bereanos fizeram, ao ouvir a palavra ministrada por Paulo. Muitos têm aceitado a hipótese pré-tribulacionista como verdade absoluta, por falta de interesse em estudar as profecias escatológicas, outros por falta de entendimento, ao julgar esses assuntos muito complicados, o que na realidade não é verdade.

        A maioria das igrejas protestantes tem adotado o pré-tribulacionismo como base doutrinária para entender os últimos acontecimentos. Isso se deve ao fato da maior parte dessas igrejas ter surgido a partir de começos do século dezenove, época em que começou a ser divulgado o pré-tribulacionismo por parte dos irmãos de Plymouth – EEUU (1830). Esse tipo de interpretação influenciou todas as igrejas do período, das quais as atuais são herdeiras, sejam elas tradicionais, pentecostais ou neopentecostais. Anterior a esse período (século XIX), não havia distinção entre arrebatamento e segunda vinda em glória. O maior exemplo dessa posição é a Igreja primitiva.

        Ao ler as cartas de Paulo, Pedro e João fica explícito que eles, como toda a Igreja primitiva, esperavam a volta do Senhor já em seus dias, vivendo em pleno processo tribulacional. Essa vinda não seria para “evitar” que a Igreja entrasse num processo de tribulação e sim para tirá-los da tribulação em que a Igreja vivia (II Tessalonicenses 1:7-10).

        Eles relacionavam essa tribulação e a perseguição desencadeada pelo Império Romano à grande tribulação profetizada por Jesus e o imperador perseguidor ao anticristo. A Igreja primitiva não esperava um arrebatamento anterior à tribulação (até pelo fato de viverem em constante perseguição e tribulação). Eles esperavam a vinda poderosa de Cristo, para arrebatá-los, derrotar o anticristo (para eles o imperador romano) e instaurar o reino milenar. Diante disso, podemos assegurar que a igreja primitiva não era pré-tribulacionista!

        2. A revelação escatológica neotestamentária, principalmente o Apocalipse, é dirigida à Igreja. É claro que o povo judeu terá uma participação decisiva nos últimos acontecimentos, porém a presença da Igreja nesse contexto, inclusive o tribulacional, é inegável à luz da Palavra. Por exemplo: Em Mateus 24:22, Jesus disse que se os dias da grande tribulação não fossem abreviados, ninguém se salvaria (no aspecto físico, para permitir a existência de sobreviventes e o cumprimento da promessa de transformação dos que estiverem vivos e não a nível espiritual, pois a nossa salvação independe dos danos físicos causados num processo tribulacional).

        Eles serão abreviados por causa dos escolhidos. Os pré-tribulacionistas tendem a relacionar esses escolhidos ao povo judeu. No entanto, oito versículos depois, Jesus continua a narrativa dizendo que os escolhidos serão ajuntados desde os quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus (Mateus 24:30-31). Essa é uma descrição do arrebatamento, que, de acordo com próprio Mestre, acontecerá ao mesmo tempo da sua segunda vinda em glória. Note que os escolhidos serão ajuntados (arrebatados). Portanto quando Jesus menciona no versículo 22 a palavra “escolhidos”, não está referindo-se a Israel como nação e sim à Igreja, pois esses mesmos escolhidos são arrebatados no versículo 31, sendo o arrebatamento uma promessa específica para a Igreja e não para Israel.

        Em Daniel e também no Apocalipse, fica claro que o anticristo fará guerra contra os santos e matará a muitos, principalmente após a instauração a nível mundial da marca da besta (sistema de controle político-financeiro). Outra vez, não devemos confundir esse ataque aos santos, com o povo de Israel, pois Israel só será atacado frontalmente pelo anticristo no final da tribulação, quando reunir os exércitos da terra contra a terra santa no Armagedom. Inclusive, a Bíblia afirma em Apocalipse 20:4-6 que os cristãos martirizados (assassinados pelo anticristo) por não aceitarem a nova ordem mundial (a marca da besta), ressuscitarão na primeira ressurreição, excluindo categoricamente uma ressurreição em massa antes da tribulação, como é defendida pelos pré-tribulacionistas.

        3. Não existe nenhuma passagem bíblica que determine claramente a segunda vinda de Jesus dividida em duas etapas: uma oculta, para arrebatar a Igreja, e a outra no final da tribulação, para derrotar o anticristo e instaurar o reino milenar. O pré-tribulacionismo chega a essas conclusões por meio de uma série de deduções indiretas e suposições. Uma análise direta e desprovida de todo tipo de preconceito vai deixar claro, para qualquer pessoa interessada na verdade escatológica, que o arrebatamento da Igreja acontecerá ao mesmo tempo da volta de Jesus com poder e grande glória.

        4. O amor de Cristo pela Igreja não a torna isenta de viver tribulações. Se assim fosse, então nossos irmãos primitivos, que foram perseguidos, torturados e martirizados, entre os quais líderes do porte de Pedro, Paulo, João, Tiago, Estevão, Policarpo e tantos outros, não estariam debaixo do amor de Cristo! O próprio Mestre disse: “o servo não é maior que o seu senhor”. Se Jesus foi perseguido pelo sistema político e religioso da época, e sofreu dores em seu próprio corpo, por que nós estaríamos isentos? A Igreja atual está mais preocupada em não passar pela tribulação para manter a sua integridade física e social ou em anunciar o evangelho e não negar o nome de Jesus, mesmo que isso signifique dano físico ou morte em meio à mais ferrenha perseguição e tribulação?

        5. Cremos que a visão pós-tribulacionista deve ser levada em consideração e aplicada ao processo de fortalecimento espiritual do cristão nesses últimos dias. Pelo simples fato de preparar-se diariamente, tanto no aspecto psicológico quanto espiritual, para viver um período de perseguição e tribulação nunca visto anteriormente, o pós-tribulacionista, se for coerente com aquilo que crê, deve preparar-se como um guerreiro para o que der e vier. Está preparado até mesmo para ser arrebatado antes da tribulação, se a hipótese pré-tribulacionista estiver certa. O contrário, porém, não pode ser verificado entre os pré-tribulacionistas. Quantos cristãos nos dias atuais estão preparados para morrer pelo evangelho? Quantos cristãos estão preparados espiritualmente para serem perseguidos de forma implacável pelo sistema político e religioso? Quantos abririam mão, da noite para o dia, de tudo o que construíram neste mundo?

        Os líderes estão ministrando às igrejas essa preparação espiritual de guerra ou estão estimulando os liderados a viverem de acordo com estereótipos de sucesso seculares, esperando que as coisas “melhorem” através de soluções humanas? Os cristãos modernos estão buscando a implantação do reino de Deus ou estão indo atrás das coisas que o próprio Jesus disse seriam acrescentadas automaticamente a quem buscasse primeiro o reino? Nisso radica o verdadeiro perigo.

        Acreditamos que muitos só acordarão para a realidade tribulacional quando for muito tarde (pelo simples fato de não ter acontecido o arrebatamento anterior a tribulação, como é esperado pela maioria). Para essas pessoas, devido à falta de preparação e ao seu grau de comprometimento com a vida secular e os seus padrões de sucesso, será extremamente difícil optar pela exclusão e perseguição. Em vez disso escolherão o bem-estar social proposto pela besta através da marca. Alguns estão tão envolvidos com o processo político e social, que simplesmente não perceberão o surgimento do anticristo e a aplicação de seu plano a nível mundial…

        Aqui vale ressaltar que o anticristo, um enganador, não surgirá como um vilão e sim como um herói e líder carismático, levando-o a ser apoiado em seus planos aparentemente infalíveis, pacificadores e humanitários, até mesmo por lideranças que se dizem “cristãs”, pois o mesmo terá um enorme poder de convencimento e sedução. Outros, apesar de terem acreditado na posição pré-tribulacionista, entenderão já estar vivendo a realidade tribulacional, e terão reservas espirituais (azeite) para enfrentar esses momentos difíceis, o que se encaixa perfeitamente na parábola das dez virgens, onde todas cochilam e dormem, por causa da demora do noivo, e em determinado momento “despertam para a realidade”. Somente a metade tinha combustível necessário para que as suas lâmpadas brilhassem em meio à escuridão (tribulação). A perseguição sobre a Igreja será implacável, e devido a isso muitos desfalecerão ou até mesmo renunciarão ao nome de Cristo, só para manterem sua integridade física e social. Será um momento de prova final, onde saberemos quem verdadeiramente tem compromisso com Deus e quem está na Igreja hoje interessado somente no que Deus pode dar em troca. Jesus deixou uma pergunta emblemática antes de partir:

        Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?

  63. Rapaz said, on 28/02/2012 at 14:51

    Ei amigo têm visto essas noticias daqui do Brasil? essa da estação Comandante Ferraz, sinceramente depois que li sobre esse tal sistema haarp, me deixa a ter uma imaginação muito fértil como disse o nosso amigo badboy lá em cima nos comentarios kkkkkk, mesmo sendo uma falha eletrica segundo informações jornalisticas, me deixa muito a pensar agora!!!

  64. [...] Juizo Final Blog Share this:TwitterFacebookEmailLinkedInPrintDiggRedditGostar disto:GostoBe the first to like this . [...]

  65. roberro said, on 06/04/2012 at 17:11

    A pior ameaça para a humanidade é esses fanáticos religiosos do fim do mundo, nova ordem mundial e o escambal. São capazes de matar e se matarem. Isso é excesso de Deus ou falta de Deus. Em todo caso, estou do lado do ser humano que transporta minha consciência. É amem(do verbo amar) ou amém?

    • Blog Juízo Final said, on 06/04/2012 at 20:32

      Meu amigo se você quer se comportar como GADO o problema é seu. Pessoas iguais a você, serão abatidas pela elite mundial quando chegar o momento, pessoas iguais a você, configura hoje a massa de manobra que eles manipulam no mundo.

      Mas uma coisa eu digo pra você, pra eles você não vale nada. É apenas um câncer, que destrói os recursos naturais deste planeta que eles veneram.

    • Senhor Spock said, on 07/04/2012 at 06:12

      Roberro…JF(juízofinal) carece de um pouco mais de hermenêutica, apesar de ele dizer que conhece. Não vou mais postar, pois CONFIRMEI que a crença dele é na VÁLVULA DE ESCAPE(demônio). Tudo que não for do agrado psico-religioso dele para a mitologia bíblica é jogado na figura mítica do tal anjo rebelde. Muitos textos lá atrás ele cita uma forma sobrenatural de proteção aos judeus errantes no deserto pós-Egito( só como exemplo).

      O que ele lê como sobrenatural; eu e muitas outras mentes lêem como manifestação ufológica. Raio de fogo separando as tropas de Ramsés dos judeus em fuga, uso do eletromagnetismo para separar águas do Mar Vermelho, uma divindade furiosa que está mais próxima de Enlil da mitologia suméria, etc. Mas como a realidade intrínseca da questão ufológica é demais para a mentalidade do nobre colega JF, então só resta a saída de jogar no crédito que é do demônio. Poderia citar muitos outros argumentos que desmontariam a manipulação predominante…mas ele vai surrupiar meu post! Fico muito triste com ele por isso…

      Para diversificar ou acrescentar sobre o tema do tópico >> http://celiosiqueira.blogspot.com.br/2011/06/projeto-blue-beam.html

      Saudações Vulcanas!

      • Blog Juízo Final said, on 07/04/2012 at 11:27

        Não espera outra atitude de você meu caro, os covardes sempre tomam esta linha. Mais uma vez você não respondeu a minha pergunta, e sempre vem com falácias e mais falácias, com retóricas sem valor algum.

        Só rindo de você, e rindo muito, como posso debater com alguém que acredita em ET? Manifestações ufológicas, e ainda vem dizer que a minha válvula de escape são os anjos rebeldes?

        Às vezes a gente se diverte aqui neste blog, ainda mais quando encontramos figuras iguais a esta.

        E mais uma vez ficou sem resposta, Sr. hermenêutico.

        E sobre o site que você passou, a referência que ele fez o artigo é justamente do artigo que foi feito neste blog, então meu amigo, se você pensa que por causa dos seus contatos, tem o privilégio da informação, esta, já está sendo divulgada faz tempo aqui no blog.

        Mas o duro mesmo é uma pessoa acreditar em ET.

  66. jessica said, on 16/04/2012 at 17:29

    Que todas essas coisas e muito mais vão acontecer eu acredito, mas existe uma unica verdade e essa é a Palavra de Deus. Realmente vai acontecer um arrebatamento “secreto”, só quem é eleito irá… http://www.apalavraoriginal.org.br

    • Blog Juízo Final said, on 16/04/2012 at 17:42

      A minha querida, não vai mesmo acontecer um arrebatamento secreto, isto é a maior mentira que satanás invetou para igreja acreditar. A Palavra de Deus é bem clara quando fala quando acontecerá o arrebatamento e este não será secreto.

  67. Cleilson Silsan said, on 18/05/2012 at 17:01

    QUERO DEIXAR BEM CLARO QUE A VERDADE SOBRE TUDO ISSO QUE VCs DISCUTEM SEM LÓGICA, SE ENCONTRA NA BÍBLIA SAGRADA. QUEM FOR UM POUCO SÁBIO DE NATUREZA ESPIRITUAL SABE DO QUE QUERO DIZER, LEIAM A BÍBLIA, E A EXAMINAM COM EFICÁCIA, LÁ VCs ENCONTRARÃO TUDO QUE O SENHOR DEIXOU PARA O HOMEM NÃO FICAR EM DÚVIDA. O CERTO É QUE NO FIM DE TUDO ISTO, VENCERÁ AQUELE QUE ESTIVER COM CRISTO !!!

  68. dimmesheldon said, on 22/05/2012 at 17:23

    Amigo JF, não posso deixar de comentar. Você está totalmente errado sobre o arrebatamento, e se continuar pensando desta forma poderá perder o maior acontecimento da história da humanidade. A Grande tribulação já diz em seu próprio nome que será uma “Grande Tribulação”, não tem porque a igreja passar por meio da “Ira de Deus”. Meu colega só para se ter ideia das dores que a terra vai passar o anjo, em Ap 8:13 que anuncia a 4 trombeta, repete a palavra “ai” 3 vezes e esse Ai quer dizer tanta dor, mais tanta dor que seria injustiça da parte de Deus deixar o seus santos participarem do mesmo juízo que os ímpios. Não há motivos para a igreja provar das taças da ira de Deus. Em Sodoma e Gomorra Deus tirou os seus santos e fieis antes de destruir a cidade, no dilúvio Deus protegeu Noé e sua família antes de derramar sua ira. Não Grande Tribulação Deus tirará sua igreja, sua amada noiva, antes das dores deste mundo. Ou por acaso o amor do noivo seria tão pouco assim afim de deixar sua amada sofrendo com a ira de Deus sem fazer nada? Seria incoerência por parte do noivo, se eu fosse a noiva me sentiria mal amada.

    10 provas irrefutáveis da subida dos salvos antes da Tribulação:

    –> 1. A definição de “o dia do Senhor” como sinônimo de “Tribulação”
    A Tribulação é um período de tempo de sete anos a começar após o arrebatamento dos
    salvos. É sinônimo de “…o dia da Sua ira…” (ira – οργη orge de Deus) e da expressão “o dia
    do Senhor” que se repete 23 vezes na Bíblia. Veja como “o dia do Senhor” é sinônimo de “o
    dia da ira” em Sofonias 1:14-15. Tal expressão se repete no meio da Tribulação – Apoc.
    6:16-17! O propósito é vingar e julgar o mundo ímpio (“…os que habitam na terra.” Apoc
    3:10) que rejeitou Jesus Cristo e trazer o povo judeu a um reconhecimento nacional do
    verdadeiro Messias:
    Isa 13:6
    “Uivai, porque o dia do Senhor está perto; vem do Todo-poderoso como assolação.”
    Isa 13:9
    “Eis que o dia do Senhor vem, horrendo, com furor e ira ardente, para por a terra em
    assolação e destruir os pecadores dela.”
    Rom 5:9
    “Logo muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.” ****** livres da ira ******
    Col 3:6
    “Pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.”
    I Tess 1:10
    “E esperar dos céus a seu Filho, a quem ressucitou dos mortos, a saber, Jesus, que nos
    livra da ira futura.”
    I Tess 5:9
    “Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso
    Senhor Jesus Cristo,” ******* Este é o propósito de Jesus (Engole essa) *********
    Apoc 6:16-17

    “…escondei-nos do rosto daquele que está assentado no trono e da ira do Cordeiro; Porque
    é vindo o grande dia da sua ira; e quem poderá subsistir?”
    A palavra ira sublinhada nos versículos acima é “orge” no grego. Ela ocorre 31 vezes no
    Novo Testamento e significa paixão violenta, indignação, vingança, PUNIÇÃO. Tal punição é
    claramente ensinada na Bíblia como não só o estado eterno dos pecadores ímpios mas,
    além da etimologia descrita, ela está ligada diretamente também, a um período de tempo (
    ver I Tess 1:10 “ ira futura” e Apoc 16:17 acima ) de sete anos que, sendo um prelúdio do
    lago de fogo, é também chamado de Tribulação, no qual o próprio Deus irá derramar a sua
    vingança sobre os que ficarem, mesmo os que forem sendo salvos. Jamais tal ação global
    de Deus se menciona direcionada aos crentes em Cristo, nem tão pouco há qualquer verso baseando a idéia que tais eventos poderiam estar associados aos salvos do período da igreja, como querem os proponentes do arrebatamento no meio da tribulação, contrariando
    o exposto sobejamente nos versículos citados. Compare os versos de 1Tess 5:2 e 2Pe 3:10.
    É claramente colocado que “o dia do Senhor”, sinônimo de “o dia da sua ira”, começa no
    arrebatamento.
    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

    “O dia do Senhor”
    EVENTO REFERÊNCIAS

    1)Julgamentos do povo de Israel no Velho
    Testamento, deportações, conquistas,
    saques e mortes.
    Is. 2:12 13:6,9 Jer 46:10 Joel 1:15
    2:1,11,31 3:14 Amos 5:18,20

    2)Período de sete anos no futuro chamado de
    Tribulação Dan 9:27 Sof 1:14-15 Apoc. 6:16-17

    3)Segunda vinda no monte das Oliveiras
    Zac 14:4 Mat 24:30 At 1:11 Col 3:4 2Tess 2:8 Apoc 19:11-20

    4)Destruição da Terra e subsequente julgamento do grande trono branco
    2 Pe 3:10 Apoc 20:11 21:1

    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
    1,2 e 4 são os significados expandidos do termo. 3 é o
    significado literal.
    — – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

    “O dia do Senhor” é portanto, uma figura de linguagem chamada de SINÉDOQUE, onde se
    usa a parte pelo todo. “O dia do Senhor” no seu significado normal, direto, restrito, literal, é o
    dia solar (“yom” no hebraico ou “hemera” no grego) do calendário no qual ocorrerá a segunda vinda de Jesus Cristo relatada em Zac. 14:4, Mat. 24:30, At. 1:11 e Apoc. 19:11-20.

    No significado expandido, temos 3 outras aplicações mais abrangentes a saber, Julgamento, Tribulação e Destruição ( Tabela 1 ). Das 23 ocorrências da expressão “o dia do Senhor” na Bíblia, 18 referem-se ao julgamento e punição dos pecadores rebeldes. A conclusão é que
    os salvos em Jesus Cristo da dispensação da graça, não sofrerão as conseqüências terríveis do “dia do Senhor” e conseqüentemente não participarão da tribulação vindoura de sete anos.

    –>2. A preposição “DA” (εκεεεκκκ) em Apoc. 3:10
    Deus livrará os crentes em Cristo DA …(posição fora) da provação.
    Apoc 3:10
    “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da
    tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.”
    A preposição “da” corresponde ao grego “εκ”. Isto significa uma posição estática “fora de”,
    “externo” ao objeto sem qualquer significado de existência anterior dentro do objeto ou
    emergente do objeto.

    –>3. O substantivo “HORA”.
    Deus livrará os crentes em Cristo da HORA …(ausentes do tempo) da provação.
    Apoc 3:10
    “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da
    tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.”
    Note que o livramento não é da situação, do local, do sofrimento, ou da influência. Jesus
    não fala de proteção, mas de livramento de um período de tempo. A palavra é “hora” no
    grego (ωραξ). Significa que a preposição “εκ” refere-se a uma posição dos salvos fora do
    período de tempo definido, estação, temporada. É algo sobrenatural, uma vez que não
    estaremos mais sujeitos ao tempo, mas na presença de Cristo nas Bodas do Cordeiro.

    –>4. O substantivo “PROVAÇÃO”.
    Deus livrará os crentes em Cristo da hora da PROVAÇÃO.
    A palavra provação é “peirasmos”. Ela ocorre 19 vezes no Novo Testamento e significa por à
    prova, tentação, teste, adversidade. Apesar da maioria das vezes em que a palavra ocorre,
    se referir às tentações na vida do crente, a natureza da provação do “peirasmos” de Apoc 3:10 é inédita e singular, porque não será uma experiência pessoal mas, MUNDIAL.
    Vejamos em 2Pe 2:9 como existe o contraste: “Assim, sabe o Senhor livrar da tentação (“peirasmos”) os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados.”
    Assim, o “peirasmos” de Tia 1:2 ( “…tende motivo de grande gozo o passardes por várias provações…”), por exemplo, é permissão do próprio Deus, mas o “peirasmos” de 2Pe 2:9 e de Apoc 3:10 será uma punição aplicada apenas aos homens da época da Tribulação.

    –>5. O caráter iminente do arrebatamento.
    O arrebatamento, por ser um evento de caráter: IMINENTE , SÚBITO , SECRETO, SURPREENDENTE, REPENTINO e INESPERADO, só pode ocorrer antes do aparecimento do anti-cristo, sob pena de perder totalmente o seu elemento SURPRESA, tão repetido na Bíblia senão vejamos:
    Mat 24:42-44
    Mat 24:35-36
    Luc 12:35-40
    Rom 13:11-12
    1 Cor 15:51-53
    1 Tess 5:2,6-8
    Tia 5:7-8
    2Pe 3:10

    –>6. Requisito da apostasia geral
    A apostasia, desvio da verdade e morte espiritual a nível mundial, é um sinal que antecede o
    arrebatamento (como já existia na época de Paulo e como notamos hoje) e se agrava
    drasticamente logo após o mesmo. Quando o anticristo se manifestar, haverá um pacto a
    nível mundial e um ecumenismo sem precedentes. Haverá desvio mais acentuado da verdade, refletida na palavra de Deus, que será substituída pelo avivamento satânico manifestado pela religião mundial concentrada na mulher-prostituta, Mistério, a grande
    Babilônia religiosa, comandada pelo anti-cristo e pelo falso profeta.
    2 Tess 2:1-3
    “Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião
    com ele, que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis quer
    por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo
    estivesse já perto. Ninguém de modo algum vos engane; isto não sucederá sem que venha
    primeiro a apostasia e seja revelado o homem do pecado, o filho da perdição,”

    Note como Paulo faz a distinção entre a “…vinda de nosso Senhor Jesus Cristo…” (
    sinônimo de O DIA DE CRISTO ou segunda vinda no monte das Oliveiras ) e a “…nossa
    reunião com ele…” (ARREBATAMENTO – I Tess 4:17 ). Paulo deixa claro que o pronome demonstrativo “isto” está se referindo ao “dia de Cristo” ( ver Apoc. 19:11 ) e sucederá após a:
    1- Remoção do que o detém (os crentes/Espírito Santo – vs 6 );
    2- Vinda da apostasia e;
    3- Revelação do anti-cristo.

    –>7. O impedimento da manifestação do anti-cristo.
    O anticristo, de maneira nenhuma, poderá se manifestar com os salvos em Cristo presentes neste mundo.
    2Tess 2:6
    “ E agora vós sabeis o que o detém para que ao seu próprio tempo seja revelado.”

    O assunto das cartas de Paulo aos Tessalonicensses é a vinda de Cristo, “o dia do Senhor”.
    Especialmente no início do capítulo 2 da segunda carta, Paulo deixa claro: “Ora, quanto a
    vinda de nosso Senhor Jesus Cristo…”. Quando Paulo chega no verso 6: “e agora vós
    sabeis o que o detém…” fica óbvio que até a vinda de Cristo, entendendo-se como a
    primeira fase ou arrebatamento, a presença dos salvos e a presença do Espírito Santo
    habitando neles, impede, DETÉM o aparecimento do anticristo. O efeito restritivo e inibidor do mal feito pelo Espírito Santo deixará de operar, abrindo espaço para a atuação do Diabo.

    –>8. O dispensacionalismo
    Deus começa cada dispensação com misericórdia e termina com julgamento.
    Estamos na sexta dispensação, que é a da graça. A misericórdia é a salvação em Cristo oferecida a todos os homens. O julgamento é o período da Tribulação. Como os pecados dos salvos já foram julgados pela morte de Cristo, só resta os ímpios serem julgados, começando na
    tribulação.

    –>9. A ausência da igreja no período da tribulação.
    Não há a menor menção dos salvos do períodos da graça (igreja “ekklesia”) entre o capítulo 6 e o capítulo 19:10 de Apocalipse.
    Das 12 vezes que a palavra “ekklesia” aparece no livro de Apocalipse, ocorrem 11 vezes até o capítulo 3, verso 11. A última vez ocorre em 22:16 no fechamento do livro. Por que será? Onde estão os salvos da “ekklesia” na Tribulação? *** (me responda…) ****
    Eu respondo; No céu celebrando as bodas do Cordeiro, se preparando para a vinda gloriosa de Cristo que inaugurará o Milênio!
    Ap 19:1-10.

    –>10. A ressurreição dos salvos.
    A ressurreição dos salvos. A Bíblia fala de duas ressurreições dos salvos: Uma é no arrebatamento ( I Tess 4:13-18) referente aos “…que morreram em Cristo”. A outra (Apoc 20:6) chamada de a “primeira ressurreição”, é depois da tribulação e antes do milênio. Os
    participantes da primeira ressurreição, passaram pela tribulação, note a expressão “…não
    adoraram a besta…” ( Apoc 20:5), o que coloca a igreja fora do período em que o anticristo aparecer como líder mundial.

    As evidências e textos bíblicos que encontramos mostrando que o arrebatamento será antes da Grande Tribulação são maiores e mais claros do que o Pós-tribulacionismo.

    Durante a Grande Tribulação muitos se salvarão por não terem aceitarem a marca da Besta, MAS… estes serão aqueles que ficarão no arrebatamento.

    Cuidem-se para participarem do ARREBATAMENTO!!!

    “Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã.
    E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.
    Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;
    E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.
    Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.”
    Apocalipse 22:16-20

    Jesus está voltando, o ARREBATAMENTO ESTÁ PRÓXIMO!
    Ora vem, Senhor Jesus!!!

    • Blog Juízo Final said, on 22/05/2012 at 17:42

      Meu amigo você está totalmente enganado, até porque esta heresia de pré-tribulação foi criada recentemente, nenhum renomado erudito aceitava esta corrente que teve início no século 14, após uma “revelação” de uma adolescente.

      Quanto a ira de Deus, não a confunda com a tribulação e a grande tribulação, a ira de Deus será depois que toda a igreja for arrebatada após o período de 7 de tribulação.

      Se você continuar com este seu pensamento, ignorando, principalmente o que Jesus Cristo disse em Mateus 24, quando chegarmos no período tribulacional, você, iguais as outras pessoas que acreditam num arrebatamento antes da tribulação, perderão a fé, pois se sentirão indignas do amor de Deus.

      Essa é a maior armadilha que satanás criou contra igreja, se liberte em quanto é tempo.

      • dimmesheldon said, on 22/05/2012 at 17:55

        KKkkkk,,,, mas porque você se firma só em Mt 24? Toda a base de vocês está neste único capítulo???
        Desta maneira você estará anulando as outras referencias… Mt 24 é um alerta que Jesus faz para não ficarmos no arrebatamento. E outra… para com essa história de visão… ou sonho de um adolescente… A palavra arrebatamento pode ter sido criado a pouco tempo, mas o significado da palavra é desde o princípio da humanidade…

        Já pensou na possibilidade de estar errado? Imagina ai o seu desespero agora…

        … aaa… desculpe ter postado o mesmo texto duas vezes…. é que minha net aqui no MA é muito ruim… ai deu erro e pensei que não tinha postado…

        Abraço, Deus abençoe!

      • Blog Juízo Final said, on 22/05/2012 at 17:57

        Pode rir debochando, logo você chorando lamentando por ter acreditado em uma heresia e não na palavra de Deus.

      • Blog Juízo Final said, on 22/05/2012 at 18:08

        Só para esclarecer, quando cito Mateus 24, é uma forma de sintetizar o que estou falando, dando a fonte diretamente de Jesus Cristo, nem precisando pesquisar em outros livros da Bíblia. Mas já que pra você as palavras de Jesus Cristo são irrelevantes, então passo pra você a visão completa.


        O pré-tribulacionismo é a maior mentira que satanás inventou para enganar a igreja.

        Graças a Deus que os olhos de muitos estão sendo abertos, quando Jesus disse “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, ele estava dizendo também para igreja. Esta teoria do pré-tribulacionismo é um dos maiores e engoldos criado por satanás para enganar a igreja, muitos terão sua fé abalada, por acreditarem que não passarão pela tribulação, mas o que a Palavra ensina é o contrário, a igreja passará sim pela tribulação, como Jesus deixou bem claro em Mateus 24.

        Quando Tudo Começou – Pré-tribulacionismo

        O ensino sobre a vinda secreta de Jesus antes da tribulação e do aparecimento do Anticristo tem sido crido e amplamente disseminado na Igreja contemporânea sem nenhum questionamento ou investigação. Poucos sabem que esta doutrina não reflete a crença dos Pais da Igreja, ou sequer foi ensinada pelos reformadores. Surpreendentemente, por mais de 1800 anos, ninguém havia ensinado ou ouvido falar em um arrebatamento pré-tribulacionista.
        Comumente, associa-se a origem do pré-tribulacionismo a John Nelson Darby (1800-1882), teólogo inglês do século XIX e líder do grupo reformista Os Irmãos de Plymouth. Os biógrafos de Darby o chamam de “o pai do dispensacionalismo moderno”. Darby, sem dúvida, foi o principal porta-voz desta alternativa escatológica que divide a volta de Cristo em duas etapas. Nem todos os de seu tempo, porém, aceitaram esta teologia. Entre os contemporâneos de Darby que rejeitaram o pré-tribulacionismo estão Jorge Müller, William Booth (fundador do Exército da Salvação), Carlos Spurgeon e um teólogo chamado Samuel Prideaux Tregelles. Tregelles foi um teólogo do século XIX e integrante dos Irmãos, o mesmo grupo a que Darby pertencia.

        Em 1864, em seu livro The Hope of Christ’s Second Coming (A Esperança da Segunda Vinda de Cristo), Tregelles refutou abertamente a nova doutrina como sendo antibíblica.1 Ele atribuiu o surgimento do pré-tribulacionismo, não a Darby, mas a uma falsa profecia proclamada por um dos membros da Igreja Católica Apostólica – grupo liderado pelo eloquente pregador escocês Edward Irving (1792 – 1834). A profetisa em questão era uma jovem de 15 anos chamada Margaret MacDonald (1815 – 1840).

        Na primavera de 1830, na cidade escocesa de Port Glasgow, Margaret recebeu uma profecia em que um grupo seleto de cristãos era arrebatado durante uma vinda secreta de Cristo. A profecia foi preservada na íntegra em uma obra entitulada Memoirs (Memórias), escrita por uma testemunha ocular dos acontecimentos, o médico e pastor escocês Robert Nolton. Na obra, Nolton atesta que essa menina de 15 anos chamada Margaret foi a primeira pessoa a dividir a vinda de Cristo em duas etapas. Edward Irving também pregou a doutrina de um retorno secreto de Cristo. É incerto qual a relação entre a teologia de John N. Darby, a profecia de Margaret MacDonald e os ensinos de Edward Irwing. O que se pode dizer é que estes três personagens entraram para a História da Igreja como os difusores simultâneos de uma nova doutrina, totalmente desconhecida antes do século XIX.

        O que Jesus Cristo nos ensinou

        Mais do que seguir um “modelo escatológico”, cremos que é necessário voltar aos princípios, ensinamentos e crença da igreja dos primeiros séculos e opor-nos a tudo aquilo que represente uma novidade em relação a tais princípios, ensinamentos e crença.

        1. O Senhor Jesus, em seu sermão profético, relaciona somente sua vinda após a tribulação, não mencionando em nenhum momento um arrebatamento oculto anterior ao momento da vinda em glória, mas um arrebatamento que faz parte de sua gloriosa vinda, logo após a grande tribulação (Mateus 24:29-31, Marcos 13:24-27 e Lucas 21:25-27)

        2. A Bíblia não nos revela em nenhum lugar que a volta do Senhor será dividida em duas etapas: uma oculta, anterior à tribulação, e outra visível, após a tribulação. Pelo contrário, a Palavra determina apenas duas vindas: uma já concretizada há aproximadamente 2.000 anos e a outra ainda porvir (Hebreus 9:27-28)

        3. Paulo nos revela que o arrebatamento ocorrerá ante a última trombeta ou ao soar a última trombeta. O Senhor Jesus revelou que, por ocasião de sua vinda em glória, logo após a grande tribulação, haverá toque de trombeta. Portanto, nesse momento será tocada a última trombeta. Há uma estrita submissão de Paulo ao que o Senhor já havia ensinado (I Coríntios 15:52, Mateus 24:31)

        4. A promessa feita aos discípulos pouco após a ascenção de Cristo, aponta para seu regresso visível como Rei, pousando seus pés sobre o Monte das Oliveiras para derrotar o anticristo. Os discípulos, por ocasião da ascenção, estavam no Monte das Oliveiras e viram o acontecimento. Os anjos lhes revelaram que da mesma forma que Jesus tinha subido, Ele voltaria. Ou seja, de forma visível e pousando seus pés sobre o Monte das Oliveiras (Atos 1:11-12, Zacarias 14:3-4)

        5. A Igreja primitiva não tinha qualquer idéia “pré-tribulacionista”. Os cristãos primitivos esperavam a volta de Jesus já em seus dias, após cumprimento dos sinais, para livrá-los da perseguição e tribulação em que viviam, e não para evitar que eles entrassem num processo tribulacional. A idéia pré-tribulacionista surgiu no século XIX, atrelada ao dispensacionalismo (II Tessalonicenses 1:7-8)

        6. Paulo descarta toda idéia de iminência anterior à concretização dos sinais profetizados por Jesus. Ele ensinou aos tessalonicenses que a vinda de Jesus e a nossa reunião com Ele, não ocorreria antes da apostasia generalizada e da manifestação do anticristo, mantendo a mesma ordem profetizada por Jesus no sermão profético (II Tessalonicenses 2:1-3, Mateus 24:10-15)

        7. A volta de Jesus será como “um ladrão na noite” para aqueles que não a esperam e/ou não estão vigiando e atentos aos sinais (I Tessalonicenses 5:4, Apocalipse 3:3)

        8. A volta de Cristo está relacionada na Bíblia ao DIA DO SENHOR, que será um dia literal e não um período de sete anos. Jesus mencionou a profecia de Joel 2:10 para especificar os sinais que antecederiam imediatamente sua vinda gloriosa, relacionando a mesma ao DIA DO SENHOR através dos mesmos sinais: o sol e a lua escurecendo. Joel nos revela que esses mesmos sinais antecederão o DIA DO SENHOR, relacionando esse dia ao dia da volta de Jesus e não ao período tribulacional de sete anos (Mateus 24:29, Joel 2:10, Isaias 13:10, Ezequiel 32:7-10)

        9. É nítida na Bíblia a presença de servos de Deus em meio à tribulação dos últimos tempos. Não se trata de “ex-desviados”, pois os cristãos da grande tribulação guardam os mandamentos de Deus e mantêm o testemunho de Jesus, algo impossível sem a atuação do Espírito Santo. Muitos desses servos de Deus, a exemplo dos cristãos primitivos, serão martirizados e odiados “por todas as nações” (Apocalipse 12:17, Apocalipse 6:9-11, Apocalipse 14:8-13, Mateus 24:9-12, Marcos 13:20, João 17:15, Daniel 7:25-27)

        10. Desses cristãos, alguns serão protegidos de forma sobrenatural durante a tribulação, a exemplo do que ocorreu com o povo de Israel no Egito durante as pragas (Apocalipse 3:10, Apocalipse 12:14-16, Daniel 11:33-34, Mateus 24:22)

        11. O chamado para “vigiar” (o termo vigiar vem de vigília = noite) e se manter atento aos sinais e à santidade, se prolonga até o final da tribulação (Apocalipse 16:15)

        12. Jesus, em sua primeira abordagem direta sobre sua volta, relaciona diretamente o momento do arrebatamento à sua vinda gloriosa e à derrota dos exércitos do anticristo no Armagedom. Isso fica patente ao comparar Lucas 17:28-37 com Apocalipse 19:11-21 (presença de destruição, cadáveres e aves de rapina)

        13. O objetivo da tribulação não é o extermínio da raça humana nem a destruição total do planeta. Jesus compara sua vinda aos dias de Noé no que concerne ao descaso das pessoas diante das profecias e à malignidade das duas épocas em questão. Porém, os acontecimentos são diferentes: No dilúvio, o propósito era destruir todo ser vivo, exceto Noé, família e os animais na arca. Na volta de Jesus, a destruição virá sobre o sistema maligno no qual o mundo jaz e sobre aqueles que se prostram diante de tal sistema (I João 5:19, I Coríntios 15:23-25, Gênesis 6:7, Gênesis 8:21-22)

        14. Após a grande tribulação haverá sobreviventes, inclusive das nações que marcharão contra Jerusalém no Armagedom (Zacarias 14:16)

        15. Não existe base bíblica para separar a igreja da Israel espiritual. Apesar de existirem castigos e promessas específicas para a nação israelense, não se justifica presumir por isso um arrebatamento pré-tribulacional. Nós somos o Israel de Deus, filhos de Abraão, segundo a promessa (Efésios 2:14, Gálatas 3:29, Romanos 11:24:32)

        16. Não existe legitimação para “dividir” a atuação de Deus em dispensações separadas e excludentes. O que vemos na Bíblia é uma revelação progressiva do plano de Deus para a humanidade. Deus trata com todos ao mesmo tempo. Um exemplo disso é que Deus continua atuando profeticamente com Israel em plena “era dos gentios”

        17. Não existe base bíblica alguma para sustentar a volta de Jesus “a qualquer momento”. O próprio Cristo se deteve para revelar todos os grandes sinais que antecederiam sua volta. Após o cumprimento de todos os sinais profetizados pelo Mestre é que sua volta será “a qualquer momento”. Paulo também nos revela dois grandes sinais (Mateus 24:33, II Tessalonicenses 2:1-3). Não se pode usar as epístolas paulinas para sustentar a volta de Jesus “a qualquer momento”, pois elas foram escritas para diversas igrejas até 66 d.C., ano em que Paulo morreu decapitado em Roma. Naquele ano não havia se cumprido sequer o primeiro grande sinal profetizado por Jesus: a destruição de Jerusalém, que só ocorreu em 70 d.C. Paulo e nenhum dos apóstolos ensinaram um arrebatamento “sem sinais prévios”

        18. A salvação nos livra da ira de Deus. Quando falamos em “ira” relacionada à salvação espiritual, não é correto associar essa “ira” a um processo tribulacional, onde os danos sofridos pelos servos de Deus são físicos. O próprio autor do versículo em questão morreu decapitado dentro de um processo de perseguição e tribulação. A salvação que temos é espiritual e eterna, a qual nos torna isentos da ira eterna de Deus, porém não isentos de passar por tribulações (I Tessalonicenses 1:10, I Tessalonicenses 4:9)

        19. Todos os termos neotestamentários usados para referir-se à vinda de Jesus, nos dão a idéia de um evento visível, notável e não oculto: ephiphaneia (aparecimento), apokalipsys (revelação) e parousia (vinda-manifestação)

        20. A primeira ressurreição ocorrerá por ocasião da vinda de Cristo em glória, no final da tribulação. Essa “primeira” ressurreição exclui uma ressurreição em massa anterior a esse momento (Apocalipse 20:4-6)

        21. Toda a revelação escatológica de Jesus, dos apóstolos e até do Apocalipse, é direcionada à Igreja. Que objetivo haveria em revelar-nos esses pormenores e instruir-nos a estarmos atentos aos sinais, se a Igreja não estivesse inserida nesses acontecimentos?

        22. As “bodas do Cordeiro” ocorrerão após a vinda do reino de Deus. O anúncio dessas bodas é feito no final da tribulação (Apocalipse 19:7, Lucas 22:18 – Lucas 21:31)

        23. Jesus nos insta a estarmos atentos aos sinais e a não sermos enganados em meio à tribulação pelos sinais malignos dos “anticristos” e “falsos profetas” (Marcos 24:4, Mateus 24:24, Lucas 12:54-59)

        24. Jesus disse que “quem perseverar até o fim será salvo”. O “fim” de sua narrativa profética no sermão do Monte das Oliveiras é sua vinda em glória, logo após a tribulação (Mateus 24:13, Mateus 24:6)

        25. Jesus predisse que os seus servos seriam odiados “por todas as nações” e que o evangelho seria pregado em testemunho “a todas as nações”. Esses eventos ainda não aconteceram em sua plenitude e devem ocorrer durante a tribulação com a perseguição institucionalizada contra a Igreja e a diáspora decorrente dessa perseguição, produzindo um avivamento nunca antes visto e possibilitando a pregação a “todas as nações”.

        26. Se o pré-tribulacionismo estiver certo, nós, pós-tribulacionistas, estamos preparados pela fé e através do novo nascimento para o arrebatamento anterior à tribulação. Se a posição pós-tribulacionista estiver certa, estaria a Igreja preparada em todos os aspectos para enfrentar esses momentos de sofrimento físico e social extremos? Estão todos sendo ministrados para enfrentarem essa possibilidade? Estão todos sendo ensinados a vigiarem em virtude do engano generalizado que se aproxima?

        Buscamos a conscientização dos servos de Deus a respeito dos eventos que já estão profetizados e a correta postura que todos devemos ter diante da realidade em que vivemos, que já prenuncia a concretização dessas profecias.

        A seguir, daremos nossas principais bases de atuação ministerial:

        1. Nosso propósito não é impor uma idéia ou dogma, como os pré-tribulacionistas têm feito durante décadas, e sim expor uma interpretação sincera das profecias escatológicas e estimular os servos de Deus a estudarem com mais profundidade esses assuntos. Temos observado que a grande maioria dos cristãos, no tocante aos assuntos escatológicos, não tem feito aquilo que os bereanos fizeram, ao ouvir a palavra ministrada por Paulo. Muitos têm aceitado a hipótese pré-tribulacionista como verdade absoluta, por falta de interesse em estudar as profecias escatológicas, outros por falta de entendimento, ao julgar esses assuntos muito complicados, o que na realidade não é verdade.

        A maioria das igrejas protestantes tem adotado o pré-tribulacionismo como base doutrinária para entender os últimos acontecimentos. Isso se deve ao fato da maior parte dessas igrejas ter surgido a partir de começos do século dezenove, época em que começou a ser divulgado o pré-tribulacionismo por parte dos irmãos de Plymouth – EEUU (1830). Esse tipo de interpretação influenciou todas as igrejas do período, das quais as atuais são herdeiras, sejam elas tradicionais, pentecostais ou neopentecostais. Anterior a esse período (século XIX), não havia distinção entre arrebatamento e segunda vinda em glória. O maior exemplo dessa posição é a Igreja primitiva.

        Ao ler as cartas de Paulo, Pedro e João fica explícito que eles, como toda a Igreja primitiva, esperavam a volta do Senhor já em seus dias, vivendo em pleno processo tribulacional. Essa vinda não seria para “evitar” que a Igreja entrasse num processo de tribulação e sim para tirá-los da tribulação em que a Igreja vivia (II Tessalonicenses 1:7-10).

        Eles relacionavam essa tribulação e a perseguição desencadeada pelo Império Romano à grande tribulação profetizada por Jesus e o imperador perseguidor ao anticristo. A Igreja primitiva não esperava um arrebatamento anterior à tribulação (até pelo fato de viverem em constante perseguição e tribulação). Eles esperavam a vinda poderosa de Cristo, para arrebatá-los, derrotar o anticristo (para eles o imperador romano) e instaurar o reino milenar. Diante disso, podemos assegurar que a igreja primitiva não era pré-tribulacionista!

        2. A revelação escatológica neotestamentária, principalmente o Apocalipse, é dirigida à Igreja. É claro que o povo judeu terá uma participação decisiva nos últimos acontecimentos, porém a presença da Igreja nesse contexto, inclusive o tribulacional, é inegável à luz da Palavra. Por exemplo: Em Mateus 24:22, Jesus disse que se os dias da grande tribulação não fossem abreviados, ninguém se salvaria (no aspecto físico, para permitir a existência de sobreviventes e o cumprimento da promessa de transformação dos que estiverem vivos e não a nível espiritual, pois a nossa salvação independe dos danos físicos causados num processo tribulacional).

        Eles serão abreviados por causa dos escolhidos. Os pré-tribulacionistas tendem a relacionar esses escolhidos ao povo judeu. No entanto, oito versículos depois, Jesus continua a narrativa dizendo que os escolhidos serão ajuntados desde os quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus (Mateus 24:30-31). Essa é uma descrição do arrebatamento, que, de acordo com próprio Mestre, acontecerá ao mesmo tempo da sua segunda vinda em glória. Note que os escolhidos serão ajuntados (arrebatados). Portanto quando Jesus menciona no versículo 22 a palavra “escolhidos”, não está referindo-se a Israel como nação e sim à Igreja, pois esses mesmos escolhidos são arrebatados no versículo 31, sendo o arrebatamento uma promessa específica para a Igreja e não para Israel.

        Em Daniel e também no Apocalipse, fica claro que o anticristo fará guerra contra os santos e matará a muitos, principalmente após a instauração a nível mundial da marca da besta (sistema de controle político-financeiro). Outra vez, não devemos confundir esse ataque aos santos, com o povo de Israel, pois Israel só será atacado frontalmente pelo anticristo no final da tribulação, quando reunir os exércitos da terra contra a terra santa no Armagedom. Inclusive, a Bíblia afirma em Apocalipse 20:4-6 que os cristãos martirizados (assassinados pelo anticristo) por não aceitarem a nova ordem mundial (a marca da besta), ressuscitarão na primeira ressurreição, excluindo categoricamente uma ressurreição em massa antes da tribulação, como é defendida pelos pré-tribulacionistas.

        3. Não existe nenhuma passagem bíblica que determine claramente a segunda vinda de Jesus dividida em duas etapas: uma oculta, para arrebatar a Igreja, e a outra no final da tribulação, para derrotar o anticristo e instaurar o reino milenar. O pré-tribulacionismo chega a essas conclusões por meio de uma série de deduções indiretas e suposições. Uma análise direta e desprovida de todo tipo de preconceito vai deixar claro, para qualquer pessoa interessada na verdade escatológica, que o arrebatamento da Igreja acontecerá ao mesmo tempo da volta de Jesus com poder e grande glória.

        4. O amor de Cristo pela Igreja não a torna isenta de viver tribulações. Se assim fosse, então nossos irmãos primitivos, que foram perseguidos, torturados e martirizados, entre os quais líderes do porte de Pedro, Paulo, João, Tiago, Estevão, Policarpo e tantos outros, não estariam debaixo do amor de Cristo! O próprio Mestre disse: “o servo não é maior que o seu senhor”. Se Jesus foi perseguido pelo sistema político e religioso da época, e sofreu dores em seu próprio corpo, por que nós estaríamos isentos? A Igreja atual está mais preocupada em não passar pela tribulação para manter a sua integridade física e social ou em anunciar o evangelho e não negar o nome de Jesus, mesmo que isso signifique dano físico ou morte em meio à mais ferrenha perseguição e tribulação?

        5. Cremos que a visão pós-tribulacionista deve ser levada em consideração e aplicada ao processo de fortalecimento espiritual do cristão nesses últimos dias. Pelo simples fato de preparar-se diariamente, tanto no aspecto psicológico quanto espiritual, para viver um período de perseguição e tribulação nunca visto anteriormente, o pós-tribulacionista, se for coerente com aquilo que crê, deve preparar-se como um guerreiro para o que der e vier. Está preparado até mesmo para ser arrebatado antes da tribulação, se a hipótese pré-tribulacionista estiver certa. O contrário, porém, não pode ser verificado entre os pré-tribulacionistas. Quantos cristãos nos dias atuais estão preparados para morrer pelo evangelho? Quantos cristãos estão preparados espiritualmente para serem perseguidos de forma implacável pelo sistema político e religioso? Quantos abririam mão, da noite para o dia, de tudo o que construíram neste mundo?

        Os líderes estão ministrando às igrejas essa preparação espiritual de guerra ou estão estimulando os liderados a viverem de acordo com estereótipos de sucesso seculares, esperando que as coisas “melhorem” através de soluções humanas? Os cristãos modernos estão buscando a implantação do reino de Deus ou estão indo atrás das coisas que o próprio Jesus disse seriam acrescentadas automaticamente a quem buscasse primeiro o reino? Nisso radica o verdadeiro perigo.

        Acreditamos que muitos só acordarão para a realidade tribulacional quando for muito tarde (pelo simples fato de não ter acontecido o arrebatamento anterior a tribulação, como é esperado pela maioria). Para essas pessoas, devido à falta de preparação e ao seu grau de comprometimento com a vida secular e os seus padrões de sucesso, será extremamente difícil optar pela exclusão e perseguição. Em vez disso escolherão o bem-estar social proposto pela besta através da marca. Alguns estão tão envolvidos com o processo político e social, que simplesmente não perceberão o surgimento do anticristo e a aplicação de seu plano a nível mundial…

        Aqui vale ressaltar que o anticristo, um enganador, não surgirá como um vilão e sim como um herói e líder carismático, levando-o a ser apoiado em seus planos aparentemente infalíveis, pacificadores e humanitários, até mesmo por lideranças que se dizem “cristãs”, pois o mesmo terá um enorme poder de convencimento e sedução. Outros, apesar de terem acreditado na posição pré-tribulacionista, entenderão já estar vivendo a realidade tribulacional, e terão reservas espirituais (azeite) para enfrentar esses momentos difíceis, o que se encaixa perfeitamente na parábola das dez virgens, onde todas cochilam e dormem, por causa da demora do noivo, e em determinado momento “despertam para a realidade”. Somente a metade tinha combustível necessário para que as suas lâmpadas brilhassem em meio à escuridão (tribulação). A perseguição sobre a Igreja será implacável, e devido a isso muitos desfalecerão ou até mesmo renunciarão ao nome de Cristo, só para manterem sua integridade física e social. Será um momento de prova final, onde saberemos quem verdadeiramente tem compromisso com Deus e quem está na Igreja hoje interessado somente no que Deus pode dar em troca. Jesus deixou uma pergunta emblemática antes de partir:

        Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?

  69. dimmesheldon said, on 23/05/2012 at 08:53

    Me desculpe, mas seus cometários são muito precipitados.
    A grande mentira de Satanás é essa que você anuncia. O que o Diabo mais quer é deixar pessoas no arrebatamento. Você está ajudando ele e propagar esta mensagem.

    Me explica essa passagem bíblica então;

    ****** Em 1 Tessalonicenses 4:16-17 Paulo disse assim… *******

    16- Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
    17 -Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

    Pergunta 1 – O que é a voz do arcanjo?
    Pergunta 2 – O que é a trombeta de Deus?
    Pergunta 3 – O que é ser ARREBATADO para as nuvens?
    Pergunta 4 – Porque nos encontraremos com Jesus nos ares e não na terra? Ele pisará na terra nesta passagem?
    Pergunta 5 – Se Jesus não pisar na terra, posso dizer que Ele ainda não vei para Reinar? (Se viesse, por que não pisaria na terra?)

    A palavra “Arrebatamento” procede do verbo grego harpazõ, e significa “retirar algo com rapidez” e de forma inesperada.

    Fonte: http://artigos.gospelprime.com.br/a-final-abrir-e-fechar-de-olhos-ou-todo-olho-o-vera%e2%80%8f/#ixzz1vgvL4Bab

    No dicionário Aurélio diz o seguinte…
    arrebatar
    [De ar-1 + rebate + -ar2.]
    Verbo transitivo direto.
    1.Tirar com violência ou força; arrancar:
    2.Levar, desprender, de um ímpeto:
    3.Raptar:

    ***** Como você explica outro texto encontrado em 1 Co 15:52 *****

    52 – Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

    –>De acordo como dicionário Aurélio a palavra momento quer dizer;
    [Do lat. momentu.]
    Substantivo masculino.
    1.Espaço pequeníssimo, mas indeterminado, de tempo; instante.

    –>Abrir e fechar de olhos = Um piscar de olhos dura em média 100 ms

    Este texto nos faze entender que será tão rápido que nenhum olho poderá ver, a não ser o próprios salvos.
    Isto quer dizer que será uma surpresa para o mundo. Será derrepente!!!

    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

    Você disse:
    ” Só para esclarecer, quando cito Mateus 24, é uma forma de sintetizar o que estou falando, dando a fonte diretamente de Jesus Cristo, nem precisando pesquisar em outros livros da Bíblia. Mas já que pra você as palavras de Jesus Cristo são irrelevantes, então passo pra você a visão completa. ”

    Não sei se você percebeu, mas você disse “… dando a fonte diretamente de Jesus Cristo,…” Meu colega toda a bíblia é inspirada por Deus. Jesus é a fonte de toda a bíblia. Não importa o livro ou versículo que escolho, tudo é a palavra de Deus. Paulo é uma das fontes de Jesus, O profeta Isaías, Daniel, João… todos são fontes usadas por Deus. Longe de mim menosprezar as palavras de Jesus tornando-as irrelevantes. Simplesmente acho que a pessoa que diz que o Pré-tribulacionismo é uma heresia (doutrina de Satanás) tem que ter mais do que um versículo como base, mais que uma historinha de John Nelson Darby.

    Vocês, pós-tribulacionistas estão fazendo uma mistura terrível com os versículos bíblicos, estão se perdendo.

    Você disse: ” O Senhor Jesus, em seu sermão profético, relaciona somente sua vinda após a tribulação, não mencionando em nenhum momento um arrebatamento oculto anterior ao momento da vinda em glória, mas um arrebatamento que faz parte de sua gloriosa vinda, logo após a grande tribulação (Mateus 24:29-31, Marcos 13:24-27 e Lucas 21:25-27)

    Você concorda que a Grande Tribulação será o derramamento da Ira de Deus?
    Então me diga;

    PRA QUE SEREMOS ARREBATADOS APÓS A GRANDE TRIBULAÇÃO???
    Não faz sentido sua interpretação. A ideia de Jesus é nos livrar da tormenta meu jovem…

    “Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo,” Apoc 6:16-17

    “Logo muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.”Col 3:6

    ***** Acho que você nem leu o que escrevi anteriormente. *****

    Você está perdendo o melhor de Deus para nós. Não ajude o Diabo divulgando a mensagem de que não haverá arrebatamento. Desta maneira você está ajudando muitas pessoas a ficarem no arrebatamento. Você será responsável pelo sangue de cada alma que leu seus comentários distorcendo a verdade.

    Cuidado… muito cuidado… você está sendo uma arma de Satanás para propagar essa mentira do pós-tribulacionismo.
    Desta forma só me resta dizer… não aceite a marca da Besta!!!

    Deus te abençoe!

    • Blog Juízo Final said, on 31/05/2012 at 20:53

      É meu amigo, Deus tenha misericórdia de sua vida, porque satanás não terá quando você passar os 7 anos de tribulação. Veja este vídeo.

  70. Taynan said, on 24/05/2012 at 21:06

    Parabéns pelo blog!

  71. Brunno said, on 31/05/2012 at 12:35

    Vejam o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=PxPJ7Dk2PSM. Não defendo quaisquer teorias sobre quando será a vinda de Jesus pois nem mesmo Ele o fez. Antes, com meu coração voltado ao Pai, pretendo permanecer firme, constante e sempre abundante na presença do Senhor Jesus. Ademais, digo que hoje os verdadeiros cristãos já estão sendo perseguidos e mal interpretados. Dentro das próprias congregações são taxados de fanáticos: -Não é necessário orar tanto, pregar tanto, fazer tanto pelo Reino… Pelo contrário: ao invés disso, o cristão completo na visão atual é aquele que está bem posicionado na sociedade, é aquele que recebe as “chaves da cidade” como fazem em eventos, convenções e congressos no Brasil e no mundo. Eu prefiro receber do Senhor Jesus a chave que abre e ninguém fecha e fecha e ninguém abre, descrita em Apocalipse. A chave da vida eterna é a única coisa que devemos buscar aqui na Terra pois as outras Jesus acrescenta. Ainda neste comentário chamo a atenção para o texto de Hebreus capítulos 11 e 12. Qualquer dentre vós que desejam habitar nos céus devem estar a altura destes. Como descreve a palavra, sem nem por tudo o que passaram alcançaram a promessa que dirá então para aqueles que a devem alcançar. O arrebatamento para muitos será daqui a anos, para outros daqui a alguns minutos no leito de morte. Mas, só iremos para Deus se de fato crermos que Ele existe e é Ele que nos dará o fim que desejamos. Para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro. Sigam fielmente Gálatas 6. 14 e que Deus vos Abençoe!!!

  72. Brunno said, on 31/05/2012 at 20:01

    Amados o projeto blue beam tenho que confessar, mudou radicalmente meus pensamentos sobre teorias conspiratórias. Ele se encaixa perfeitamente com a OPERAÇÃO DO ERRO para que creiam na mentira. O controle mental aliado com as sensações visuais de SINAIS NOS CÉUS e sensoriais de SINAIS NA TERRA, tempestades, tsunamis, furacões e terremotos, espetáculos a olho nu, com certeza enganarão a muitos se possível for os escolhidos.

    Parabéns ao Blog JF por discutir tais temas. Me interessei pelo assunto e agora sou um estudante preparando-me para passar pelos AIS dando honra e glória ao Senhor Jesus.

    O vídeo em anexo discute o perigo de se acreditar somente na teoria pre-tribulacionista. O fato é que perigosamente faremos uso do argumento que Deus não nos deixará sofrer com os danos da tribulação porque assim o poderíamos considerar um Deus injusto, o que claramente é uma blasfêmia.


    Não seremos deixados para trás. Pelo contrário, irmãos pré-tribulacionistas: Se por acaso ficarmos no período da tribulação, assim como o Senhor proveu para Israel a proteção na época do derramar das dez pragas no Egito, assim também nos guardará da hora da angústia se permanecermos crendo em sua divina Providência.

    Não defendo quaisquer teorias sobre quando será a vinda de Jesus, pois nem mesmo Ele o fez dando apenas os sinais desta vinda e de como ocorrerá. Acerca de quando, nosso Salvador diz que apenas o Pai sabe o dia e a hora.

    Antes, com meu coração voltado ao Pai, pretendo permanecer firme, constante e sempre abundante na presença do Senhor Jesus aguardando a volta do Salvador em todo o tempo. “Em todo o tempo sejam alvas tuas vestes e não falte o óleo sobre sua cabeça”: Orando sem cessar, regozijando sempre e etc.

    Ademais, digo que hoje os verdadeiros cristãos já estão sendo perseguidos e mal interpretados. Dentro das próprias congregações são taxados de fanáticos: -Não é necessário orar tanto, pregar tanto, fazer tanto pelo Reino… Pelo contrário: ao invés disso, o cristão completo na visão atual é aquele que está bem posicionado na sociedade, é aquele que recebe as “chaves da cidade” como fazem em eventos, convenções e congressos no Brasil e no mundo. Que prefiramos receber do Senhor Jesus a chave que abre e ninguém fecha e fecha e ninguém abre, descrita em Apocalipse.

    A chave da vida eterna é a única coisa que devemos buscar aqui na Terra, pois as outras Jesus acrescenta. Ainda neste comentário chamo a atenção para o texto de Hebreus capítulos 11 e 12. Qualquer dentre vós que desejam habitar nos céus devem estar a altura destes pais da fé, profetas e discípulos através dos tempos. Como descreve a palavra, sem nem por tudo o que passaram alcançaram a promessa que dirá então para aqueles que a devem alcançar. O arrebatamento para muitos será daqui a anos, para outros daqui a alguns minutos no leito de morte.

    Mas, só iremos para Deus se de fato crermos que Ele existe e é galardoador daqueles que o buscam, isto é, Ele que nos dará o fim que desejamos. Para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro. Sigam fielmente Gálatas 6. 14 e que Deus vos Abençoe!!!

    • Blog Juízo Final said, on 31/05/2012 at 21:05

      Meu irmão, a ideia é esta, espalhar esta verdade pra todos quanto ainda é tempo. Em lugar algum da Bíblia diz que haverá um arrebatamento antes da tribulação, o que existe são interpretações erradas, onde o homem quer corromper o evangelho pregado do Jesus Cristo.

      Muitos destes irmão ficarão perdidos, desorientados e perderão a fé. Satanás é sagaz, o verdadeiro agente da desinformação, onde diz muitas verdades e planta as suas mentiras, nem que seja 1%, mas esse percentual causará perdas irreparáveis.

      Que Deus tenha misericórdia de todos nós.

  73. Brunno said, on 01/06/2012 at 14:22

    Obrigado por responder JF. Para todos que ardentemente querem discutir um pouco mais sobre a volta de Jesus vejam o filme http://www.youtube.com/watch?v=xtcUHsjRom8.

    Longe de mim ser uma autoridade no assunto em questão neste tópico.Não sou bacharel em Teologia, mestre ou doutor em Escatologia. Contudo fiz vários cursos de Teologia pastoral (versão simplificada de bacharel) e Teologia a distância e aprendo constantemente pedindo a Deus o Espírito da verdade que o mundo não pode receber mas que habita em todos aqueles que guardam os seus mandamentos.

    Portanto, peço que leiam retendo apenas o que é proveitoso, segundo as Escrituras.

    Arrebatamento não é mandamento. Apenas dois o são: Amarás o Senhor teu Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo.

    O termo arrebatamento aparece para explicar o fenômeno descrito em I Coríntios 15 a partir do versículo 51 e textos correlatos de uma aparição de Jesus que causará nos verdadeiros cristãos uma transformação rápida e seremos levados para Ele assim como Ele foi para o Pai.

    Ok. Vamos analisar no entanto o contexto. Porque “Texto sem contexto é pretexto para heresia” como de costume em boas escolas que estudam a palavra de Deus.

    I Coríntios 15 fala da ressurreição. Afirma que Cristo é o nosso Salvador e que de fato ressuscitou como desacreditavam algumas seitas da época. Confiram I Corintios 15 precisamente nos versos 12 a 18. Os 11 primeiros versículos é a essência do Evangelho que Paulo prega.

    Agora vejam:
    Verso 19
    Se esperamos em Cristo só nesta vida somos os mais miseráveis de todos os homens.

    O argumento de muitos é que sofrer não é o propósito de Deus para o seu povo. Nas Escrituras no entanto encontro apenas uma referência disso: Não sofreremos apenas o dano da 2ª morte segundo Apocalipse 20: 4, 5 e 6, que, por acaso, encontra-se logo após a grande tribulação e que mostra o último inimigo a ser aniquilado como veremos a seguir. Ele não é vencido antes!

    Cristo não quer que fiquemos ansiosos por COISA ALGUMA nesta terra.Isso inclui a 2ª vinda e o julgamento. O sangue dos justos clamam por esses eventos mas só ocorrerão na ordem divina. Vejam o verso 23.

    O último inimigo a ser aniquilado é a morte Verso 26.

    Segundo os versos 24 e 25 somente após a vitória sobre as potestades,os impérios da besta e a morte é que haverá ocasião da vinda de Cristo.

    E aí o texto segue explicando que em vida devemos semear a incorruptibilidade através de uma vida espiritual, santa e imaculada, de uma obediência a nosso Senhor Jesus que é o primogênito dentre os mortos, para que assim como Ele é sejamos nós.

    E culmina com o belo acontecimento com aqueles que estiverem vivos até o findar destes acontecimentos.

    Versos 51 a seguir.

    Ainda para esclarecer este assunto sobre o arrebatamento, Satanás está ciente disso e tem usado sua arte de ludibriar, para desacreditar aqueles que estão dispostos a dar sua vida por amor a Deus querendo nos fazer acreditar que uma vez salvos pela graça e frequentarmos os cultos, darmos os dízimos e ofertarmos, fazermos a obra, visitarmos os doentes, presos, etc, estaremos isentos de problemas, perseguições e tribulações.

    O plano está bem sucedido como vemos nos nossos templos é a TEOLOGIA DA PROSPERIDADE que está operando: viveremos e comeremos o melhor desta terra e por fim seremos abençoados com a vida eterna sem passar pelo que nosso Salvador passou.

    A igreja cada vez atrai mais celebridades que não renunciam suas vidas de luxo, suas práticas pelo contrário as agregam aos valores da igreja deturpando os princípios da sã doutrina.

    Não é isso que o Mestre ensinou. Pelo contrário são frases como estas que encontro na Bíblia: ..acaso é o servo maior que o seu Senhor? bem aventurados quando forem perseguidos por causa do meu nome… alegrai-vos por passardes tribulações..

    A Escritura diz em I João 2. 28: E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar tenhamos confiança e não sejamos confundidos por ele na sua vinda, isto é, teremos consciência da volta de Jesus através dos sinais e por isso teremos confiança e não seremos confundidos.

    Yahushua (Jesus) se manifestará e com certeza num abrir e fechar de olhos (a melhor figura de linguagem para comparar uma atividade humana com a surpreendente velocidade da luz (300 000 000 m/s)) porque assim como ele é o seremos (Deus é espírito, seremos espirituais com um corpo glorificado).

    Não fiz aqui um tratado. Apenas contribui com o que julguei necessário. Gostaria de expandir a discussão para meu crescimento.

    Yahushua abençoe a todos!!

  74. dimmesheldon said, on 01/06/2012 at 15:20

    Paulo diz: “… num abrir e fechar de olhos..” (1Co 15 :52). Ou seja, será muito rápido… Quando ele vir para reinar na terra todo o olho o verá. Então me diga… porque Paulo cita esta passagem? Num piscar quer dizer que vai ser rápido… tirados derrepente…

    Ou seja, a 2ª vinda de Jesus será dividida em duas fazer; a primeira é para livrar a igreja e a segunda ele virá para reinar com a igreja.

    BRUNNO, Jesus realmente não sabe o dia nem a hora, NÓS QUE ACREDITAMOS NO ARREBATAMENTO DA IGREJA ANTES DA GRANDE TRIBULAÇÃO EM NENHUM MOMENTO ANUNCIAMOS O DIA NEM A HORA. Anunciamos que Jesus virá antes da Grande Tribulação, só isso. Leia os meus comentários acima e veja como mostramos biblicamente a base de nossa FÉ dessa grande promessa.

    Aos que dizem que “NÃO IMPORTA SE É ANTES OU DEPOIS” cuidado!!! Vocês estão ferindo o coração de Jesus!

    Acreditar que Ele nos deixaria participar de tamanha ira de Deus (que não vai ser pouca) é o mesmo que dizer que Jesus não tem MORAL, NEM PODER, NEM DISCERNIR ENTRE O ÍMPIO E O JUSTO.

    “Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo,” Apoc 6:16-17

    “Logo muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.”Col 3:6

    Dizer que o pré-tribulacionismo é coisa do Diabo é o mesmo que blasfemas contra Deus e a sua palavra!

    Precisão interpretar melhor as promessas de Jesus.
    Vocês estão misturando as promessas dos Judeus com a igreja! Os judeus sim, passarão pela grande tribulação até a volta de Cristo para Reinar, mas a igreja não. As promessas para a Igreja são outras!!! Leiam a bíblia direto!!!

    VOU DAR UM CONSELHO: LEIA A BÍBLIA PEDINDO INTERPRETAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO, DEIXEM A SABEDORIA VOCÊS DE LADO. E DEIXEM O PRÓPRIO JESUS FALAR!!!

    SE VOCÊS NÃO CREEM NAS PROMESSAS DE JESUS, COM NÓS CREMOS, SABENDO QUE ELE TEM PODER PARA NOS LIVRAR, SÓ TENHO A DIZER; COITADO DE VOCÊS! VÃO PERDER A FESTA MAIS LINDA QUE JESUS NOS PREPAROU. SEREMOS RECEPCIONADOS POR JESUS, PELO ESPÍRITO SANTO E OS ANJOS NOS ARES. E SEREMOS LEVADOS PARA O CÉU DE GLÓRIA, E CONHECERMOS O PAI AMADO. OS QUE AQUI FICAREM, PASSARÃO POR 7 ANOS DE GRANDE TRIBULAÇÃO, AO FIM DOS 7 ANOS, JESUS VOLTARÁ CONOSCO PARA REINAR POR 1000 ANOS. DEPOIS DE TUDO ISTO, SERÁ O JUÍZO FINAL.

    VOCÊ CRÊ? NÃO ME RESPONDA, RESPONDA PARA JESUS.

    DIGA AGORA PARA ELE NO QUE VOCÊ ACREDITA.

    NÃO DECEPCIONE ELE! ELE TEM PODER PARA NOS LIVRAR DA IRA VINDOURA, FOI PARA ISTO QUE ELE MORREU POR NÓS!!! ALELUIA! ALELUIA! GLÓRIA A DEUS!

    • Blog Juízo Final said, on 01/06/2012 at 15:30

      Meu amigo, só vou dizer duas coisas pra você.

      A primeira, você não tem que sentir pena das pessoas, na parte quando você disse “COITADO DE VOCÊS”, isto mostra a sua arrogância, você tem que sentir amor e misericórdia em relação as pessoas.

      A segunda, quando você disse para o Espírito Santo deixar fluir a interpretação, você mesmo não está fazendo isto, pois, quem acredita no pré-tribulacionismo, comete o erro fatal de confundir a ira de Deus, com a tribulação. A ira de Deus será o julgamento e não a tribulação.

      É meu amigo, deixa o Espírito Santo de Deus agir em sua vida, uma coisa eu tenho certeza, você pela sua escolha, não terá direito algum de reclamar no final.

      Conhecereis a verdade e a verdade vos libertarás.

      O povo erra por falta de conhecimento.

  75. dimmesheldon said, on 01/06/2012 at 16:01

    Aaaa, outra coisa.

    Blog Juízo Final disse, em 31/05/2012 às 20:53
    É meu amigo, Deus tenha misericórdia de sua vida, porque satanás não terá quando você passar os 7 anos de tribulação.

    Eu faço parte da noiva do Cordeiro. A noiva da qual o Diabo não vai ter o prazer de reinar sobre ela. Só quem reina sobre nós é Jesus!!! Mas se vc’s querem passar pelo reinado de SATANÁS… então, boa sorte!

    O Anticristo pode até já estar em algum ponto do globo terrestre, porém não será revelado até que haja o arrebatamento da Igreja, sendo, então inútil tentar identificá-lo no momento. Portanto o próximo evento que aguardamos é a vinda do Senhor Jesus nos ares e o imediato arrebatamento da Igreja (1 Ts 4.16-17). Com a saída da Igreja da terra, que terá findado o seu tempo no propósito de Deus, que era anunciar o evangelho a todas as nações, haverá em consequência a retirada do Espírito Santo, que era quem retinha o Anticristo (2 Ts 2.7-8).

    Logo após o arrebatamento da Igreja, em meio a turbulência e a perplexidade causada pelo desaparecimento do povo de Deus, surgirá o Anticristo. Haverá soluções para grandes problemas e conflitos sociais da humanidade, haverá uma paz aparente e prosperidade (Ap 6), o problema da fome será temporariamente contornado e estabelecido o controle econômico de cada indivíduo (Ap 13.16,17). Todas as pessoas serão controladas, tudo estará sob o seu domínio, ninguém poderá comprar ou vender sem que ele saiba. Tomará o lugar de Deus no coração da humanidade, e espera ser adorado por todos (AP 13.3-8).

  76. Brunno said, on 01/06/2012 at 17:22

    Ao amigo dimmesheldon peço uma réplica.

    Eu era adepto ao pré-tribulacionismo até o início deste ano de 2012. Aliás 4 de 5 igrejas protestantes acreditam nesta teoria. Há também uma grande aceitação no mundo todo O que me fez ponderar sobre o cristão passar pela tribulação foi o fato de que hoje os verdadeiros cristãos estão vivendo de forma diferente do que a massa cristã de quase 2 bilhões de pessoas vive: Vc já viu os vídeos de cristãos na China e Índia? E sobre Sam Childers na África de Kony? Na Coréia do Norte e em outros lugares do mundo? Eles merecem o arrebatamento muito mais do que eu e você.. Mas, ao invés de ficar indignados de porquê o noivo tarda, eles procuram mesmo na tribulação pregar o evangelho ao custo de suas vidas!

    Não vejo sequer um pastor pré-tribulacionista, nem mesmo o meu, fazer um sermão sobre o sofrer as aflições e angustias deste mundo como um bom soldado de Cristo sem militar com as coisas desta vida para honrar
    Aquele que o arregimentou.

    O que digo irmão é que Deus é mais poderoso do que podemos imaginar! Ele nos livrará da angústia quando estivermos em meio às guerras e tribulações; E nos dará descanso em tempos de guerra, por darmos a Ele as nossas vidas.

    Deus nunca foi de livrar seu povo do sofrimento, mas no sofrimento ele salva e dá vitória.

    Nos textos sobre arrebatamento falam: os que MORRERAM EM CRISTO (perseguidos, passando por tribulações,prisões, torturas etc como Jesus,os discípulos, os profetas) ressuscitarão primeiro “E nós os que ficarmos vivos ou nós vivos” indica uma ideia de sobreviventes. De fato, logo depois Paulo afirma que essa palavra de revelação é para consolar os irmãos e dizer que nosso trabalho e sofrimento não é vão (I cor.15: 51 – 58 e I tess. 4. 16 – 18)

    Consolar porque está tudo bem ou não estamos sofrendo não parece a descrição dos fatos.

    No entanto, é mais sensato pensar que este conforto é necessário exatamente porque do nosso lado estão morrendo irmãos em Cristo e estamos sendo torturados e forçados a encarar a Grande Tribulação.

    Não vejo Deus frágil, ou injusto ou qualquer outra atribuição que o descaracterize. Vejo um Deus maravilhoso que me dá a oportunidade de dar uma prova de amor a Ele além das músicas e hinos nas igrejas. É tão fácil cantarmos ” Eu estou disposto a morrer por Ti” .. ” E o sacrifício sou eu” .. Além das palavras Jesus eu te amo.. Veja na Bíblia Jesus pergunta para Pedro três vezes se ele o ama. E após a resposta Jesus lhes dá mandamentos.. A prova de amor de Pedro se deu quando ele cumpriu os propósitos de Deus e morreu dando testemunho em meio à tribulação de seus dias e assim todos os homens de Deus.

    Prefiro acreditar que preciso me preparar para as dores primeiro depois para a glória, se não que valor teriam os seguintes textos: II Corintios 4: 16,17 e 18. (Contexto de grande perseguição à igreja) Apocalipse 21: 1 a 4 (Promessa após a grande tribulação).

    Uma coisa é certa irmão não me julgue mal por ter lhe dito estas coisas. É muito mais comodo acreditar que não sofreremos os danos da tribulação e se assim o Criador quiser Glória a Deus e pode ter certeza que vou com Ele!!

    Mas quero dizer que é muito melhor estar pronto para enfrentar as dores e sofrimentos por amor do nome do Senhor pois esta fórmula é INFALÍVEL: Aquele que se humilha será exaltado. Jesus morreu por nós, venceu a morte e por isso tem um nome acima de todo o nome. Mt 28: 18 e Filipenses 2:8 -11. Eu prefiro parecer com Ele: Morrer (para o meu eu e para este mundo se preciso for até fisicamente) por amor do Senhor e do meu próximo dando testemunho de Jesus; vencer a morte ainda em vida se for sobrevivente ou ressuscitando na 1ª ressurreição e tendo assim um nome especial que só eu e o Criador saberão conforme está nas Escrituras. Amém.

    Considerações ao blog JF
    Parabéns pelos temas dei uma olhada nos outros e estão bem recheados de informações relevantes.

    Valeu pela oportunidade JF de expor aqui algumas idéias. Vamos abrir os olhos dos verdadeiros cristãos para uma realidade diferente dessa que estão espalhando por aí de um Deus que só abençoa (Teologia da Prosperidade), que não nos põe à prova (Teoria Pre-Tribulacionista dos Radicais que não aceitam outra possibilidade), que não nos conduz ao deserto para ser tentado por Satanás (Negam o fato de Jesus ter sido levado ao deserto pelo Espírito Santo Mt 4. 1 está lá), que não nos deixará ser tocados até a carne por Satanás para mostrar ao mundo que somos dele! Jó 2: 1 – 10 está lá, enfim a luta é grande mas a COROA DA VIDA é maior e eterna!!

  77. dimmesheldon said, on 01/06/2012 at 18:27

    O governo do Anticristo

    A TRÍADE MALIGNA

    O Dragão
    “Um gigantesco dragão de muitas cabeças e muitos chifres. Este dragão é identificado, no versículo 10 [Cap. 12], como Satanás. Assim como o cavalo vermelho, em 6.3, significa sangue e morte, também o vermelho deste dragão é uma referência ao fato de Satanás ser um assassino desde o princípio (Jo 8.44)” (Horton, pp.160,61).

    O Anticristo
    “Apesar de João não usar o nome ‘Anticristo’, o grego anti primariamente significa ‘em vez de’. Ele buscará ser o substituto daquele que foi Deus ungido. Noutras palavras o Anticristo não admitirá ser o Anticristo. Clamará ser o Cristo real, o fidedigno cumprimento das profecias que apontam para o rei que está vindo para implantar o seu reino” (Horton, p.172).

    O Falso Profeta
    “[...] O Falso profeta estará a frente da igreja apóstata durante a primeira parte da Grande Tribulação (os verdadeiros crentes já terão sido arrebatados para o encontro com o Senhor Jesus nos ares). Assim, o Falso Profeta tornar-se-á o líder do sistema religioso mundial que o Anticristo estabelecerá na última parte da Grande tribulação [...]” (Horton, p.181).

    COMENTÁRIO

    introdução

    Palavra Chave
    Governo: Capacidade ou possibilidade de exercer controle sobre um povo.

    Se lermos atentamente os jornais, concluiremos que o cenário já está montado para a ascensão de um governo único no mundo. O que era apenas ensaio há três décadas, já começa a ser encenado no Ocidente com os aplausos do Oriente.
    As nações, fustigadas pela globalização, suspiram por um líder com poderes ilimitados, a fim de reordená-las econômica e politicamente. É o que se depreende dos discursos proferidos nos organismos internacionais. O caos parece iminente.
    Abramos, agora, a Bíblia. As profecias mostram-nos como fato o que parecia ficção: o guia mundial, a quem a Palavra de Deus denomina de Anticristo, está mais próximo do que supomos. Ele aguarda apenas o momento apropriado, para assumir o controle absoluto da terra sob a proteção de Satanás.
    Igreja do Senhor, preparemo-nos para a volta de Jesus!

    I. QUEM É O ANTICRISTO

    A Bíblia apresenta o Anticristo como um personagem real. Não é lenda nem ficção literária.
    1. Definição etimológica. De origem grega, a palavra Anticristo significa, etimologicamente, aquele que se levanta contra Cristo, colocando-se em seu lugar (1 Jo 2.22).
    2. Definição teológica. O Anticristo é o representante máximo de Satanás. É a sua mais perfeita representação (1 Jo 2.18). Trata-se de um homem que, aliciado pelo Diabo, colocar-se-á à sua inteira disposição, com o intuito de governar o planeta em seu nome.
    Ele é conhecido também como a “besta que sobe do mar” e o “homem da iniquidade” (Ap 13.1; 2 Ts 2.3). Daniel no-lo mostra como o “assolador” (Dn 9.27).

    II. O APARECIMENTO DO ANTICRISTO

    1. Tempo. O Anticristo manifestar-se-á logo após o arrebatamento da Igreja. A sua chegada coincidirá com a Septuagésima Semana de Daniel (Dn 9.27). E o seu governo terá a duração de três anos e meio (Ap 13.5). Após esse período, enfrentará a ira do Cordeiro: a Grande Tribulação.
    2. Lugar. A sede política de seu governo será a cidade que, no Apocalipse, chama-se Babilônia (Ap 14.8). A hermenêutica profética permite-nos identificá-la com a metrópole que, no passado, sediou o Império Romano. Quando este reedificar-se, o Anticristo haverá de tomar a cidade de Roma como sede administrativa.
    Sua capital religiosa será Jerusalém que, espiritualmente, recebe do Evangelista os cognomes de Sodoma e Egito (Ap 11.8). Por ocasião da Septuagésima Semana de Daniel, o Santo Templo já estará reconstruído. E nele assentar-se-á o Anticristo como se fora Deus, reivindicando uma adoração que cabe apenas a Deus (Dn 9.27; Mt 24.15; 2 Ts 2.4).
    De Roma e de Jerusalém, a Besta que sobe do mar governará o mundo todo por quarenta e dois meses (Ap 13.5). Nessa empreitada, será sustentado pelo Dragão e pelo Falso Profeta.

    III. O SUSTENTO DO GOVERNO DO ANTICRISTO

    O Anticristo contará com o suporte de dois tenebrosos personagens: um espiritual: o Dragão; e o outro humano: o Falso Profeta.
    1. O Dragão. O Dragão é identificado no Apocalipse como a Antiga Serpente (Ap 12.9). Conhecido também como Diabo e Satanás, foi o responsável pela primeira apostasia da humanidade, ao induzir Adão e Eva ao pecado (Gn 3.1-7). Nos últimos dias, seduzirá a raça humana a cometer a segunda grande apostasia da história: adorá-lo como deus na pessoa do Anticristo.
    Os historiadores futuros certamente verão essa última rebelião da família adâmica como a Queda das quedas e a Apostasia das apostasias.
    2. O Falso Profeta. Embora não passe de um embuste, o Falso Profeta será convincente e irresistível. Seus milagres e prodígios serão de tal forma grandiosos que até fogo fará descer do céu (2 Ts 2.9; Ap 13.13). O apóstolo Paulo chama seus milagres de mentirosos. Ele realizará dois grandes sinais. O primeiro será uma falsa ressurreição: fará com que o Anticristo, dado como morto num possível atentado, volte à vida (Ap 13.3). Diante do acontecido, a humanidade exclamará: “Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?” (Ap 13.4).
    Se o primeiro sinal causou admiração e espanto, o que não diremos do segundo? Ele ordenará aos que habitam na terra que ergam uma imagem à besta que sobrevivera à ferida mortal. Em seguida, dará vida à estátua, que se porá a falar (Ap 13.14,15). Com esses prodígios, convencerá todos a aceitarem a plataforma de governo do Anticristo.

    IV. A PLATAFORMA DE GOVERNO DO ANTICRISTO

    O Anticristo usará de todos os artifícios, quer naturais quer sobrenaturais, visando:
    1. A promoção da mentira. Representante do pai da mentira, o Anticristo terá por objetivo apagar toda a verdade que Deus imprimiu na Bíblia, na consciência humana e na história. Somente assim, conseguirá aprisionar a humanidade (2 Ts 2.11). Ele já começou o seu trabalho relativizando a verdade, inclusive a teológica.
    2. A promoção do pecado. O Anticristo é conhecido também como o “homem do pecado” (2 Ts 2.3). Hoje ele promove o homossexualismo, o aborto e a eutanásia, como se tais pecados e iniquidades fossem virtudes teológicas. Amanhã, quando assumir o governo do mundo, promoverá o genocídio dos que não lhe aceitarem o sinal, e não haverá ninguém para levantar a voz contra esse crime (Ap 20.4).
    3. A promoção do culto a Satanás. Durante o seu governo, constrangerá a humanidade a adorar o Dragão e seus demônios (Ap 9.20). A fim de que a idolatria, em seu mais alto grau, espalhe-se por toda a terra, o Anticristo levantar-se-á contra Deus e contra os que o adoram (2 Ts 2.4).
    4. A promoção de uma economia única. O Anticristo sabe que, somente controlando a economia do mundo, conseguirá subjugar a política internacional. Por isso, instituirá um código, conhecido como a marca da besta, para que sem o seu número ninguém possa comprar ou vender (Ap 13.16-18). Com a globalização da economia, os governos caminham nesse sentido, não pressentindo o que os espera num futuro bem próximo.

    Subsídio Teológico

    “A Marca da Besta
    Através da história, vem-se tentando identificar o Anticristo nos ditadores e tiranos. Quando me encontrava em Israel em 1962, um judeu convertido disse-me para prestar atenção no nome de Richard Nixon, pois vertido em hebraico soma exatamente 666. Mais tarde, um irmão da Itália contou-me que a inscrição dedicada ao papa, e que pode ser vista no interior da basílica de São Pedro, em Roma, em algarismos latinos, também soma 666. É digno de nota que alguns escribas antigos substituíssem o número 666, por 616, para que se encaixasse com o nome de calígula. A igreja primitiva, unanimemente, rejeitou o artifício.
    O Apocalipse, contudo, nada fala sobre a soma de números do nome da besta. A única chave é esta: ‘é o número de um homem’. Expositores da Bíblia interpretam o seis para simbolizar a raça humana. O três para designar a Trindade. A tripla repetição — 666 — pode simplesmente significar que o Anticristo é um homem que crê ser um deus, membro de uma trindade composta pelo Anticristo, Falso Profeta e Satanás (2 Ts 2.4; Ap 13.8)” (HORTON, S. M. Apocalipse: As coisas que brevemente devem acontecer. 2.ed., RJ: CPAD, 2001, p.185).

    Fonte: http://www.estudantesdabiblia.com.br/licoes_cpad/2012/2012-02-10.htm

  78. Brunno said, on 01/06/2012 at 22:41

    Irmão dimmesheldon obrigado por publicar este artigo das assembleias de Deus. Uma importante ferramenta para esclarecer verdades sobre o AntiCristo que com certeza usarei nas aulas de EBD em minha igreja.

    Estão em consonância também com uma das fontes divulgadoras da elite global, o jogo de RPG Illuminati New World Order, que contém em suas cartas, várias intenções que condizem com o exposto no estudo. Vale a pena comparar este estudo com algumas cartas. Veja o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=nhox8mV0rC0&feature=related que mostram estas intenções já na década de 90 inocentemente e coincidentemente desde então muitas dessas cartas se mostraram mais do que um jogo: uma realidade iminente e inevitável.

    Parabéns pela iniciativa e que Jesus o abençoe!!

  79. leandro said, on 06/07/2012 at 06:52

    sei que talvez existam mesmo algumas coisas e relação a cospiração e tals, mas acho que isso tudo dae é exagero, e não vejo muito setindo, se é uma arma ultra secreta da nasa e outras agencias que tem uma mega segurança ate nas coisas ,projetos mais simples, como isso vazou tão detalhadamente ??

  80. ivo m said, on 28/08/2012 at 12:43

    Pessoal, sem neura… devemos entender que a bíblia é um excelente material de estudo, contém muitos pontos verdadeiros, se entendidos como devem ser, não como são, depois da manipulção do homem em cima dos textos.

    Sobre discos voadores, se são realmente hologramas, como explicar a aparição desses e os fatos históricos que já ocorrem há mais de 6.000 anos.

    Somos um planeta dentre milhões em nossa galáxia, a qual é apenas uma dentre bilhões, ou seja, milhões x bilhões = qual a probabilidade?

    O que realmente importa é a dedicação a evolução mental e espiritual, e o respeito a tudo que nos cerca.

    Abs

    • Blog Juízo Final said, on 29/08/2012 at 02:36

      Engraçado, como em todos estes anos, nunca apresentaram algo claramente, sempre aquela suposição que alguém viu. Infelizmente tem muitos que preferem serem manipulados do que descobrir a verdade.

    • Dimme Sheldon said, on 29/08/2012 at 09:18

      Concordo com Blog Juízo Final.
      Acredito literalmente no que diz a Bíblia. Se Deus/Bíblia não fala nada sobre vidas em outra parte do universo é simplesmente porque não existem. Em Apocalipse diz que no fim dos tempos Deus destruirá todo o universo e reconstruirá novos céus e nova terra. Sendo assim como ficaria a vida dos outros planetas? Eles seriam destruídos injustamente, sem nada haver como o nosso destino. Existem vários outros fatores que apontam para essa ideia. Nas BODAS DO CORDEIRO Deus festeja a festa com os anjos, Igreja e Israel não há menção de outros seres. Acredito em disco voadores, mas feitos pelo homem. Existem vários vídeos na internet de carros voadores e outros protótipos. Esse negócio de disco voadores de outros planetas é tudo FAKE!!!

      • Dimme Sheldon said, on 29/08/2012 at 09:21

        Outra coisa… de acordo com os anos contados na Bíblia a terra só tem 6 mil anos, desde Adão.

  81. danny said, on 08/09/2012 at 14:59

    MOSTRE-ME EVIDÊNCIAS DE CASOS COM HAARP E BLUE BEAM… VOCÊ FALOU E NADA MOSTROU DE EVIDÊNCIAS…

    • Blog Juízo Final said, on 08/09/2012 at 22:44

      Pesquise na internet e verá. Não vou te passar os links pra você valorizar o assunto. E não venha me dizer que não encontrou, porque até uma criança de 5 anos, encontra estas evidências, pesquisando na internet.

  82. REIS said, on 25/09/2012 at 08:45

    Se isto é verdade porque não é divulgado nas notícias e jornais e revistas, porque não espalhem isto em folhetos emails etc, se fosse um virus já o tinhamos no pc, mas isto só se fala é na net, e mais nada, só quem tiver sorte de embarrar neste ou naquele bog descobre isto e o resto dos seres ficam nas trevas, se devia fazer uma alerta mundial deste asunto, principalamente entre o mundo religioso.
    De qualquer modo, já estou a preparar a mente e o coração para estes factos se eles de facto acontecerem na minha vida, uma coisa eu sei, é que até os satélites vão mexer com as electrónicas cá de casa, temos de desligar a luz do contador da luz, temos de nos isolar nps quartos interiores como diz a bíblia para nos protegermos disto, porque as pessoas vão ficar malucas., por causa da ignorância que mora nelas, por não fazerem caso dos avisos e por serem tapadas espiritualmente.

    • Blog Juízo Final said, on 25/09/2012 at 10:12

      Que bom amigo que você acordou, sobre a sua indagação, não vemos isto na mídia convencional, por justamente ela trabalhar para a elite dominante. Existe uma estrutura de poderes para comandar este mundo, influenciando para este grande erro. O quarto poder, mais conhecido como a mídia, trabalha justamente para divulgar as informações que são convenientes para esta operação. Exemplo podemos citar os acontecimentos de 11 de Setembro de 2001 nos EUA, a grande farsa deste século, o aquecimento global, a morte de Bin Laden, onde está a verdade? Só encontraremos na mídia alternativa, mas até isto eles já estão se mobilizando para nos tirar.

  83. giovannipinto said, on 08/10/2012 at 18:23

    Tenho uma representação através de um conto sobre os dias do pré e pós arrebatamento, vale à pena ler estes sete pequenos capítulos; http://giovannipinto.wordpress.com/2010/09/28/eu-joao-e-meus-ultimos-sete-dias-na-terra-i/

  84. Tiuari Cosmus said, on 16/10/2012 at 09:00

    Vejo que choras.

    Teu choro atravessa a escuridão, infiltra-se pelas nuvens, mistura-se com a luz das estrelas e chega ao meu coração, na trilha de um raio de Sol.

    Angustiei-me pelo grito de uma lebre estrangulada no laço de uma armadilha, um pardal caído do ninho materno, uma criança que se batia indefesa num lago, um filho que derramava seu sangue na cruz.

    Sabes que te escuto. Fica em paz. Acalma-te.

    Eu trago o alívio para o teu pesar, pois sei qual é a causa…e a cura.

    Choras por todos os teus sonhos de infância, que desapareceram com os anos.

    Choras por todo o teu amor próprio, que foi corroído pelo fracasso.

    Choras por todo o teu potencial, que foi barganhado por segurança.

    Choras por toda a tua individualidade, que foi pisoteada pelas multidões.

    Choras por todo o teu talento, que foi desperdiçado pelo uso errado.

    Encaras a ti mesmo com vergonha e te voltas, apavorado, da imagem que vês refletida na superfície da água. Quem é esse deboche de humanidade que te fita, com os olhos descorados de vergonha?

    Onde está a graça dos teus modos, a beleza de tua figura, a rapidez de teus movimentos, a clareza de tua mente, a eloqüência da tua língua? Quem roubou os teus bens? A identidade do ladrão é tua conhecida, como é de mim?

    Certa feita colocaste tua cabeça em um travesseiro de grama, no campo de teu pai e fitaste uma catedral de nuvens, e soubeste que todo o ouro da Babilônia seria teu, com o tempo.

    Certa feita leste em muitos livros e escreveste em muitas tábuas, convencido além de qualquer dúvida de que toda a sabedoria de Salomão seria igualada e ultrapassada por ti.

    E as estações transformaram-se em anos, até que tu reinasses supremo, em teu próprio jardim do paraíso.

    Lembras-te de quem implantou esses planos e sonhos e sementes de esperança em ti? Não podes lembrar. Não tens recordação daquele momento, quando surgiste pela primeira vez no ventre de tua mãe e coloquei minha mão em teu cenho macio. E do segredo que cochichei em tua pequena orelha, quando leguei minhas bênçãos a ti?

    Lembras-te do nosso segredo? Não podes lembrar. Os anos passados destruíram tua recordação, pois te encheram o espírito de medo, dúvida, ansiedade, remorso, ódio, e onde essas feras habitam, não há espaço para recordações alegres. Não chores mais. Estou contigo…este momento é a linha divisória da tua vida. Tudo que se passou antes não parece mais do que com este tempo em que dormiste dentro do ventre de tua mãe. O que é passado morreu. Que os mortos sepultem os mortos. No dia de hoje, regressas dos mortos-vivos. No dia de hoje, como Elias com o filho da viúva, eu me estendo sobre ti três vezes e voltas a viver.
    No dia de hoje, como Elisha com o filho do shunamita, ponho minha boca sobre a tua, meus olhos sobre os teus, minhas mãos sobre as tuas, e tua carne volta a aquecer-se.

    No dia de hoje, como Jesus no túmulo de Lázaro, ordeno-te que saias, e tu sairás andando de tua caverna do destino, afim de começar a vida nova. Este é o dia do teu nascimento. Esta é a tua nova data de nascimento. Tua primeira vida, como uma peça de teatro, foi apenas ensaio. desta vez a cortina subiu. Desta vez o mundo observa, espera para aplaudir. Desta vez não fracassarás.

    Acende as tuas velas . Divide o teu bolo. Serve o vinho.

    Tu renascestes.

    Como uma borboleta saída da crisálida, voarás…tão alto quanto quiseres e nem as vespas, nem as libélulas, nem os louva-a-deus da humanidade obstruirão tua missão ou tua procura pelas verdadeiras riquezas da vida.

    Sente minha mão em tua cabeça. Escuta minha sabedoria. Deixa-me partilhar contigo, mais uma vez, o segredo que ouviste ao nascer e esqueceste. “És o meu maior milagre”. És o maior milagre do mundo.

    Foram estas as primeiras palavras que ouviste. Depois, choraste. Todos choram.

    Não acreditaste em mim, nessa ocasião…e nada aconteceu, nos anos decorridos, para corrigir tua descrença. pois como podias ser um milagre, quando te consideras um fracasso nas tarefas mais comuns?

    Como podes ser um milagre, quando tens pouca confiança ao lidar com as mais banais responsabilidades? Como podes ser um milagre, quando te achas acorrentado pela dívida e ficas acordado, atormentado, para saber de onde virá o pão de amanhã?

    Basta. O leite derramado azedou. Mesmo assim, quantos profetas, quantos homens sábios, quantos poetas, quantos artistas, quantos compositores, quantos cientistas, quantos filósofos e mensageiros enviei com a mensagem de tua divindade, teu potencial para a divindade e os segredos da realização? Como foi que os trataste?

    Ainda assim eu te amo e estou contigo agora, por meio destas palavras, afim de cumprir o profeta que anunciou que o Senhor voltará a por a mão pela Segunda vez, afim de recuperar o resto de sua gente.

    Eu recoloquei a minha mão.

    Esta é a Segunda vez.

    Tu és o que me resta.

    De nada adianta perguntar; não soubeste, não ouviste, não te foi contado desde o início, não o compreendeste, desde os fundamentos da Terra?

    Tu não soubeste; não ouviste; não compreendeste.

    A ti foi dito que és uma divindade em disfarce, um deus se fazendo de tolo. A ti foi dito que és uma obra especial, nobre na razão, infinita em faculdades, precisa e admirável em forma e movimentando-se como um anjo, como um deus na apreensão. A ti foi dito que és o sal da terra.
    Recebeste o segredo até mesmo de mover as montanhas, executar o impossível.

    Não acreditaste em ninguém. Queimaste o teu mapa da felicidade, abandonaste teu direito à paz de espírito, apagaste as velas que haviam sido colocadas ao longo de tua trilha destinada de glória; depois cambaleaste, te perdeste e te assustaste na escuridão da futilidade e autocomiseração, até tombares em um inferno da tua própria criação.

    Depois choraste, bateste no peito e amaldiçoaste a sorte que te havia sido dada. Tu te recusaste a aceitar as conseqüências de teus próprios pensamentos mesquinhos, feitos indolentes, e procuraste um bode expiatório, para a ele incriminar por teu fracasso. Com que rapidez o descobriste…

    Tu me incriminaste, a mim! Gritaste que tuas deficiências, tua mediocridade, tua falta de oportunidade, teus fracassos…eram a vontade de Deus.

    Estavas errado! Examinemos. Vamos, antes, relacionar as tuas deficiências, pois como posso pedir-te que construas uma vida nova, se não tiveres as ferramentas?

    És cego? O Sol se ergue e se põe sem que o vejas? Não. Podes ver… e os cem milhões de receptores que coloquei em teus olhos capacitam-te a desfrutar a mágica de uma folha, um floco de neve, um lago, uma águia, uma criança, uma nuvem, uma estrela, uma rosa, um arco íris…e a expressão do amor. Conta uma benção.

    És surdo? Pode uma criança rir ou chorar sem que escutes? Não. Tu ouves…e as vinte e quatro mil fibras que coloquei em cada um de teus ouvidos vibram com o vento nas árvores, as ondas que se desmancham nas rochas, a majestade de uma ópera, a súplica de um pássaro, crianças brincando…e as palavras eu te amo. Conta outra benção.

    És mudo? Teus lábios se movem e só emitem saliva? Não podes falar… como nenhuma outra de minhas criaturas, e tuas palavras podem acalmar os raivosos, animar os desanimados, encaminhar o desalentado, alegrar os infelizes, aquecer os solitários, louvar os dignos, encorajar os derrotados, ensinar os ignorantes… e dizer eu te amo”. Conta outra benção.

    És paralítico? Tua forma inerme esbulha a terra? Não. Tu podes mover-te. Não és uma árvore condenada a um local enquanto o vento e o mundo abusam de ti. Podes espreguiçar-te, comer dançar e trabalhar, pois dentro de ti coloquei quinhentos músculos, duzentos ossos e sete milhas de fibras nervosas, todos sincronizados por mim, afim de fazerem o que queiras. Conta outra benção.

    Não és amado e não amas? A solidão te engolfa, noite e dia? Não, não é mais assim. Pois agora conheces o segredo do amor, que, para se receber deve ser dado sem qualquer idéia de retribuição. Amar para obter realização, satisfação ou orgulho não é amor. Amar é um bem pelo qual não se exige retribuição alguma. Agora sabes que amar sem egoísmo constitui sua própria recompensa. E mesmo que o amor não seja retribuído, não se perde, pois voltará a ti e abrandará e purificará o teu coração. Conta outra benção. Conta duas vezes.

    O teu coração está abalado? Ele vaza e se esforça para manter a tua vida? Não. teu coração é forte. Toca em teu peito e sente o teu ritmo, pulsando, na hora, dia e noite, trinta e seis milhões de batidas a cada ano, ano após ano, adormecido ou desperto, bombeando teu sangue por mais de sessenta mil milhas de veias, artérias e capilares…bombeando mais de seiscentos mil galões por ano. O homem nunca criou máquina assim. Conta outra benção.

    Estás com doenças de pele? As pessoas se voltam e fogem apavoradas à tua aproximação? Não. Tua pele está limpa, é uma maravilha da criação, precisando apenas que a trates com sabão, óleo, escova e cuidados. Com o tempo, o mais forte dos metais se desgastará com o uso, mas não essa camada que constituí em volta de ti. Ela se renova constantemente, as células antigas substituídas pelas novas, exatamente como o ser antigo que és tu, te vês agora substituído pelo novo. Conta outra benção.

    Teus pulmões estão poluídos? O alento da vida luta para entrar em teu corpo? Não. Tuas portinholas para a vida sustentam-te até nos mais conspurcados ambientes de tua própria feitura e sempre trabalham para filtrar o oxigênio que dá a vida, enquanto livram teu corpo de detritos gasosos. Conta outra benção.

    Teu sangue está envenenado? Acha-se diluído em água e pus? Não. Dentro de 5 litros de sangue encontram-se 22 trilhões de células sanguíneas e dentro de cada célula encontram-se milhões de moléculas, e dentro de cada molécula há átomos oscilando mais de 10 milhões de vezes por segundo. A cada segundo, 2 milhões de tuas células sanguíneas morrem, sendo substituídas por outros dois milhões, em uma ressurreição que prossegue desde o teu primeiro nascimento. Conta outra benção.

    És deficiente mental? Já não podes pensar por ti próprio? Não. Teu cérebro é a estrutura mais complexa do universo. Eu sei. Dentro de seu um quilo, existem 13 bilhões de células nervosas, número três vezes maior que o de pessoas em tua Terra. para ajudar-te a guardar cada percepção, cada som, cada sabor, cada cheiro, cada ato que vivenciastes desde o dia do teu nascimento, eu implantei, dentro de tuas células, mais de mil milhões de moléculas de proteínas. Cada incidente em tua vida está ali, esperando apenas a tua chamada. e para auxiliar teu cérebro no controle do teu corpo, eu espalhei, por toda a tua forma, quatro milhões de estruturas sensíveis à dor, quinhentos mil detetores de tato e mais duzentos mil detetores de temperatura. Nenhum ouro de nação alguma se acha melhor protegido do que tu.

    Nenhuma de tuas amigas maravilhosas é melhor do que tu.

    Tu és a minha melhor criação.

    Dentro de ti existe energia atômica suficiente para destruir qualquer das grandes cidades do mundo e…reconstruí-la.

    És pobre? Não existe ouro ou prata em tua bolsa? Não. Tu és rico! Juntos acabamos de contar a tua riqueza. Examina a lista. Volta a contá-la. Calcula os teus bens!

    Por que te traíste, a ti próprio? Por que afirmaste, aos gritos, que todas as bênçãos da humanidade te haviam sido tiradas? Por que te enganaste a ti próprio, afirmando que estavas impotente para modificar a tua vida? Estás destituído de talento, sentidos, capacidades, prazeres, instintos, sensações e orgulho? Estás destituído de esperança? Por que te encolhes nas sombras, um gigante derrotado, esperando apenas um transporte para o vazio bem-vindo e a umidade do inferno?

    Tu tens tanto! Tuas bênçãos transbordam em tua taça…e tu não deste atenção a elas , como uma criança mimada e no luxo, pois eu as conferi a ti com generosidade e regularidade.

    Responde-me. responde a ti mesmo. Que homem , rico, velho e doente, fraco e indefeso, não trocaria todo o ouro em seu cofre pelas tuas bênçãos, a que deste tão pouca importância? Toma conhecimento, então, do primeiro segredo da felicidade e êxito; o de que possuís, agora mesmo, todas as bênçãos necessárias para alcançares grande glória. Elas são o teu tesouro, tuas ferramentas com que construir, a começar de hoje, o alicerce para uma vida nova e melhor. Assim sendo, eu te digo, conta minhas bênçãos e já sabes que és minha maior criação. esta é a primeira lei a que deves obedecer, afim de executares o maior milagre do mundo, o regresso da tua humanidade vinda da morte viva.

    E sê reconhecido por tuas lições aprendidas na pobreza. Pois não é pobre aquele que tem pouco, mas aquele que deseja muito…e a verdadeira segurança não está nas coisas que se possui, mas nas coisas sem as quais não se pode viver.

    Onde estão as deficiências que produziram teu fracasso? Existiam apenas em tua mente. Conta as tuas bênçãos.

    E a Segunda lei é como a primeira, proclama tua raridade. Tu te condenaste a um refugo de olaria e lá estavas, incapaz de perdoar o teu próprio fracasso, a te destruir com ódio o ti mesmo, auto-recriminações e revolta por teus crimes contra ti mesmo e outros.

    Não estás perplexo? Não te espantas com o motivo pelo qual posso perdoar teus fracassos, tuas transgressões, teus modos deploráveis…quando tu não podes perdoar a ti próprio?

    Eu te falo agora por 3 motivos. Precisas de mim. Não és um em uma manada que marcha para a destruição em massa parda de mediocridade. E…tu és uma grande raridade.

    Examina uma pintura de Rembrandt, um bronze de Degas, um violino de Stradivarius ou uma obra de Shakespeare. Eles tem grande valor por 2 motivos: seus criadores foram mestres e são poucos em número. No entanto, existem mais do que um de cada um deles. Por esse raciocínio, tu és o tesouro mais valioso da face da Terra, pois tu sabes quem te criou e existe apenas um de ti. Nunca, em todos os 70 bilhões de seres humanos que caminham neste planeta desde o início dos tempos, houve alguém exatamente igual a ti. Nunca, até o fim dos tempos, haverá outro tal como és.

    Tu não demonstraste conhecimento ou apreciação por tua singularidade. No entanto, tu és a coisa mais rara do mundo.

    De teu pai, em seu momento de amor supremo, fluíram inúmeras sementes de amor, mais de quatrocentos milhões em número. Todas elas, ao nadarem dentro de tua mãe, perderam o ânimo e morreram.

    Todas, menos uma! E essa eras tu. E começaste uma vida nova. A tua vida. Tu chegastes, trazendo contigo, como faz toda criança, a mensagem de que eu ainda não estava desanimado do homem. Duas células agora unidas em milagre. Com todas as combinações à minha ordem, iniciando-se com aquele espermatozóide isolado de seu pai, um de quatrocentos milhões, passando pelas centenas de genes em cada um dos cromossomos de tua mãe. Eu poderia ter criado trezentos mil milhões de seres humanos, cada qual diferente do outro.

    Mas, a quem eu criei? A ti! Um único. O mais raro dos raros. Um tesouro sem preço, dotado de qualidades mentais, de fala e movimento, aparência e atos, como nenhum outro já existiu, existe ou existirá. Porque te avaliaste em centavos , quando vales todo o tesouro de um rei? Porque ouviste aqueles que te diminuíam…e, muito pior, porque acreditaste neles?

    Escuta. Não esconda mais tua raridade na escuridão. Trazei-a à luz.
    Mostra ao mundo. Esforça-te para não caminhar como o teu irmão caminha, nem falar como teu líder fala, nem trabalhar como trabalha o medíocre. Jamais faça como o outro. Nunca imites. Pois nunca sabes se vais imitar o mal, e aquele que imita o mal sempre vai além do exemplo estabelecido, enquanto que aquele que imita o que é bom, sempre fica aquém disso. Não imites ninguém. Sê tu próprio.

    Esta é portanto, a Segunda lei. Proclama a tua raridade. E agora recebeste duas leis. Conta tuas bênçãos. Proclama tua raridade. Não tens deficiências. Não és medíocre. Obriga-te a sorrir. Reconhece como te enganaste a ti mesmo. Que me dizes da tua própria queixa? A oportunidade nunca te procura?

    Escuta, e ela passará a te procurar, pois agora eu te dou a lei do êxito em todos os empreendimentos. Há muitos séculos, esta lei foi dada a teus antepassados, do cimo de uma montanha. Alguns ouviram a lei, e vê, sua vida preencheu-se com os frutos da felicidade, realização, ouro e paz de espírito. A maioria não deu ouvidos, pois procurava meios mágicos, caminhos dévios, ou esperou pelo demônio chamado sorte para que lhe entregasse as riquezas da vida. Esperou em vão…assim como tu esperaste, e depois chorou, como tu choraste, atribuindo sua falta de sorte à minha vontade.

    A lei é simples. Jovem ou velho, indigente ou rei, negro ou branco, homem ou mulher…todos podem utilizar o segredo com vantagem, pois, de todas as regras e discursos e escrituras de êxito e como alcança-la, apenas um método jamais falhou…quem quer que te obrigue acompanhá-lo por uma milha…acompanha-o por duas.

    Esta, portanto é a terceira lei…o segredo que produzirá riquezas e aclamações além dos teus sonhos…Anda mais uma milha!

    O único meio certo de êxito é prestar mais e melhor serviço do que esperam de ti, não importa qual seja tua tarefa. Este é um hábito seguido por todas as pessoas vitoriosas, desde o início dos tempos.

    Assim sendo, eu te mostro o caminho mais certo para te condenares à mediocridade, qual seja executares apenas o trabalho pelo qual és pago.

    Não creias que estás sendo tapeado, se entregares mais do que a prata que recebes. Pois existe um pêndulo para toda a vida, e o suor que entregas, se não for recompensado hoje, voltará amanhã duplicado. O medíocre nunca anda mais de uma milha, pois deixa de ver o motivo pelo qual deve tapear a si próprio, ao que acredita.

    Mas tu não és medíocre. Andar mais uma milha é privilégio do qual deves te apropriar por tua própria iniciativa. Não podes, não deves evitá-lo. É negligenciar, fazer apenas tão pouco quanto os outros, e a responsabilidade por teu fracasso será apenas tua.

    Não podes mais prestar serviços sem receber compensação justa do que podes impedir a prestação deles sem sofrer a perda da recompensa. Causa e efeito, meios e fins, sementes e fruta não podem ser separados. O efeito já floresce na causa, o fim preexiste no meio, e a fruta está sempre na semente.

    Anda mais uma milha.

    Não te preocupes, caso venhas a servir a um senhor ingrato. Serve-o mais.

    E em vez dele, que seja eu quem se encontra em tua dívida, pois então saberás que cada minuto, cada gesto de serviço a mais será pago. E não te preocupes, caso tua recompensa não venha logo. Quanto mais tempo retarda o pagamento, melhor para ti…e juros compostos sobre juros compostos são o maior benefício dessa lei.

    Não podes ordenar o êxito, apenas o podes merecer… e agora conheces o grande segredo necessário para merecer a sua recompensa rara.

    Anda mais uma milha!

    Onde está esse campo do qual tu gritaste, choraste, dizendo que não havia oportunidade? Olha! Olha ao redor. Vê onde ainda ontem espojavas nos detritos da autocomiseração, agora caminhas bem ereto, sobre um tapete de ouro. Nada mudou, apenas tu, mas tu és tudo.

    Tu és meu maior milagre. Tu és o maior milagre do mundo. E, agora, as leis da felicidade e êxito são três. Conta tuas bênçãos! Proclama tua raridade! Anda mais uma milha!

    Sê paciente com o teu progresso. Contar tuas bênçãos com gratidão, proclamar tua raridade com orgulho, percorrer mais uma milha e depois outra, tais atos não são realizados ao piscar de um olho. No entanto, aquilo que adquires com mais dificuldade é que reténs por mais tempo; como aqueles que adquiriram uma fortuna são mais cuidadosos com ela do que aqueles aos quais ela chegou por herança. E não receies ao ingressares em tua vida nova. Cada aquisição nobre é acompanhada por seus riscos. Aquele que receia encontrar-se com uma não deve contar obter a outra. Agora sabes que és um milagre.

    E não existe medo em um milagre.

    Orgulha-te. Não és o capricho momentâneo de um criador descuidado, fazendo experiências no laboratório da vida. Não és o escravo de forças que não podes compreender. Não és a manifestação livre de nenhuma outra força senão a minha, de nenhum outro amor senão o meu. Foste feito com um intuito.

    Sente minha mão. Ouve minhas palavras. Precisas de mim… e eu preciso de ti. Temos um mundo a reconstruir… e se tal requer um milagre, o que é isso para nós? Ambos somos milagres, e agora temos um ao outro.

    Nunca perdi a fé em ti, desde aquele dia em que primeiro te fiz de uma onda gigantesca e te atirei, indefeso, sobre as areias. Em tua medida de tempo, tal ocorreu há mais de quinhentos milhões de anos. Muitos foram os modelos, muitas as formas, muitas as dimensões, até que eu atingisse a perfeição em ti.

    Não fiz qualquer outro esforço para aperfeiçoar-te em todos esses anos.

    Pois como se poderia aperfeiçoar um milagre? Tu eras uma maravilha a contemplar e eu me satisfiz. Dei-te este mundo e o domínio sobre ele. Dei-te o poder de imaginar. Depois, afim de te capacitar a alcançar teu pleno potencial, coloquei minha mão em ti, mais uma vez e dotei-te de poderes desconhecidos a qualquer outra criatura do Universo, até o dia de hoje.

    Dei-te o poder de pensar. Dei-te o poder de amar. Dei-te o poder de querer. Dei-te o poder de rir. Dei-te o poder de imaginar. Dei-te o poder de criar. Dei-te o poder de planejar. Dei-te o poder de falar. Dei-te o poder de orar.

    Meu orgulho em ti não conheceu limites. Eras minha criação suprema, meu milagre maior. Um ser vivo completo, criatura que pode ajustar-se a qualquer clima, a qualquer vicissitude, a qualquer desafio.

    Criatura que pode cuidar de seu próprio destino sem qualquer interferência minha. Criatura que pode traduzir uma sensação ou percepção, não por instinto, mas por pensamento e deliberação, levando-a a qualquer acto que fosse melhor para ela e para toda a humanidade. Assim chegamos à Quarta Lei de êxito e felicidade…pois eu te dei um poder mais, poder tão grande que nem mesmo meus anjos o possuíam…Eu te dei…poder de escolher. Com este Dom, coloquei-te acima até mesmo dos meus anjos…pois os anjos não tem a liberdade de escolher o pecado. Dei-te o controle completo sobre o teu destino. Eu te disse para determinares, por ti próprio, tua própria natureza, de acordo com tua própria vontade livre. Nem divino, nem terreno em natureza, estavas livre para modelar-te na forma que preferisses. Tinhas o poder de escolher a degeneração para formas mais baixas de vida, mas também tinhas o poder, pelo juízo de tua alma, de renascer nas formas mais elevadas, que são divinas. Nunca retirei o teu grande poder, o poder de escolher. O que fizeste com esta força tremenda? Olha para ti mesmo.

    Pensa nas escolhas que fizeste em tua vida e lembra, agora, aqueles momentos amargos em que cairias de joelhos se, ao menos, tivesses a oportunidade de voltar a escolher. O que passou, passou…e agora, tu conheces a Quarta grande lei da felicidade e êxito…usa com sabedoria o poder da tua escolha.

    Escolhe amar…em vez de odiar.
    Escolhe rir…em vez de chorar.
    Escolhe criar…em vez de destruir.
    Escolhe perseverar…em vez de desistir.
    Escolhe louvar…em vez de difamar.
    Escolhe curar…em vez de ferir.
    Escolhe dar…em vez de roubar.
    Escolhe agir…em vez de lamentar.
    Escolhe crescer…em vez de apodrecer.
    Escolhe orar…em vez de amaldiçoar.
    Escolhe viver…em vez de morrer.

    Agora sabes que teus infortúnios não foram a minha vontade, pois todo o poder estava depositado em ti, e o acúmulo de feitos e pensamentos que te colocaram no refugo da humanidade foram tua obra, não minha. Meus dons de poder foram grandes demais para tua natureza pequena. Agora tu te tornaste alto, sábio, e os frutos da terra serão teus. És mais do que um ser humano. És capaz de grandes maravilhas. Teu potencial é ilimitado. Quem mais, entre minhas criaturas, conquistou o fogo? Quem mais, entre minhas criaturas, conquistou a gravidade, perfurou os céus, dominou a doença e a pestilência e a seca? Nunca mais voltes a te diminuir! nuca mais te conformes com as migalhas da vida! Nunca mais escondas teus talentos, a partir deste dia! Lembra-te da criança que diz: “quando eu for grande…” Mas o que é isso? Pois o menino grande diz: “Quando eu crescer…” E quando crescido, , ele diz: “Quando eu me casar…” Mas estar casado, o que é isto, afinal? O pensamento transforma-se então para: “Quando eu me aposentar…” E então, chega a aposentadoria, e ele lança o olhar sobre a paisagem que atravessou; o vento frio sopra sobre ele e, de algum modo, ele perdeu tudo aquilo, e o que queria desapareceu. Desfruta este dia, hoje…e amanhã, amanhã. Executaste o maior milagre do mundo.

    Voltaste de uma morte viva. Não mais sentirás autocomiseração, e cada dia será um desafio e uma alegria. Tu renasceste…mas, exatamente como antes, podes escolher o fracasso e o desalento, ou o êxito e a felicidade. A escolha é tua. A escolha é exclusivamente tua. Eu só posso observar como antes… com satisfação… ou pesar.

    Lembra-te, então, das quatro leis da felicidade e êxito.

    Conta tuas bênçãos.
    Proclama tua raridade.
    Anda mais uma milha.
    Usa sabiamente o teu poder de escolha.

    E mais uma, para completar as quatro outras. Faz todas as coisas com amor… amor por ti próprio, amor por todos os outros, amor por mim.

    Enxuga tuas lágrimas. Estende a mão, apanha a minha, põe-te ereto.
    Deixa-me retirar as mortalhas sepulcrais que te envolviam. Neste dia, foste notificado.

    TU ÉS O MAIOR MILAGRE DO MUNDO!

  85. Marcelo Viana said, on 20/10/2012 at 18:20

    Comecei a pouco a estudar sobre tal….e sei que por tras disto existe uma organização chamada Illuminat.

    • reis said, on 21/10/2012 at 05:37

      Sabendo-se disto deviam fazer como faço, comentar no máximo de blogs possível, visto não termos os emails da s pessoas, mas por meio dos blogs como o teu blog, podemos chegar a mais pessoas, este lê passa para o outro, escrever com sabedoria e tacto, não insultando a ninguém, porque ao sabermos de um assunto e não o transmitirmos passamos a cúmplices deste mesmo assunto, porque isto se trata é de vidas humanas.

  86. Douglas Cavalcanti said, on 17/01/2013 at 21:46

    2013 O ANO DE GRANDES ACONTECIMENTOS, COMO NUNCA OUVE.
    JESUS ESTA VOLTANDO!!!
    ESTEJAM PREPARADO!!!

  87. Edsilva said, on 23/01/2013 at 13:11

    Pow, engraçado!!!
    o último comentário além deste foi em 2012, em qr acredita?r eis a questão!

  88. JOSMAR SANTOS said, on 16/03/2013 at 15:00

    De fato, muita coisa aconteceu e vem acontecendo,todas as coisa que foram prevista pelo”homem” não aconteceu, vejamos o “bug” do milênio, todos estavam preocupados pelo que poderia vir, mas para a felicidade de todos nada aconteceu,quem sabe, não fosse uma experiência primaria para se saber como a população mundial se comportaria com tal acontecimento ” um caos” pré-estabelecido, e todos levaram na brincadeira, mas para os grandes cientistas essa só foi a primeira fase de outros testes,como o grande tsunami que varreu mais de 200.000,00 ( duzentos milhões) de pessoas no oceano pacifico, que hilário o nome do oceano é “pacifico” mas porque ele foi tão devastador? E agora, o papa vendo toda essa nojeira em que se encontra a igreja católica, com casos de pedófilia, homossexualismo, roubo, fraudes, mentiras, e mesmo assim os meios de comunicação insistem em tirar a atenção do povo,mas como um homem sábio que é o papa, agora papa émerito, vendo que “uma andorinha só não faz e jamais fará verão, abdicou de tudo para se livrar dessa pesada cruz em que o mundo se transformou, e mesmo assim o povo ainda é cego para o que está acontecendo,e ficaram à espera de um homem que para muitos será um “santo” um salvador, pelo amor de Deus minha gente abram os seus olhos e encherguem o óbvio, na terra não há um justo sequer, apenas estamos aguardando a vinda do VERDADEIRO E UNICO MESSIAS acreditem se quiser, para DEUS um dia para nós são centenas de anos não sabemo exatamente em que ano estamos para a vinda de Cristo ninguém é capaz ou aldaz para tal feito, leiam as escrituras e as interpretem com a vossa inteligencia, não deixe que ninguém as interprete para você, pense nisso, e que DEUS O TODO PODEROSO, O ONIPOTENTE,O ONISCIENTE E O ONIPRESENTE, O ALPHA E O ÔMEGA NOS AJUDE AMÉM!.

  89. merit said, on 30/08/2013 at 15:28

    e quem é ateu???

  90. […] induzidos pelo Projeto Blue Beam. *Outras Fontes Literárias: Mídia Global, Blog Despertar, Juízo Final, Ecocidio, Conspire Assim, e Arauto do Futuro. *Textos adaptados e revisados por J. R. Santana […]

  91. Moyses Sabino said, on 13/11/2013 at 15:24

    O único problema de tudo isso é que na Bíblia Sagrada não tem nada que nos fale de que nossas mentes serão manipuladas. Mas fala bem claro que, por causa de nossas escolhas, padecemos. Por causa de nossas escolhas, ter a marca ou não é que vamos ou não alcançar o paraíso. Temos que alertar sobre a vinda de Jesus Cristo de Nazaré, que temos que nos arrepender de nossos muitos erros e confessar que só Jesus Cristo salva. Quanto a sermos manipulados por ondas maléficas, fica meio difícil pois ai quebra um grande poder de Deus que nos deu livre arbítrio. É valido sim para alertarmos sobre oque está por vir. Eles podem estra fazendo com que desacreditemos em Cristo e acreditemos que tudo isso não passa de Utopia, como já disse alguns pastores.

  92. david said, on 29/11/2013 at 23:41

    o homem não sabe usar a tecnologia para o bem…

  93. marcia said, on 26/05/2014 at 23:19

    então esta escrito..o mundo jaz no maligno, Ele mesmo disse que não fossemos a lugar algum onde dissessem que Ele estaria, pois Ele esta em nos, nos pediu cautela.. e também disse que somente o nome Dele salvaria, que nos o reconheceríamos pelo Seu nome…e vocês já sabem qual e o Nome do Salvador,..vocês já se perguntaram se nome pode ser traduzido? lembrem-se que o Salvador era judeu, portanto Seu Nome só pode ser Hebraico ou Aramaico, quem vai aparecer mesmo nos últimos tempos e jesus cristo…porem o Salvador não tem esse nome. Que o nosso Criador, o Altíssimo que criou o céu, terra e tudo o que nela ha, que deu Seu Filho para nos salvar, nos de a todos consciência para que venhamos conhecer a Verdade para que sejamos libertos de fato e possamos desfrutar da nossa vida eterna. Ah..gostei das informações, gostei de ver também o interesse para com as coisas do Criador que todos expuseram aqui, que o Salvador possa estar com cada um de vocês….

  94. planetabrutal said, on 07/06/2014 at 11:32

    […] induzidos pelo Projeto Blue Beam. *Outras Fontes Literárias: Mídia Global, Blog Despertar, Juízo Final, Ecocidio, Conspire Assim, e Arauto do Futuro. *Textos adaptados e revisados por J. R. Santana […]

  95. <div id="pid_15… | planetabrutal said, on 07/06/2014 at 11:41

    […] induzidos pelo Projeto Blue Beam. *Outras Fontes Literárias: Mídia Global, Blog Despertar, Juízo Final, Ecocidio, Conspire Assim, e Arauto do Futuro. *Textos adaptados e revisados por J. R. Santana […]

  96. Carlindo Lelis de Carvalho said, on 21/07/2014 at 21:20

    O palco já está armado para a vinda do anticristo. As pessoas ímpias o aguarda com boas vindas.
    A tecnologia chegou no ápice das descobertas. Agora, já pode pagar no tablet e celulares. Só falta e resta ainda é proporcionar a cada homem ímpio em todo o mundo o poder de comprar e vender sem dinheiro, onde, entra em cena o sinal, a marca, a imagem, o nome e o número 666.
    yahuhshua_benyahuh999@yahoo.com.br


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.058 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: