Juízo Final Blog

Reflexão: A respeito de coisas que eu não posso deixar de saber

Posted in Reflexão by Blog Juízo Final on 16/08/2010

por Ed René Kivitz

Você sabia que foi apenas no ano 190 d.C. que a palavra grega ekklesia, que traduzimos como igreja, foi pela primeira vez utilizada para se referir a um lugar de reuniões dos cristãos? Sabia também que esse lugar de reuniões era uma casa, e não um templo, já que os templos cristãos surgiram apenas no século IV, após a conversão de Constantino?

Você sabia que os cristãos não chamavam seus lugares de reuniões de templos até pelo menos o século V?

Você sabia que o primeiro templo cristão começou a ser construído por Constantino, sob influência de sua mãe Helena, em 327 d.C., às custas de recursos públicos, e sua arquitetura seguia o modelo das basílicas, as sedes governamentais da Grécia e, posteriormente, de Roma, e dos templos pagãos da Síria?

Você sabia que as basílicas cristãs foram construídas com uma plataforma elevada acima do nível da congregação e que no centro da plataforma figurava o altar, e à sua frente a cadeira do Bispo, que era chamada de cátedra?

Você sabia que o termo ex cathedra significa “desde o trono”, numa alusão ao trono do juiz romano, e, por conseguinte, era o lugar mais privilegiado e honroso do templo?

Você sabia que o Bispo pregava sentado, ex cathedra, numa posição em que o sol resplandecia em sua face enquanto ele falava à congregação, pois Constantino, mesmo após a sua conversão ao Cristianismo, jamais deixou de ser um adorador do deus sol?

Você sabia que o atual modelo hierárquico do Cristianismo, que distingue clero e laicato, teve origem e ou foi profundamente afetado pela arquitetura original dos templos do período Constantino?

Você sabia que Jesus não fundou o Cristianismo, e que o que chamamos hoje de Cristianismo é uma construção religiosa humana, feita pelos seguidores de Jesus ao longo de mais de dois mil anos de história?

Você sabia que o que chamamos hoje de Cristianismo está profundamente afetado por pelo menos três grandes eras: a era de Constantino, a era da Reforma Protestante e a era dos Avivamentos na Inglaterra e nos Estados Unidos?

Você sabia que é praticamente impossível saber a distância que existe entre o que Jesus tinha em mente quando declarou que edificaria a sua ekklesia e o que temos hoje como Cristianismo Católico Romano, Protestante, Ortodoxo, Pentecostal, Neopentecostal e Pseudopentecostal?

Você sabia que os primeiros cristãos se preocuparam em relatar as intenções originais de Jesus com vistas a estender seu movimento até os confins da terra? Você sabia que este relato está registrado no Novo Testamento, mais precisamente nos Evangelhos e no livro de Atos dos Apóstolos?

Você sabia que o terceiro evangelho, Evangelho Segundo Lucas, e o livro dos Atos deveriam formar no princípio uma só obra, que hoje chamaríamos de “História das origens cristãs”?

Você sabia que os livros foram separados quando os cristãos desejaram possuir os quatro evangelhos num mesmo códice, e que isso aconteceu por volta de 150 d.C.?

Você sabia que o título “Atos dos Apóstolos” surgiu nessa época, segundo costume da literatura helenística, que já possuía entre outros os “Atos de Anibal” e os “Atos de Alexandre”?

Nesse emaranhado de coisas que eu não sabia, três coisas eu sei.

A primeira é que a crítica que o mundo secular faz ao Cristianismo institucional tem sérios fundamentos, ou como disse Tony Campolo: “Os inimigos estão parcialmente certos”.

A segunda coisa que sei é que nesta Babel que vem se tornando o movimento evangélico brasileiro, está cada vez mais difícil identificar a essência do Evangelho de Jesus Cristo, nosso Senhor.

A terceira coisa que sei é que vale a pena perguntar aos primeiros cristãos o que eles entenderam a respeito de Jesus, sua mensagem, sua proposta de vida e suas intenções originais.

Vale a pena voltar à Bíblia[Escritura Sagrada]. Não há outra fonte segura de informação e formação espiritual, senão a Bíblia Sagrada[Escritura Sagrada], especialmente o Novo Testamento.

Fonte: http://www.irmaos.com/artigos/?id=3099

[Nota]: Existem muitas outras coisas que não sabemos, o nosso erro é o comodismo de não estudarmos a Palavra de Deus para sabermos discernir a verdade de heresias impostas pelo homem.

Hoje o evangelho que estamos vivendo é um reflexo deste desleixo deixado por nós mesmos, já que na Palavra somos advertidos: “Errais em não conhecer as escrituras e nem o poder de Deus”. (Mateus 22:29). “O meu povo é destruído por lhe faltar conhecimento” (Oséias4:6).

Anúncios

8 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. almeida said, on 19/08/2010 at 00:15

    Que o Senhor tenha misericórdia de nós, nos liberte de todo ranço do engano religioso e nos conduza ao centro de Sua vontade, pois “nenhum dos que nEle esperam ficarão confundidos!”

  2. John said, on 19/08/2010 at 14:43

    agradeço pelas informações

  3. jhon said, on 21/08/2010 at 12:30

    vc é louco.

    • juizofinal said, on 21/08/2010 at 14:50

      “Ninguém se engane a si mesmo; se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo, faça-se louco para se tornar sábio.” (I Coríntios 3:18)

  4. Livraria Papiros said, on 26/08/2010 at 13:01

    “Ainda que a figueira não floresça,
    nem haja fruto nas vides;
    ainda que falhe o produto da oliveira,
    e os campos não produzam mantimento;
    ainda que o rebanho seja exterminado da malhada e nos currais não haja gado.
    Todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação.”

    Habacuque 3: 17e18

    Conheça a Livraria Papiros | Cristã igual a você – Grande diversidade de Bíblias e os melhores livros cristãos para toda sua família.

    Acesse: http://www.livrariapapiros.com.br

  5. fabiano said, on 31/08/2010 at 23:18

    irmão deixe o evangelho entar em vc e vc sentirá um movimento diferente como de um rio de água viva dentro do seu ser.
    deixe o espirito santo te envolver…deixe o espirito santo te envolver e vc vai ver a gloria de Deus aqui descer!
    pode aterra abalar pode o mar abalar, pode o inimigo se levantar se Deus te prometeu a vitória virá!!!!
    há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, santuário das moradas do altíssimo!é lá que nós desejamos estar!
    shalom Adonai

    ja fz tempo que acompanho seus sites…

    • juizofinal said, on 31/08/2010 at 23:22

      Não podemos julgar as pessoas sem ao menos conhecê-las? A verdade dói. Por isso que está escrito na Bíblia, “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertarás…”

  6. O Final de Tudo said, on 06/09/2010 at 22:27

    Olá, irmão querido. Muito bom o texto, vou colocar no meu blog. Só uma observação, creio que o Constantino na verdade nunca se tornou cristão. Deus te abençoe.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: